Uma boa relação entre família e escola contribui para um melhor desenvolvimento dos pequenos, enquanto seres humanos, estudantes e… leitores! Isso mesmo, a tarefa de tornar nossas crianças leitores assíduos é resultado, também, de um trabalho em conjunto entre escola e família. Afinal, o hábito da leitura é importante em todos os âmbitos da vida dos pequenos, colaborando, entre outras coisas, com o aumento do vocabulário e do repertório cultural, a melhora da escrita e o desenvolvimento da sensibilidade das crianças!

Pensando nisso, já demos algumas dicas aqui no Blog da Leiturinha de como estimular o hábito da leitura em casa e também já fizemos um post sobre o papel da escola na formação de novos leitores. Mas de que maneira a família e a escola podem estar juntos nesta missão?

Livros por toda parte!

Quanto maior o contato da criança com os livros, maior a chance dela se interessar pela leitura. Por esse motivo, tanto em casa, quanto na escola, é importante que haja prateleiras recheadas de livros! Para que isso aconteça, a escola pode, por exemplo, promover uma ações em que as famílias doam livros infantis que já não estão mais sendo utilizados em casa.

Diálogo sempre

Outro ponto importante é o diálogo constante entre pais e professores. É fundamental conversar sobre as facilidades e dificuldades das crianças com o intuito de se adequar e encontrar as melhores formas de despertar o interesse dos pequenos pela leitura, tanto em casa, quanto na escola.

Projetos e ideias

Rodas de leitura, eventos literários, troca de livros, atividades baseadas nas histórias… São muitas as possibilidades que podem ser exploradas dentro e fora da sala de aula. Projetos que incentivam a leitura de maneira criativa e lúdica são sempre uma boa pedida e, quando possibilitam a interação com a família e vivências para além dos portões da escola, melhor ainda! As crianças podem, por exemplo, ser incentivadas a levar seu livro favorito para a escola ou produzir apresentações baseadas nas histórias, em que os pais vão prestigiar!

Troca de figurinhas

Família e escola podem trocar indicações de títulos infantis, a fim de possibilitar sempre as melhores escolhas! Os pais, por exemplo, podem informar as preferências do filho, para que os professores consigam despertar o interesse do pequeno pela leitura em sala de aula. Por outro lado, os professores podem indicar para as famílias livros adequados à faixa-etária dos filhos, com conteúdos interessantes e relevantes. Dessa forma, os pais saberão escolher a melhor opção quando forem ampliar a biblioteca do pequeno em casa!

Uma dica nesse caso é o Guia do Livro Infantil, um catálogo que reúne as melhores obras infantis com o objetivo de dar suporte a pais e educadores. As escolas solicitam o Guia gratuitamente e, depois, adquirem os títulos catalogados ou indicam para que os pais adquiram pelo site.

Leia mais:

Profile photo of Ana Clara

Jornalista e autora no Blog da Leiturinha, é fascinada por tudo que envolve o mundo da leitura, das histórias às poesias. Acredita que as palavras aproximam pessoas, libertam a imaginação e modificam realidades. Gosta de escrever, viajar e aprender sempre.