6 frases que indicam que o seu filho está ansioso

por | fev 26, 2018 | 18 Comentários

O primeiro dia de aula, uma prova importante, estar em um lugar novo ou longe dos pais… São muitos os motivos que levam uma criança a sentir-se ansiosa. A ansiedade é algo natural e faz parte da vida de adultos e pequenos. A diferença é que nós, adultos, sabemos lidar melhor com essa emoção e identificar suas causas. Já as crianças, ainda estão conhecendo e lidando pela primeira vez com os diversos sentimentos e, por isso, elas podem precisar de uma ajudinha para compreender a ansiedade que estão sentindo e como resolvê-la.

Atenção aos sinais de ansiedade

Para isso, primeiro, pais, mães e responsáveis precisam identificar quando os pequenos estão ansiosos, para então ajudá-los a lidar com essa emoção. É fundamental observar os pequenos e se atentar a mudanças de comportamento, pois pequenos detalhes podem dar dicas importantes sobre o que a criança está sentindo. Pensando nisso, as curadoras e mães, Cynthia Spaggiari e Sarah Helena, elencaram algumas frases que já ouviram de seus pequenos e que podem indicar que eles estão ansiosos. Confira:

1. “Estou com dor de barriga; quero vomitar…”, esses são sintomas relatados com frequência, especialmente quando os pequenos querem evitar algo.

2. “Quero ir embora agora.”, demonstrando muito incômodo em permanecer em algum local.

3. “Não quero ir para a escola hoje.”, especialmente quando esta cena passa a ser rotineira.

4. “Eu não consigo; eu vou errar”, ou demais frases relacionadas à falta de confiança em si mesmo(a).

5. “Só se você for comigo” ou “Fica aqui comigo”, demonstrando que quer a presença de pessoas de confiança para realizar tarefas cotidianas, que antes fazia sozinho(a).

6. “Posso dormir com você?; não quero ficar sozinho(a) no meu quarto” ou “Espera eu dormir?”, dificuldade em dormir sozinho(a) pode ser sinal de que seu(a) pequeno(a) está ansioso(a).

Como lidar com a ansiedade das crianças?

Quando se trata da ansiedade dos filhos, é importante que, em primeiro lugar, os pais olhem para si mesmos, observando seu próprio comportamento. Outro ponto fundamental é levar a sério os sentimentos dos pequenos, ouvindo-os e tentando ajudá-los a compreender o que estão sentindo. Descubra: como lidar com a ansiedade do seu pequeno.

Escrito por Ana Clara Oliveira
Jornalista e editora do Blog da Leiturinha, é fascinada por tudo que envolve o mundo da leitura, da educação e da infância. Acredita que as palavras aproximam pessoas, libertam a imaginação e modificam realidades. Gosta de escrever, viajar e aprender sempre.
Relacionados
6 livros da Loja Leiturinha para ajudar na alfabetização

6 livros da Loja Leiturinha para ajudar na alfabetização

Quem tem crianças em idade pré-escolar, já sabe: a alfabetização é um desafio para todos nós! Isso porque, para além dos desafios enfrentados pelas crianças, pais e professores precisam de muito fôlego e criatividade quando adentram nessa nova etapa. Pensando nisso,...

6 livros da Loja Leiturinha para ajudar na alfabetização

6 livros da Loja Leiturinha para ajudar na alfabetização

Quem tem crianças em idade pré-escolar, já sabe: a alfabetização é um desafio para todos nós! Isso porque, para além dos desafios enfrentados pelas crianças, pais e professores precisam de muito fôlego e criatividade quando adentram nessa nova etapa. Pensando nisso,...

Surpresinha Leiturinha de janeiro: para brincar o ano todo!

Surpresinha Leiturinha de janeiro: para brincar o ano todo!

É com muito prazer que anunciamos a Surpresinha Leiturinha deste mês! Nossas famílias leitoras, dos planos Uni e Duni, receberão um calendário muito especial, desenvolvido em parceria com a Editora Mol. Dessa forma, nossos pequenos e pequenas poderão acompanhar todos...

18 Comentários

  1. Avatar

    O meu filho é muito ancioso reclama sempre de dor na barriga e quer dormir cmg sempre…meu marido sai para trabalhar as quatros horas da madrugada assim que ele levanta meu filho vem pra minha cama, aí ele dorme bem pois na cama dele ele passava noite resmungando e se mexendo

    Responder
  2. Avatar

    Eu sofro com a ansiedad até hoje. As pessoas não dão a importância necessária para isso. Uma pena.

    Responder
  3. Avatar

    Minha filha de 5 anos anda muito ansiosa, reclama de dores na barriga, não dorme mais sozinha, e rói unha constantemente. Observei que esse comportamento se dá mais nas férias, pois é a época em que ela mais fica em casa, não tem muita descarga de energias. Mas mesmo com a rotina da escola ela continua ansiosa.

    Responder
  4. Avatar

    Eu tomo medicamento a mais de 5 anos para ansiedade e tenho certeza que meu filho com 10 anos também é ansioso além de ter dislexia. Precisamos como país e amigo dessas crianças, saber como ajudar e lidar com as situações.

    Responder
  5. Avatar

    Obrigada! Pelas dicas, mais penso que devemos sim ficar mesmo de olho no que diz respeito aos pequenos! A identificar seus problemas e principalme anciedade e bsixa estima! Tenho um enteado de 11 anos e uma filha de um ano! E ele sofre muito com a insegurança e anciedade também! Ai comecei a descobri como ajudá-lo! Eu nao entendia porque com 11 anos ele ainda mama dedo e se estiver com algum problema , se agarra a varios travesseiros! Foi muito dificil pra mim , mais consegui ajudar muito ele!

    Responder
  6. Avatar

    Essa matéria veio na hora certa, meu filho de dois anos e cinco meses começou a escola, chora para ir, chora para entrar, quando chega qualquer coisa que lhe é negado ele faz escândalo, fora as queixas de dor na barriga. Converso, converso mas as vezes ele não sede e fico sem ação. Favor colocar mais matérias a respeito. Obrigada Leiturinha 😉

    Responder
  7. Avatar

    Meu filho tem 3 anos e quer dormir comigo todos os dias, seja no meu quarto ou no dele. Hoje acordou no quarto dele e me perguntou “Eu dormi aquu sozinho?” Respondi q não pois sei q do contrário terei dificuldade q vá dormir lá hoje novamente. Ele também andou fazendo xixi na cama alguns dias. Provavelmente por ansiedade também.

    Responder
  8. Avatar

    O número de crianças que sofrem de ansiedade é cada vez maior. Lidar com os pequenos desafios do dia a dia é algo bem complexo. Mas lidar com a quantidade de obrigações que temos imposto a nossas crianças é demais. Vejo frequentemente pais justificando que precisam estar preparados para o futuro, para a concorrência, que temos que lhes dar oportunidades.
    Claro que queremos a tranquilidade de nossos filhos, mas para garantir o futuro e tirar o presente? Acho que quando lhes garantimos a oportunidade de serem crianças e aprender o que lhes cabe, lhes oportunizarara um belo futuro.

    Responder
  9. Avatar

    Ha, texto válido, mas vai muito dos costumes em casa também. Vemos que nos dias de hoje muitas famílias tem cama compartilhada e obedecem aos filhos, deixando de ter autoridade. Com isso tudo, não podemos classificar as crianças como ansiosas, e sim de mal acostumadas.

    Responder
  10. Avatar

    Amei e incluo mais uma.
    Hoje quero ficar só com vc mamãe!

    Responder
  11. Avatar

    O meu filho sempre reclama de dor de barriga e acorda de madrugada querendo que eu ou o pai durma com ele, na hora da lição de casa diz que não vai conseguir às ignoro achando que é manhã!
    O que faço?!

    Responder
  12. Avatar

    Vejo que minha filha tem ansiedade,quando pego ela roendo as unhas das mãos e pés. Quando ela ñ quer ir pra escola em épocas de provas,chora muito,pois alega que ñ sabe fazer nada e acha tudo difícil.”
    Hoje ela está sendo acompanhada por uma psicóloga e uma professora participar pra fazer reforço escolar.
    Como mãe tô procurando fazer o melhor pra ela,pois a minha infância foi bem difícil e cheguei na vida adulta com complexo de inferioridade.

    Responder
  13. Avatar

    Gostaria de saber se é sinal de ansiedade a criança ir ao banheiro a casa 5 minutos.Minha filha de 4 anos acabou de sair da creche e foi pra uma escolinha.As professoras me disseram que ela vai toda hora ao banheiro.Minha tia,que cuida dela enquanto não chego do trabalho,falou a mesma coisa.Mas quando estou com ela,observo e vejo que ela vai normalmente,fica mais de uma hora sem usar o sanitário

    Responder
  14. Avatar

    Olá, meu filho vai fazer 4 anos agora em abril, sempre dormiu sozinho desde recém nascido, porém desde quando ele estava com 2a e 6m ou até menos não consigo me recordar bem, ele começou a querer que colocasse ele para dormir, trocando os muidos, tinha que dormir com ele no quarto dele, quando pegava no sono ia para meu quarto, só que todas as noites ele acordava de 02 a 04 vezes me chamando para dormir com ele e cansada desse situação eu passei a alternar noites no meu quarto e noite no quarto dele e depois dos 3 anos ele passou reclamar que estava dormindo sozinho e que não tinha nenhum adulto “papai e mamãe com ele”, sempre explico que não está sozinho que estamos todos em casa e que cada um tem seu quarto, dai vem os questionamentos mirabolantes “mamãe você não tem quarto você dorme com o papai e sozinho”. Como posso reverter essa situação e fazer com que ele durma no quarto dele? Já tentei inventei de tudo.

    Responder
  15. Avatar

    Também estou no mesmo caso da Jackeline Alves , Minha menina tem 3 anos e 10 meses e sofro o mesmo problema ela não quer dormir no próprio quarto. Também gostaria de algumas dicas.

    Responder
  16. Avatar

    Meu filho e muito ansioso,nao consegue se concentrar ,nao consegue dormir e nao tem vontade de ir pra escola ele tem 13 anos. Oque fazer??

    Responder
  17. Avatar

    A minha filha tem 04 anos não posso falar que voce sair com pra algum lugar,que ela perguntar toda hora,se ja não estar na isso eu falo de manhã pois é um dia todo perguntado,as vezes nem dormir.

    Responder
  18. Avatar

    Meu filho tem cinco anos chora o dia todo briga muito tudo encomoda ele …tem medo descontrolado do escuro se bate nele mesmo é difícil só Deus mesmo pra dar força pra gente .

    Responder
Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *