Conheça mais sobre um dos contos de fadas mais famosos do mundo

O universo encantado dos contos de fadas é capaz de despertar sentimentos extraordinários em meninas e meninos. Os contos, que têm origem europeia, utilizam ferramentas imaginárias e fictícias para entreter os pequenos e, ao longo da história, transmitirem uma ou mais mensagens. Como na fábula do Pinóquio, que nos ensina que a mentira tem perna curta, nos contos de fadas é possível observar uma série de morais através do desenrolar e do desfecho da história. Mais do que mera diversão, eles têm o poder de exercitar a reflexão e aguçar imaginação.

A Bela Adormecida

A história da Bela Adormecida é um dos contos de fadas mais conhecidos e conta com centenas – senão milhares – de versões. Em todas elas, conta-se a história de uma bela, inteligente e feliz princesa que fora enfeitiçada em seu próprio batizado, quando ainda criança.

Os pais da jovem Aurora se esquecem de convidar uma fada para o evento e, como vingança, ela lança um feitiço sob a princesa – quando alcançasse determinada idade, espetaria o dedo em uma roca e morreria. Entretanto, outra fada tenta contornar a situação e determina que ela não morreria, apenas cairia em sono profundo e só despertaria com o beijo do amor verdadeiro.

Tentando solucionar o problema, o Rei ordena que todas as rocas do reino sejam guardadas em um lugar secreto e seguro. Sem êxito, Aurora chega à idade da maldição, fura seu dedo mesmo assim e cai em sono profundo. Outro feitiço é lançado e todos do reino caem no sono, e o lugar fica coberto por árvores, espinhos e criaturas perigosas.

Destemido, um príncipe de outro país fica sabendo do ocorrido e vai até lá salvar o reino. Apaixonado pela beleza da princesa, o jovem a beija e toda a maldição é quebrada.

A Moral

Ao falar sobre o descuidado e outras frustrações, a história ensina principalmente que é necessário saber cuidar de si mesmo. Por exemplo, em um momento de curiosidade, a princesa se aventura pelo reino e acaba se ferindo. É normal que as crianças se deixem levar pela curiosidade e, consequentemente, se descuidem. A história mostra que todo cuidado é pouco, e que o “atraente” muitas vezes pode ser o caminho mais perigoso.

A inveja é outro tema abordado – afinal, a fada fica com ciúmes de não receber o convite e acaba fazendo mal a todos, por pura vingança.

A história toda exibe centenas de mensagens – como o amor dos pais pela filha e a coragem e persistência do príncipe –, e o interessante é deixar que a imaginação da criança reflita sobre os acontecimentos no percorrer da carruagem e crie, descubra e explore morais “individuais”.

Agora que você conhece a história de A Bela Adormecida, que tal contá-la para seu filho e filha?