Saiba mais sobre o significado de um dos contos mais famosos do mundo

Os contos fazem parte de um universo encantado que vai muito além de apenas uma história infantil com intuito de distrair as crianças – eles são, na verdade, uma ferramenta bastante utilizada para desenvolver a capacidade reflexiva dos pequenos. Em muitos casos, não se sabe ao certo onde foram contados pela primeira vez, mas existem versões em muitos idiomas espalhadas pelo globo que transmitem sempre ensinamentos de forma lúdica e divertida.

Os Três Porquinhos

A história infantil dos Três Porquinhos está entre as mais conhecidas mundialmente. Nela, cada porquinho desejava viver em sua própria casa e, portanto, eles deveriam escolher um bom lugar, longe do lobo mau, onde pudessem estar seguros. Assim que encontraram a região perfeita, todos prepararam os materiais para a construção.

Ansiosos para brincar e se divertir, os porquinhos mais novos construíram rapidamente suas casas. O primeiro reuniu uma quantidade de palha e a utilizou na estruturação; o segundo a fez com madeira. O terceiro, pensando no longo prazo e na proteção contra o lobo mau, dedicou todo o seu tempo para construir uma casa de tijolos, sólida e resistente.

Não demorou para seus irmãos zombarem do esforço do mais velho, pois consideravam-no desnecessário. Sem ligar para isso, o porquinho terminou sua casa de tijolos e os três tiveram algum tempo para brincar até a chegada repentina do lobo mau faminto. Em questão de segundos, o vilão da história conseguiu destruir com um sopro as casas mais frágeis, de palha e madeira.

Os porquinhos, assustados, correram para a casa do irmão mais velho, e o lobo, cheio de confiança, tentou também destruir a casa de tijolos. Felizmente a casinha era sólida e indestrutível! Isso fez com que o lobo tentasse entrar pela chaminé, mas, sem sucesso, nunca mais voltou, deixandos os três irmãos tranquilos a vida toda.

A moral

De forma lúdica e cuidadosa, a história dos três porquinhos, bem como outras fábulas e contos nos livros infantis, mostra às crianças a importância de trabalhar bem para conquistar o sucesso. Ao adaptar esse aprendizado ao universo infantil, os pais ou educadores podem salientar que não basta se divertir, é preciso também colocar seu esforço em coisas que, a princípio, não parecem tão interessantes, mas que dão frutos fantásticos, como lições escolares e pequenas tarefas diárias em casa.

Além disso, vale a pena destacar, ao ler essa história, que a inteligência dos porquinhos foi essencial para viverem bem, visto que não usaram violência, como fez o lobo mau: ou seja, o trabalho honesto, a bondade e a inteligência são qualidades que vale a pena manter e cultivar.