Os pequenos não podem ver um objeto novo que já colocam diretamente na boca. E mesmo dizendo que eles não podem colocar na boca e tirando ao máximo a atenção da criança para o objeto, você ainda se pergunta: por que os bebês colocam tudo na boca?

Assim como muitas coisas em crianças pequenas, isso é uma fase e faz parte de seu desenvolvimento. Até por volta do 1 ano e meio essa é a forma que os bebês têm para conhecer e explorar o mundo. Eles colocam mãos, pés e objetos na boca porque é assim que descobrem sabores, texturas e sensações.

Quando o bebê nasce seu ponto de partida para conhecer o mundo é por meio da boca – que é uma das partes mais desenvolvidas de seu corpo. Quando ele descobre a mão, por volta dos quatro meses, a primeira coisa que faz é colocá-la na boca e, depois, o mesmo acontece com os pés. Quando ele começa a engatinhar e explorar outros objetos faz o mesmo, coloca tudo na boca para captar o máximo de informações sobre aquela novidade.

Apesar disso ser uma fase, os pais devem se ater ao que as crianças estão colocando na boca. Os pequenos ainda não têm um senso de segurança e é nosso papel vigiar e avaliar se aquilo pode ser colocado na boca ou não. Objetos pequenos são sempre um risco para os bebês, por isso atenção. Por isso, se seu pequeno está passando por essa fase o ideal é que você deixe o espaço em que ele está seguro e livre de objetos pequenos ou que representem um risco para ele.

Ao longo do crescimento do pequeno os pais podem ir mostrando o que eles podem e o que não podem colocar na boca. E quando eles colocarem um objeto inapropriado, o ideal é tirar com calma, substituindo por outra coisa, como um mordedor ou outro objeto próprio para bebês.

Leia mais:

Profile photo of Ariane Donegati

Jornalista e entusiasta do desenvolvimento infantil, acredita que brincar é sinônimo de aprendizado e felicidade para as crianças.