É provável que você já tenha se deparado ou vivenciado a seguinte situação: seja por um desejo, uma frustração, uma briga ou um machucado, a criança começa a chorar. Um pouco sem reação e sem saber como lidar, o adulto diz “Não foi nada”, “Pare de chorar” ou algo parecido. Embora seja comum ouvir esse tipo de frase quando os pequenos começam a chorar, reprimir, de alguma forma, o choro da criança, pode ser uma forma de silenciar seus sentimentos. Afinal, adultos e crianças precisam chorar. O choro é necessário e é uma maneira de expressarmos nossas emoções. No entanto, como, muitas vezes, nós adultos fomos ensinados a não demonstrar nossas fraquezas perto dos outros, entender e lidar com os sentimentos dos filhos pode se tornar um grande desafio. Por isso, alguns pais, sem perceber, reprimem o choro dos pequenos e tentam cessá-lo a qualquer custo, ao invés de ajudar a compreender o que estão sentindo.

Então, o que fazer quando os pequenos começam a chorar?

Conforme vão crescendo, os pequenos conhecem e descobrem diversos sentimentos, como raiva, tristeza, medo, frustração, alegria, ansiedade A cada nova emoção, a criança inicia um processo para aprender a lidar com esse sentimento tão diferente. Neste momento, os pais e responsáveis têm um papel fundamental para ajudar os pequenos a compreender e lidar com a situação. Por isso, ouvir com atenção, conversar, respeitar o tempo da criança e se colocar à disposição para ajudá-la podem ser maneiras de fazê-la se sentir livre para se expressar e, ainda, confiar em você, aumentando o vínculo de afeto entre vocês.

Pensando nisso, nós elencamos 12 alternativas para você dizer ao seu filho quando ele estiver chorando, ao invés de “Pare de chorar”. Confira:

1. Tudo bem se sentir triste.

2. Eu entendo que isso é bem difícil para você.

3. Eu sinto muito que isso tenha acontecido. Quer conversar?

4. Estou aqui para o que você precisar.

5. Isso vai passar.

6. Eu vou te ajudar a resolver.

7. Se quiser me contar o que aconteceu, estou te ouvindo.

8. Não parece justo.

9. Não há nada mais importante do que estar com você agora.

10. Eu queria que não fosse tão difícil, meu amor.

11. Vou ficar com você enquanto você está chateado, tá bem?

12. Você está em segurança.

E você? Como procura apoiar seu pequeno quando ele está chorando?

Leia mais:

Profile photo of Ana Clara Oliveira

Jornalista e autora no Blog da Leiturinha, é fascinada por tudo que envolve o mundo da leitura, da educação e da infância. Acredita que as palavras aproximam pessoas, libertam a imaginação e modificam realidades. Gosta de escrever, viajar e aprender sempre.