Os bebês e os livros

Já falamos aqui no Blog sobre como os livros-brinquedo, aqueles com estímulos sensoriais – os livros de banho ou de pano – são efetivos nos primeiros anos de vida e sobre como eles podem contribuir para o desenvolvimento motor e cognitivo dos pequenos. Já falamos também que, não somente estes, mas a literatura infantil, os clássicos literários, quando mediados por um adulto, tornam-se fonte de elementos de construção do eu, da identidade e de relações afetivas, ainda que eles ainda não saibam falar ou escrever.

A literatura humaniza – sempre vale a pena repetir esta afirmação. Contar histórias para crianças é sempre um ato de amor, pressupõe encontro e troca. Quando lemos para um bebê, este bebê sente-se cuidado e olhado – para além da história que contamos, uma outra se constrói ali, na construção da linguagem, na reafirmação do vínculo, no sentimento de ser visto e reconhecido como outro.

O papel do livro de banho

Os livros de banho são companheiros perfeitos dos bebês – permitem ser mordidos, amassados, usados na banheira, na areia e até no bercinho! São quase indestrutíveis, por serem maleáveis e, pelo mesmo motivo, estimulam a sensorialidade dos pequenos. Por todas estas características, normalmente são eles que introduzem os pequenos no mundo literário, com textos curtos e rimados, para agradar aos bebês.

Pensando nisso, a Equipe de Curadoria da Leiturinha preza por livros que, além de terem elementos sensoriais, tenham conteúdos que facilitem a mediação e a troca entre o leitor mediador e o bebê, criando momentos em família e o amor pela leitura. Entre os livros infantis selecionados para integrar o Kit Leiturinha dos pequenos leitores, está um Lançamento Exclusivo Leiturinha de Ziraldo, A Fazenda do Bebê Maluquinho, da Editora Melhoramentos. O livro, que já existia no formato brochura, agora foi produzido em páginas emborrachadas e fofinhas, como livro de banho – uma ótima união entre literatura e interatividade! 

A Fazenda do Bebê Maluquinho: Ziraldo em livro de banho

a-fazendinha-maluca

Ziraldo, grande escritor e ilustrador brasileiro, pai do Menino Maluquinho e de tantos outros personagens que marcaram época, agora também ilustra e nos conta a história do Bebê Maluquinho em uma fazendinha. Como era de se esperar, tudo se torna uma grande confusão! A vaca Mimosa vai parar no galinheiro, e o cão… em cima da árvore! Com um bebê maluquinho assim, não poderia ser diferente! Um livro infantil para apresentar aos pequenos, desde cedo, os elementos da literatura brasileira e, futuramente, despertar neles o desejo de conhecer sempre mais!

(Este livro faz parte da seleção enviada pela Leiturinha. Para fazer parte do clube, acesse: leiturinha.com.br).


Descubra como incentivar a leitura em cada idade, com nosso material exclusivo:
Para gostar de ler de 0 a 10 anos: Um guia completo de incentivo à leitura!

Profile photo of Sarah Helena

Mãe da Cecília, formada em Psicologia, especialista em Filosofia e Mestranda em Educação Profissional e Tecnológica. Sempre trabalhou com famílias, especialmente com os pequenos. Por esse amor ao universo afetivo infantil, hoje, na Leiturinha, ela colabora fortalecendo o vínculo das famílias leitoras através da experiência da literatura.