Como a rotina pode ajudar seu filho?

Sabemos que, na prática, não é simples estabelecer uma rotina na vida dos filhos, ainda mais com a correria do dia a dia, horários irregulares e a falta de tempo. No entanto, é muito importante que a família adote alguns hábitos e regras no cotidiano dos pequenos. Uma rotina para criança, desde cedo, colabora para que ela cresça mais confiante e independente. Saber o que vai acontecer durante o dia e a repetição destes acontecimentos cria um ambiente saudável, fazendo com que os pequenos se sintam confortáveis e seguros.

Os pequenos gostam de saber o que vai acontecer durante seu dia. Saber que, depois da soneca, tem o lanchinho ou que, antes de dormir, tem a história, proporciona uma sensação de segurança. Isso faz com que os pequenos se sintam menos ansiosos. Com o tempo, a rotina pode, até mesmo, fazer com que seu bebê desenvolva certas manias, como dormir sempre com o mesmo cobertor ou só fazer as refeições em determinados pratos. É a maneira que eles têm de se sentirem no controle, nesse mundo ainda tão estranho a eles.

Benefícios para os papais e mamães

Para os pais, as rotinas preestabelecidas também trazem muitos benefícios. Primeiro, porque, por se sentirem mais seguros, os pequenos tendem a aceitar melhor os momentos de despedidas. Por exemplo, a hora de ir embora do parquinho ou de se despedir quando os pais vão trabalhar não se tornam momentos tão difíceis, pois eles entendem que vão voltar. Assim, desde cedo, os pequenos vão entendendo e assimilando os horários e regras do cotidiano. Quando maiores, tornam-se crianças e adolescentes com maior senso de organização e responsabilidade, conseguindo estabelecer os horários de estudos e de obrigações, como ajudar a família nas atividades da casa. Além disso, as rotinas também colaboram na organização da vida dos pais. Ter horários estabelecidos para as refeições, sonecas, banho e brincadeiras, faz com que a família toda possa se organizar melhor e tenha mais tempo para aproveitar os momentos juntos.

Saiba ser flexível

É importante lembrar que o excesso nunca é bom e, portanto, não vale transformar a casa em um quartel! É preciso saber a hora de ser flexível para que a rotina não se torne algo imposto e negativo. Nos finais de semana, por exemplo, é liberado dormir umas horinhas a mais ou almoçar mais tarde. O importante é estabelecer horários e criar hábitos saudáveis que tornem o ambiente mais organizado e confortável para todos!

Dicas para estabelecer uma rotina em casa

A psicóloga Letícia Araújo, da Equipe de Curadoria da Leiturinha, elencou algumas dicas que podem ajudar você a estabelecer uma rotina em sua casa com os pequenos. Confira:

Hora de dormir

Hora de dormir é a primeira ideia de rotina dos pequenos, eles precisam saber a diferença entre o dia e a noite.

  • Sonecas durante o dia devem ser sempre em ambiente claro, sem evitar barulhos ou mudar a rotina da casa.  
  • Para o sono da noite é necessário que os pais realizem uma “higiene do sono”, como um ritual. Pode ser um banho relaxante, seguido de uma história. O quarto deve estar pouco iluminado e sem barulho.

Hora de alimentar

  • É saudável fazer as refeições em família, todos sentados à mesa e degustando alimentos variados.
  • Aproveite a oportunidade para conversar e perceber que seu pequeno está crescendo. Você também pode aproveitar para montar um novo cardápio para a semana seguinte.

Estabelecer horários

  • É importante que os pequenos tenham horários para acordar, realizar as atividades, brincar e dormir. Seguir os horários faz com que a criança se acostume e estabeleça uma rotina.
  • Você pode montar para seu pequeno um quadro de horários com desenhos, mostrando como será a ordem do seu dia, isso trará mais segurança para ele.

Espaços organizados

Ter um ambiente organizado auxiliará os pequenos. Para que isto aconteça é muito importante que eles saibam que:

Leia mais:

Profile photo of Ana Clara

Jornalista e autora no Blog da Leiturinha, é fascinada por tudo que envolve o mundo da leitura, das histórias às poesias. Acredita que as palavras aproximam pessoas, libertam a imaginação e modificam realidades. Gosta de escrever, viajar e aprender sempre.