Se a chegada do primeiro filho é aquela avalanche de sentimentos, mudanças, incertezas e expectativas, a segunda gravidez vem com aquele sentimento de “já passei por isso, sei o que me espera”. Mas, embora a experiência torne a chegada do segundo filho um pouco mais tranquila, se engana quem pensa que é tudo igual! Pelo contrário, a segunda gravidez traz novos desafios – como adaptar a rotina de dois pequenos em casa – novas questões e alegrias! Confira aqui 5 coisas que você precisa saber sobre o segundo filho:

1. Não existe um momento ideal para ter o segundo filho

Quando o primeiro filho ainda é muito novo, vocês podem pensar que o melhor é esperar um pouco mais. Por outro lado, quando ele já é mais velho, vocês podem achar que agora ele já é tão independente que seria uma loucura entrar nessa aventura de novo… Ou seja, se estiverem esperando pelo momento perfeito em que estarão preparadíssimos para receber um novo bebê, esqueçam. Sempre haverá dúvidas, empecilhos e incertezas. Por isso, se o desejo é aumentar a família, se preparem o quanto puderem, organizem as finanças e deixem que o restante se ajeita, afinal, coração de mãe (e de pai também) sempre cabe mais um!

2. A segunda gravidez é diferente da primeira

Não estranhe se, por acaso, na primeira gravidez você não sentia qualquer sintoma de enjoo e agora não sai do banheiro. Ou vice versa! Assim como cada filho é único, cada gestação é muito particular também. Se por um lado a experiência faz com que você não se sinta tão ansiosa com as mudanças do seu corpo, tornando a gestação mais tranquila; do outro, diferentemente da primeira vez, quando você podia dedicar mais tempo a você mesma, agora é preciso dividir o tempo e a atenção com o seu primeiro filho.

Leia para o seu bebê durante a gravidez com estas 4 dicas

3. Vocês terão menos gastos

Diferente da primeira vez, quando na dúvida vocês compraram de tudo e mais um pouco para se prepararem para a chegada do bebê, dessa vez, a experiência vai ajudá-los a comprar apenas o que é útil e essencial. Além disso, sempre tem aquelas coisinhas do filho mais velho que podem ser reaproveitadas!

4. Você descobrirá que preparar o filho mais velho pode ser um desafio

Ainda que ele tenha pedido por um irmãozinho, a chegada do irmão mais novo muda a vida do seu pequeno. Na prática as coisas podem ser um pouquinho mais difíceis e, por isso, é importante que haja muito diálogo e carinho. Assim, em pouco tempo, seu filho vai perceber que ter um irmão é ter a melhor parte da infância guardada em outro coração!

5. É possível que você fique pensando como será capaz de amar o seu segundo filho como amou o primeiro

Este é um sentimento natural e muitas mães podem pensar que não conseguirão sentir o mesmo amor arrebatador que sentiram pelo primeiro filho. Mas a verdade é que o amor apenas se multiplica! A família aumenta e junto com ela o amor e o carinho também!

Dica Leiturinha: Coleção Conversando Sobre a Chegada do Irmão

A Equipe de Curadoria reuniu nesta Coleção Leiturinha dois livros que abordam esta temática de forma muito delicada e com linguagem acessível aos pequenos, facilitando sua identificação com a história!

Coleção-Conversando-Sobre-a-Chegada-do-Irmão

Para adquirir, acesse: Coleção Conversando Sobre a Chegada do Irmão!

Leia também:

Profile photo of Ana Clara Oliveira

Jornalista e autora no Blog da Leiturinha, é fascinada por tudo que envolve o mundo da leitura, da educação e da infância. Acredita que as palavras aproximam pessoas, libertam a imaginação e modificam realidades. Gosta de escrever, viajar e aprender sempre.