Engana-se quem acha que brincadeira não é coisa séria. O mundo da imaginação, fantasia e desejos da criança tem um grande poder no desenvolvimento do seu cérebro, tanto para aprender novas coisas, quanto para a memorização.

Para as crianças maiore, é extremamente importante promover atividades de alfabetização para memorização e reflexão. Um dos maiores aliados para essa prática é o jogo de palavras chamado caça-palavras.

Também com o objetivo de trabalhar a ortografia – pois é uma forma de visualizar as palavras na grafia correta –, o jogo aumenta o vocabulário da criança, que é desafiada a procurar e compreender novas palavras.

O jogo é uma boa pedida, pois alia o conhecimento à brincadeira, deixando tudo mais divertido e gostoso de ser aprendido. Como as mais diversas brincadeiras fazem parte da rotina infantil, essa fusão entre brincadeira e aprendizado é uma maneira de atrair a atenção da criança.

Os prazeres e benefícios gerados pelos jogos de palavras, como atividades com alfabeto, não são momentâneos – o conhecimento adquirido não só beneficia a leitura na infância, como também é levado para o resto de sua vida.

Essa prática, inclusive, é um dos instrumentos usados por médicos em tratamentos de Alzheimer, pois se reconheceu a atividade como um exercício de ginástica cerebral.

Os joguinhos podem ser introduzidos a partir da primeira série, quando, na maioria dos casos, a criança já aprendeu o alfabeto.

O caça palavras é uma verdadeira sopa de letrinhas, na qual as letras são postas aleatoriamente e a criança precisa encontrar as vogais e consoantes, lado a lado, que formam palavras – seja o nome de um objeto, de um lugar, um nome próprio, etc. As palavras são escritas tanto na vertical quanto na horizontal, ou até mesmo na diagonal.

O nível de dificuldade pode variar e o recomendado é sempre seguir as indicações de idade. Aumentar bruscamente a dificuldade do jogo pode causar o desinteresse da criança – ou seja, o aumento deve ser gradual e depende da capacidade de raciocínio da criança.

O jogo pode até mesmo ser jogado por adultos e traz os mesmos benefícios: aumento do vocabulário, maior memorização e raciocínio, além de estimular a leitura. O interessante dessa prática dos pais é que a criança irá se inspirar neles e desenvolver maior interesse na atividade, dado que muito do comportamento dos filhos é reflexo do que veem dos seus responsáveis.