Participação, comunicação e instrução são o caminho para a felicidade no núcleo familiar

A presença da família na infância dos filhos é a base de tudo. É participando ativamente da rotina dos pequenos que seu processo de desenvolvimento ético e moral é enriquecido. Qualquer atividade que envolva o contato entre pais e filhos – principalmente no ambiente familiar – contribui para que a criança se sinta segura e amparada.

Os três pilares da família feliz

A família é uma das instituições mais antigas na história da humanidade e é no núcleo familiar que a criança se desenvolve e encontra a base para seu crescimento pessoal e sua relação com o mundo. Sua importância é inquestionável.

Três pilares são responsáveis por manter a união e felicidade da família como um todo: participação, comunicação e instrução dos pais para com os filhos.

Participação

A infância é repleta de momentos inesquecíveis e a participação em cada um deles – ou pelo menos da maioria – é fundamental, desde os mais simples até os mais grandiosos. A presença da família nas primeiras pedaladas, no primeiro dia de aula e em apresentações escolares fazem toda a diferença para os pequenos.

Comunicação

Assim como qualquer outro relacionamento, a comunicação entre pai e filho é imprescindível. Nesse caso, aliás, é ainda mais importante, pois é através da relação familiar que a criança cria seus primeiros conceitos de ética e moral, além de ser vital para seu desenvolvimento intelectual e criativo. A dica é separar momentos do dia para conversar com a criança, perguntando como foi o dia dela, o que aprendeu na escola, sobre seus colegas, seus sentimentos…

Compartilhar atividades prazerosas é uma oportunidade de unir laços um com o outro, contribuindo para a comunicação. Esse vínculo participativo, iniciado na infância, faz com que no futuro essas memórias ajudem a superar os momentos difíceis.

Instrução

Pais são educadores. Isto significa que são diretamente responsáveis pelos ensinamentos e pelo cultivo de hábitos saudáveis nos pequenos. Participar dessa fase de aprendizado, inclusive na alfabetização, faz com que a criança se sinta confiante e capacitada para seguir os próximos passos.

O incentivo à leitura é uma ótima maneira de participar ativamente da rotina dos pequenos. Seja com uma história infantil contada ou com uma história infantil ilustrada. Mas não se assuste se seu filho pedir para repetir os contos infantis inúmeras vezes – afinal, você está ali justamente para ampará-lo quando o pequeno não compreender algo.