Felicidade Bicicleta: “Uma ode à felicidade das coisas simples da vida”

por | out 6, 2020 | 1 Comentário

Bicicleta: um símbolo da infância

Quem não se lembra da primeira bicicleta? Tenho certeza que boa parte de nós, pais e mães, lembramos! Isso porque a bike é um símbolo de liberdade e independência. Os benefícios dessa atividade na infância são inúmeros! Andar de bicicleta é uma atividade física completa e  o hábito de pedalar deixa o dia a dia do seu pequeno mais saudável. O senso de identidade e autonomia também é desenvolvido – geralmente, os pequenos demoram para reconhecer o local onde moram. Pedalar por ali pode despertar e reforçar a sensação de pertencimento à comunidade,  ajudando o pequeno a criar mapas mentais que podem ser úteis num momento de perda, por exemplo. No futuro, ela também poderá ser facilitadora da rotina do seu pequeno. Além disso, a bicicleta é uma forma sustentável de se locomover. O movimento de uso das bicicletas ajuda a construir uma cidade amigável às crianças e a estimular a sociabilização e o compartilhar. Por todos esses benefícios, não tenha dúvidas em incentivar o pedalar do seu pequeno, é claro, com segurança, paciência, amor e carinho.

Um livro sobre a alegria de pedalar

A parceria de Emília Nunez e Bruna Assis Brasil já deixou nosso momento de Leiturinha muito divertido e feliz com o título A menina da cabeça quadrada. E, novamente, nossa seleção ficou ainda mais completa com a obra: Felicidade Bicicleta.

Felicidade-bicicleta

Felicidade Bicicleta

Autora: Emília Nuñez
Ilustradora: Bruna Assis Brasil
Editora: Tibi

Quando a Felicidade aparece, ao vivo e a cores, com um laço de fita, o pequeno Hayato descobre a alegria de sentir o vento no rosto, de se equilibrar e de se aventurar por aí com os amigos em sua nova bicicleta… Este livro nos ensina que não importa quanto tempo passe, a Felicidade sempre nos encontra novamente!

Confira o depoimento que a autora, Emília Nuñez, nos deu sobre a obra:

O livrinho “Felicidade Bicicleta” é uma ode à felicidade alcançada através das coisas simples da vida, como andar de bicicleta! Ele também quer mostrar os ganhos de ensinar algo para uma criança, de passar tempo junto, de se dedicar. Com o livro, os pequenos leitores, podem compreender que o papai e a mamãe também já foram crianças! E se hoje eles podem ensinar, é porque um dia aprenderam! Uma coisa muito legal que aconteceu durante o processo de ilustração do livro foi decidirmos por uma família com pai japonês e mãe negra. Quando Bruna Assis Brasil me enviou a primeira página ilustrada, decidimos que o livro também contaria uma história de um amor de infância que deu como fruto uma bela filha, a mistura perfeita de uma mãe e um pai tão diferentes entre si. O livro tem muitas cenas “externas” e através disso deseja inspirar as famílias a aproveitarem os passeios ao ar livre!

Que tal fazer parte da nossa família de leitores? Acesse o Clube Leiturinha!

Escrito por Caroline Lara
Líder da Equipe de Curadoria da Leiturinha, é formada em Psicologia e mãe do Caetano. Leitora compulsiva, é apaixonada em provocar emoção, despertar a fantasia, entreter e alegrar pequenos através da literatura. Acredita que quanto menor nosso tamanho, maior a criatividade!
Relacionados
Como ensinar sobre eleições para crianças?

Como ensinar sobre eleições para crianças?

“Criança não tem que se meter em assunto de adulto.” Você já ouviu essa frase? Ou talvez já tenha falado ela? Meu pai sempre esteve no mundo da política. A casa costumava estar sempre cheia de adultos falando sobre política. E quando algum pequeno queria intervir no...

Você conhece a depressão pós-parto masculina?

Você conhece a depressão pós-parto masculina?

Quando falamos em depressão pós-parto, é natural associarmos a mulher que acabou de ter o bebê. No entanto, existem muitos casos de depressão pós-parto masculina, que é pouco falada, estudada, diagnosticada e tratada.  O que é a depressão pós-parto masculina? Essa...

5 receitas de tinta comestível para fazer em casa

5 receitas de tinta comestível para fazer em casa

Toda criança adora uma boa folia, seja brincando, cantando, dançando… E na cozinha então? A folia é mais gostosa ainda. Que tal unir a brincadeira com seu pequeno com a cozinha, ou seja, o útil e o agradável? As tintas comestíveis são extremamente populares entre as...

Como ensinar sobre eleições para crianças?

Como ensinar sobre eleições para crianças?

“Criança não tem que se meter em assunto de adulto.” Você já ouviu essa frase? Ou talvez já tenha falado ela? Meu pai sempre esteve no mundo da política. A casa costumava estar sempre cheia de adultos falando sobre política. E quando algum pequeno queria intervir no...

Você conhece a depressão pós-parto masculina?

Você conhece a depressão pós-parto masculina?

Quando falamos em depressão pós-parto, é natural associarmos a mulher que acabou de ter o bebê. No entanto, existem muitos casos de depressão pós-parto masculina, que é pouco falada, estudada, diagnosticada e tratada.  O que é a depressão pós-parto masculina? Essa...

5 receitas de tinta comestível para fazer em casa

5 receitas de tinta comestível para fazer em casa

Toda criança adora uma boa folia, seja brincando, cantando, dançando… E na cozinha então? A folia é mais gostosa ainda. Que tal unir a brincadeira com seu pequeno com a cozinha, ou seja, o útil e o agradável? As tintas comestíveis são extremamente populares entre as...

A importância de escutar as crianças

A importância de escutar as crianças

Que as crianças se manifestam o tempo todo, nós já sabemos. Porém, este tema se amplia e os olhares se voltam para a maneira e situações em que os adultos se dedicam a ouvir tais manifestações. E acredite, escutar as crianças vai muito além de emprestar os ouvidos....

1 Comentário

  1. Avatar

    Livro excelente para crianças. Trabalha na linguagem da criança temas transversais como valorizar as minimas coisas da vida como um dia comum pegar a bicicleta e sair para pedalar. Ato simples e que muitas vezes passa despercebido em nossas vidas. Portanto, vale aos pais analisar e mostrar a criança a importância de se estar vivo com saúde, e agradecer a Deus por tudo que se tem e pelos momentos da vida como o ato de andar de bicicleta.

    Responder
Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *