Instituto Pró-Saber SP: a literatura na transformação social

por | jun 4, 2020 | 0 Comentários

A educação é a base para um mundo melhor. Mas, infelizmente, nem todas as crianças têm a possibilidade de acessar educação de qualidade. As desigualdades sociais que tanto marcam nosso país, também se refletem no acesso à educação. Entendendo que o afeto, o pensamento crítico e o protagonismo são o caminho para a transformação social, em 2003 nasceu o Instituto Pró-Saber. Localizado em Paraisópolis, região periférica da cidade de São Paulo, o instituto aposta no incentivo à leitura para contribuir com a educação e a formação de mais de 4.600 crianças e adolescentes. Para conhecer um pouco mais sobre este projeto, conversamos com Fernanda Renner, a coordenadora pedagógica do Pró-Saber. Confira a seguir este bate-papo: 

Durante o período que as crianças passam no instituto, quais atividades elas realizam com vocês? 

As crianças que participam do Programa Ler & Brincar (4 a 8 anos) ficam 3 horas no Pró (8h30 às 11h30 e 14h às 17h). Lá, elas fazem diversas atividades relacionadas à leitura, à escrita e ao brincar, que são os grandes eixos do programa. Esses pilares curriculares são costurados no planejamento dos professores com propostas onde o acolhimento, o vínculo, o afeto, a escuta, o respeito e o protagonismo são práticas diárias. Traduzimos tudo isso em atividades que vão desde rodas de conversa onde as crianças contam como passaram a noite, o que fizeram na escola no dia anterior, que livros leram em casa com os seus familiares (emprestamos todos os dias para levarem para casa), até atividades de alfabetização, como aprender a ler os nomes dos colegas, a escrever bilhetes para outros grupos com indicações literárias ou receitas. As crianças são agrupadas em grupos por idade, onde cada grupo tem em média 25 crianças.

As crianças também têm um momento para brincar (1h30 todos os dias), em que podem escolher com quais brinquedos ou em que cantos vão se divertir. Esse é um momento muito esperado por todas, pois há inúmeras opções como tanque de areia, faz-de-conta (casinha, médico, fantasias para vestir etc) até massinha, corda, bola e pebolim. Nesse momento, todas as crianças se misturam e compartilham o espaço externo do Pró. Antes do fim do dia os professores também leem para os seus grupos. Todo dia um novo livro é apresentado e lido para as crianças. Essa leitura é registrada num mural que, ao longo do ano é recheado de títulos de livros e nomes de autores. Ao longo do ano, as crianças ouvem mais de 100 histórias através da leitura do seu professor. É um marco na vida delas.

Qual a importância e o papel da literatura para o Pró-Saber? 

A leitura está no DNA do Pró, e isso faz dela fundante do nosso trabalho. Em tudo o que pensamos, colocamos a leitura no centro das ações. Pensamos sempre na palavra escrita e lida como fundamental, e queremos que isso tenha importância na vida das nossas crianças e suas famílias também. Por isso lemos todos os dias no Pró para todas as crianças. Também queremos que as famílias tenham acesso aos livros e às histórias, e por isso mandamos por empréstimos diários, livros para as casas das crianças. 

A pessoa que lê consegue entender a si e ao mundo de um jeito melhor, mais humano, mais compreensivo, com mais tolerância. Acreditamos que ler nos torna pessoas melhores, e queremos isso para toda a nossa comunidade de alunos, famílias e amigos. Somos mais felizes quando lemos para nós mesmos ou para alguém, ou quando outra pessoa lê pra gente. 

Acreditamos que o acesso diário à literatura ajuda as crianças a desenvolver a imaginação, a criatividade, a se conhecerem e a conhecerem outros mundos e se expressarem melhor. Também sabemos que ler desenvolve a fala, o raciocínio, melhora o vocabulário. Acreditamos que os pais que podem ler para os seus filhos aprendem junto com eles, pois criam um momento de afetividade em torno do livro. Ler para os filhos ajuda a criar vínculo com eles. Para o Pró todo ato de educar/ensinar está ligado ao afeto, ao vínculo e ao cuidado com o outro. Ler é um ato de carinho, e, por isso, para nós do Pró, ler é essencial.

Como vocês aplicam a leitura no processo de alfabetização dos pequenos? 

É especialmente neste momento (quando o educador lê para as crianças) que ele ensina a elas sobre comportamento leitor, mostrando as suas escolhas literárias, os seus autores e ilustradores preferidos, e oferecendo a elas a oportunidade de ter acesso a textos de qualidade. Oferecemos às nossas crianças e famílias os melhores livros que existem. Só incluímos no nosso acervo livros que gostamos, e só gostamos dos livros que têm bons texto e ilustração, de autores comprometidos com a qualidade literária, com a infância e com a boa literatura.

É o contato com esses textos que as ajudam a se aproximar do mundo letrado, e a perceber que tudo o que falamos pode ser escrito e lido, e que através da escrita, deixamos marcar/registros para outras pessoas. Mostramos às crianças que a escrita e a leitura têm funções sociais reais. Crianças que têm acesso a livros têm mais facilidade para aprender a ler e a escrever, pois estão expostas a textos escritos desde cedo.   

Qual o papel e o maior desafio das famílias das crianças?

Desenvolver o hábito de ler todos os dias, de criar uma rotina onde a leitura e o livro sejam o centro das atenções por alguns minutos por dia pode ser uma tarefa desafiadora  para muitos pais. Para algumas famílias pode ser mais fácil, mas com outras temos que ajudar com um olhar mais atento e cuidadoso. Ouvimos pais em reuniões e encontros contarem as suas experiências leitoras em casa, e é comum dizerem que não sabem ler como os professores, que não têm tempo, que nunca leram antes. Tentamos desconstruir a ideia de que só os educadores sabem ler “como se deve”. 

Cada um lê do seu jeito, e que às vezes, se interessar pelo livro da criança já é um grande passo para a leitura acontecer. 

Entendemos que muitos pais não tiveram essa experiência antes, e lemos para eles nas reuniões. Acreditamos que o entendimento da importância e da beleza da leitura passa por ouvir alguém lendo também. É uma espécie de formação que fazemos. Os afazeres domésticos, a rotina corrida, a competição com a TV ou o celular são fatores muito presentes nas vidas das famílias. Fazemos um trabalho de formiguinha: incentivamos pais que nunca liam a ler, e comemoramos quando uma família começa a ler com frequência. Cada nova conquista é valiosa. 

Para além disso, quais impactos vocês acreditam que a leitura pode proporcionar para a infância, as famílias e a comunidade como um todo?

Acreditamos que quando fisgamos as crianças com a literatura, com a leitura diária, elas começam a fisgar as suas famílias, e isso promove a criação de uma comunidade que lê. Quando vemos na nossa biblioteca cada vez mais mães com bebês entrarem para ler para os seus filhos bem pequenos, percebemos que isso é uma grande mudança, um imenso avanço. Percebemos que as crianças estão abertas à leitura, e rapidamente se vinculam a ela, aproveitam todos os seus benefícios.

Acreditamos que as famílias se fortalecem através da leitura, por meio da literatura, e do hábito de ler junto. É uma experiência transformadora para todos quando o objeto livro e o hábito da leitura ganha espaço e tempo na vida das pessoas.

Vemos muitas crianças “ensinando” os pais sobre o que é ler, sobre levar o livro para a cama, sobre desligar os eletrônicos por alguns minutos e dar voz a uma história. Essa inversão de papéis é incrível e maravilhosa. Todos ganham nesse descobrimento lindo e poderoso.

Cesta Pró Ler & Brincar

Durante o período de quarentena, em que as crianças não podem frequentar o espaço, o Instituto está auxiliando 400 famílias de Paraisópolis com um cartão alimentação de 200 reais e com a Cesta Pró Ler & Brincar. A cesta é um kit de atividades para as crianças, com materiais, caderno de atividades e pintura, papéis de dobradura, folhas e livros. Durante o mês de junho a ação recebeu a doação da Leiturinha. Confira as imagens dos pequenos recebendo seus livros:

Para conhecer e apoiar as ações realizadas pelo Pró-Saber, acesse prosabersp.org.br!

Escrito por Ana Clara Oliveira
Jornalista e editora do Blog da Leiturinha, é fascinada por tudo que envolve o mundo da leitura, da educação e da infância. Acredita que as palavras aproximam pessoas, libertam a imaginação e modificam realidades. Gosta de escrever, viajar e aprender sempre.
Relacionados
10 poemas especiais sobre ser mãe

10 poemas especiais sobre ser mãe

Um pouco de inspiração para as mães que gostam de uma boa poesia... Esta é uma coletânea carinhosa que reúne alguns poemas emocionantes que permeiam a maternidade, seja no olhar de mãe ou como filho e filha. Boa leitura! 1. In Dois em Um,  Alice Ruiz Depois que um...

10 poemas especiais sobre ser mãe

10 poemas especiais sobre ser mãe

Um pouco de inspiração para as mães que gostam de uma boa poesia... Esta é uma coletânea carinhosa que reúne alguns poemas emocionantes que permeiam a maternidade, seja no olhar de mãe ou como filho e filha. Boa leitura! 1. In Dois em Um,  Alice Ruiz Depois que um...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *