Flexibilizar horários e optar pelo home office, ainda que apenas em parte da semana, é uma forma de pais e mães conciliarem a carreira profissional com a criação dos filhos, possibilitando um cotidiano mais próximo dos pequenos. No entanto, para que isso funcione e, de fato, proporcione mais tempo de qualidade com os filhos e bons resultados na profissão, é preciso organização, atenção e ajuda. Elencamos aqui algumas dicas para ajudar quem precisa conciliar o trabalho, as tarefas domésticas e o cuidado com os pequenos em casa. Confira:

Leia também: Os desafios que as mães ainda enfrentam no mercado de trabalho

1. Tenha um plano de atividades e estabeleça horários

Diferentemente da empresa ou do escritório, em casa não há horários definidos para começar, almoçar e ir embora. Por esse motivo, quando se faz home office deve-se tomar muito cuidado para não trabalhar de mais ou de menos. Para facilitar, você pode organizar uma agenda com seus compromissos e tarefas que precisa realizar – sejam elas profissionais ou pessoais. Faça um plano de atividades diário e semanal para se organizar e conseguir ser mais produtivo(a).

2. Tenha um local de trabalho definido

Para se organizar e definir melhor os horários de trabalho, é importante ter um espaço da casa dedicado e adaptado para isso. Improvisar algum canto da sala, trabalhar na mesa da cozinha ou no sofá pode prejudicar o seu rendimento, pois assim as distrações e interrupções serão mais frequentes, sendo mais difícil se concentrar no trabalho. Por isso a importância de definir e preparar um local na casa. Não precisa de muito luxo, mas garanta que seja organizado e silencioso. Assim, fica mais fácil definir para você e para os pequenos quando você está trabalhando e quando está disponível para outras as atividades.

3. Tire o pijama!

Pode parecer uma brincadeira, mas, realmente, tirar o pijama e vestir-se pela manhã é um ritual que faz parte da organização do dia de trabalho. Essa rotina faz com que nosso cérebro entenda que está na hora de focar nas atividades, além de dar o recado para as demais pessoas da casa de que você está ocupado(a).

4. Reserve um tempo para os pequenos

Trabalhar em casa, não necessariamente significa mais tempo de qualidade com os filhos. Para isso é preciso organização. Organize sua agenda e seu horário de trabalho tentando priorizar os momentos com os pequenos. Se de manhã eles ficam em casa e à tarde vão à escola, você pode deixar o período da manhã para as atividades tranquilas e se dedicar mais aos pequenos. Assim, durante a tarde, quando estiver sem os filhos por perto, você conseguirá se dedicar melhor às atividades que exigem mais concentração, por exemplo.

5. Conte com alguém

Contar com alguém para dividir os cuidados com os pequenos e as tarefas da casa é muito importante para que você consiga administrar melhor seu tempo e suas obrigações. Seja o(a) parceiro(a), a mãe, o pai, irmãos, amigos ou vizinhos, ter uma rede de apoio é fundamental.

Leia também: Mãe, você não precisa dar conta de tudo sozinha

6. Transforme dias úteis em sábados, domingos e feriados

Uma das vantagens principais do home office é a maior flexibilidade dos horários. Se você conseguiu antecipar as entregas da semana ou se alguma reunião foi desmarcada, por que não levar os pequenos para um passeio? Saiam da rotina, almocem fora, visitem um museu ou o parque da cidade. Afinal, existe coisa melhor do que ficar juntinho dos pimpolhos?

7. Cuide de você

É importante tomar cuidado para que a possibilidade de fazer seus próprios horários não faça com que você se sobrecarregue demais! Tire alguns minutos durante o dia para você, seja para ler um livro que gosta, praticar algum exercício ou simplesmente não fazer nada. Isso é fundamental para o seu rendimento e bem-estar!

Leia também: Mães felizes criam filhos mais felizes

8. Tenha sempre um plano B

Quem tem filhos pequenos sabe o quanto a rotina pode ser imprevisível! Levar no médico, buscar na escola fora de horário porque se machucou, reunião de pais, excursão com a escola e por aí vai… Por isso, uma boa dica é estar preparado(a). Principalmente se você for o(a) principal responsável pelos cuidados com os filhos, tenha pequenas folgas na sua agenda e sempre um plano B na manga!

Leia mais:

Profile photo of Ana Clara Oliveira

Jornalista e autora no Blog da Leiturinha, é fascinada por tudo que envolve o mundo da leitura, da educação e da infância. Acredita que as palavras aproximam pessoas, libertam a imaginação e modificam realidades. Gosta de escrever, viajar e aprender sempre.