O autor Marcos Piangers conta que é preciso muita sensibilidade e carinho para ser um paizão! E mais, Piangers está aqui para dizer: Ser pai é terapêutico! Apesar das noites em claro, das férias escolares enlouquecidas… um “eu te amo” pode mudar tudo. Segundo o autor, que é pai de duas meninas, conviver diariamente com suas pequenas, além de ter estimulado sua criatividade, o tornou um homem muito melhor.

Entre a economia diária e os gastos sem fim, no livro O Papai é Pop , pais irão se reconhecer e se lembrar que para todas as crises, o segredo é estar presente e aproveitar a “promoção maravilhosa” que é ser pai!

É para mostrar a importância das simples situações do cotidiano comuns da vida de quem tem filhos pequenos que a Leiturinha decidiu trazê-lo para fazer parte da biblioteca dos nossos papais e mamães. Confira o vídeo que Marcos Piangers preparou:

Leia também: Livro A Mamãe é Rock: A maternidade tem que ser vivida sem culpa

Por que a Leiturinha recomenda O Papai é Pop?

Porque ele traduz de uma maneira muito interessante, para pais e mães, a sensibilidade e o bom-humor que requer a função paterna. Ele também ressalta a importância de romper bloqueios patriarcais e vencer dificuldades culturais para se tornar além de homem, pai.

Neste livro, os diversos tipos de pai, com suas particularidades e características, irão se sentir especiais! Afinal, não importa o tamanho dos desafios cotidianos ou a diferença entre filhos e filhas, a sensação que a experiência de ser pai traz é unânime: indescritível, maravilhosa, plena e um tanto quanto… cômica. Com um texto despretensioso, a visão da paternidade de Piangers nos ensina uma coisa: com equilíbrio, tudo é possível!

papai-pop-capa

Quem é assinante Leiturinha pode adquirir o livro O Papai é Pop e recebê-lo no seu próximo Kit Leiturinha. Ainda não faz parte do Clube? Acesse: www.leiturinha.com.br.


Leia mais:

Profile photo of Equipe de Curadoria da Leiturinha

Esta matéria foi produzida pela Equipe de Curadoria da Leiturinha, composta por psicólogas, pedagogas, educadoras e mamães. Elas são especialistas em literatura e desenvolvimento infantil e são responsáveis pela seleção dos livros enviados mensalmente pelo clube.