Como diria o poeta, o abraço é o encontro de dois corações. Além de ser uma forma de expressar diferentes sentimentos, ao abraçar ou ser abraçado você está trazendo ganhos para seu corpo e almaSão muitos os poderes e benefícios do abraço, o ato é uma linda forma de trazer conforto para nossos filhos, por exemplo. E é, também, uma forma  eficaz e carinhosa de mostrar que você está ali para o pequeno, trazendo sensação de segurança e calma para ele.

E o inverso também acontece: como, por exemplo, naqueles dias em que as coisas não estão bem para nós e tudo parece se aliviar quando recebemos um abraço apertado e sincero deles. O abraço também pode ajudar em momentos de tensão, como quando a criança está irritada e fazendo birra. Isso porque o abraço é uma forma de comunicação e mesmo que não seja verbal, exprime de forma clara e poderosa a mensagem de que você compreende o sentimento e é solidário a ele.

O que acontece com nosso corpo quando abraçamos?

O melhor de tudo é saber que essas sensações boas todas não são obra da nossa imaginação. O abraço ativa nosso corpo mesmo, libera hormônios importantes, como a oxitocina (a mesma liberada pelas mulheres que estão amamentando) e a endorfina (também liberada quando praticamos atividades físicas e comemos chocolate), substâncias responsáveis por trazer uma sensação de bem-estar e felicidade.

Além disso, o simples contato físico com outras pessoas já ajuda a reduzir o estresse. Abraços e beijos ativam regiões do cérebro que estão ligadas ao prazer, liberando dopamina e serotonina e diminuindo a liberação de hormônios ligados ao estresse, o que pode ajudar a diminuir a pressão arterial, reduzindo o risco de doenças cardíacas.

Todo mundo sai ganhando, portanto o abraço está liberado! Que tal começar ainda hoje dando um belo abraço nos pequenos?

 

Leia mais:

Profile photo of Ariane Donegati

Jornalista e entusiasta do desenvolvimento infantil, acredita que brincar é sinônimo de aprendizado e felicidade para as crianças.