Coluninha | Por Lílian Kuhn.

Seja qual for o motivo – se a sua professora te contou ou os seus pais te presentearam com um livro em plenas férias – há tempos que você sabe a importância de ler. Certo? E em relação as suas crianças, você ainda precisa ser convencido dos benefícios do hábito da leitura? Com base em inúmeros estudos sobre desenvolvimento infantil, cito abaixo alguns motivos para você incentivar os pequeninos desde já:

  • O ambiente doméstico letrado e o uso social da escrita: O conceito de “letramento” traz a noção de que é preciso fornecer oportunidades de contato e interação com livros, revistas, jornais e textos em geral na vida cotidiana do futuro leitor. Assim, não espere que a escola inicie o processo formal de alfabetização para oferecer materiais escritos em seu ambiente doméstico… Quanto mais letrado seu filho for, mais preparado ele estará para a alfabetização formal.
     
  • Mais leitura, vocabulário mais amplo: Com as crianças de 02 a 03 anos de idade, a leitura de um livro não deve se limitar à decodificação das letras do texto em voz alta pelos pais. Nessa faixa etária, a leitura pode ser uma excelente atividade de estimulação da linguagem oral, principalmente porque envolve a conversa sobre as ilustrações, a suposição do que está por vir e a criação de novas histórias.
  • A aprendizagem de conceitos e regras sociais: Através dos contos de fadas, das lendas folclóricas e das historinhas em quadrinhos, inúmeros conceitos, regras sociais e assuntos polêmicos são explorados de forma lúdica e de fácil compreensão para as crianças. O uso dos livros para auxiliar a aprendizagem de alguns temas pode ser (e é!) bastante válido.
  • O fortalecimento do vínculo entre pai e filho nos momentos de leitura: A realização de uma atividade conjunta por si só já auxilia a aproximação das pessoas de uma família. Se a atividade eleita for a leitura de um livrinho, com direito a contação de história e criação das vozes dos personagens, então… Uma sessão de risadas e diversão em família estão garantidas.  Deixe a imaginação rolar solta e divirtam-se!

E aí, convencido? Leia com os seus filhos e dê a chance de eles serem grandes futuros leitores! No próximo texto, conversaremos especificamente sobre “desenvolvimento de linguagem em bebês”.

Até breve!


Lílian Kuhn é fonoaudióloga com especialização em Audiologia e Mestrado e Doutorado em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem. Há dez anos atende crianças e adultos com distúrbios de linguagem.

Profile photo of Lílian Kuhn
Fonoaudióloga

Fonoaudióloga com especialização em Audiologia e Mestrado e Doutorado em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem. Há dez anos atende crianças e adultos com distúrbios de linguagem.