A literatura infantil não deve ser, necessariamente, definida por – ou direcionada apenas a –  fins pragmáticos e escolares. Por meio dela, somos capazes de ampliar as possibilidades do livro enquanto meio para compreensão de mundo e construtor de diferentes formas de linguagem na infância. Uma das potencialidades do livro é justamente a aproximação entre gerações, o que torna a leitura entre a criança e o idoso uma troca muito saudável de experiências.

A representação dos idosos na literatura infantil

Muitos livros infantis trazem a representação dos idosos em diferentes contextos e abordagens. Existem livros que apontam avós e bisavós como representantes de memórias e afetos, ressaltando a importância que as expressões orais possuem na identidade e na afirmação do idoso. O livro possibilita entrarmos em contato com a reflexão de memórias e com os aprendizados característicos da velhice.

A literatura infantil também pode ajudar na abordagem de assuntos mais sérios referentes à velhice, como o Alzheimer e os desdobramentos que ele trará a curto, médio e longo prazo. As novas formas de ver e viver a velhice também estão presentes em obras distintas.

Aprendendo com os mais velhos

A literatura reafirma que os mais velhos precisam ser valorizados por meio do resgate de suas lembranças e histórias de vida, recuperando uma memória pessoal, que é também coletiva. Os livros dão vozes aos idosos e confirmam que a importância deles em nossas vidas precisa ser repensada em uma perspectiva sem estigmas ou preconceitos. Pois, na vida, assim como na literatura infantil, os idosos devem ser valorizados para além do carinho e do amor que eles nos dão – mas pelo conhecimento e por tudo o que podem nos ensinar!

Pensando nisso, preparamos uma lista com 12 livros infantis para ler com os avós que retratam as delícias e os dilemas que é ser um vovô ou uma vovó! <3

Leia mais:

Profile photo of Caroline Lara

Faz parte da Equipe de Curadoria da Leiturinha. É formada em Psicologia, leitora compulsiva e apaixonada em provocar emoção, despertar a fantasia, entreter e alegrar pequenos através da literatura. Acredita que quanto menor nosso tamanho, maior a criatividade!