Prêmio Reclame Aqui

Apoie uma mãe: você já ouviu falar do empreendedorismo materno?

por | jan 13, 2021 | 1 Comentário

Nos últimos anos, empreender tem se tornado a realidade de muitas mulheres, principalmente as mães. Para muitas, trata-se do sonho dourado: trabalhar de casa, acompanhar o crescimento das crianças, estar mais presente no cotidiano da família e conquistar a tão sonhada estabilidade financeira. Tudo isso parece muito bonito, não é mesmo? No entanto, precisamos falar da realidade do empreendedorismo materno. Acompanhe e descubra também como apoiar as mães!

Mães no mercado de trabalho

De acordo com uma pesquisa realizada pela Fundação Getúlio Vargas, em 2016, mais da metade das mulheres perdem o emprego após terem filhos. Segundo o estudo, após 24 meses do nascimento das crianças, 50% das mulheres que tiraram licença-maternidade já estão fora do mercado de trabalho. No geral, a maior parte dessas saídas são demissões sem justa causa.

Além disso, a investigação afirma que os desligamentos estão diretamente relacionados ao nível de educação formal da mãe. Isso porque profissionais com maior escolaridade apresentam queda de emprego de até 35% nos 12 meses após o início da licença. No entanto, essa queda é de 51% para as mulheres com nível educacional mais baixo.

E os números foram agravados durante o ano de 2020: a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), do IBGE, constatou que sete milhões de mulheres saíram o mercado de trabalho na última quinzena de março de 2020. Enquanto isso, apenas cinco milhões de homens enfrentaram a mesma situação.

Ainda, uma pesquisa feita pela startup Famivita afirma que 35% das brasileiras entrevistadas perderam seus empregos durante a pandemia do coronavírus e 47% perderam sua fonte de renda. Entre as mães com filhos pequenos, o percentual de desempregadas sobe para 39% e 52% perderam sua renda.

Diante dessa situação, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) declarou que a participação das mulheres no mercado de trabalho é a menor dos últimos 30 anos.

Por que tantas mães desejam empreender?

Frente aos desafios do mercado de trabalho para as mulheres e, sobretudo, para as mães, vemos que o empreendedorismo é muitas vezes é uma alternativa. Movidas muito mais pela necessidade do que qualquer outro sentimento, as mães vencem preconceitos e superam os desafios de uma sociedade preconceituosa e ainda machista.

De 2001 a 2011, por exemplo, o número de mulheres empreendedoras cresceu 21%. Enquanto isso, no mesmo período, o número de homens empreendedores cresceu apenas 9%. E os dados mostram que este movimento tem crescido cada vez mais, tornando-se um verdadeiro fenômeno.

Há muitas mulheres que tornaram-se exemplos do empreendedorismo feminino e também materno. E já existem redes especializadas no apoio dessas profissionais. Porém, apesar do discurso sedutor, empreender pode ser bastante desafiador.

Quais os principais desafios do empreendedorismo materno?

São muitas as dificuldades e os desafios enfrentados pelas mães que decidem empreender. No entanto, confira os principais:

Dificuldades com a gestão de tempo

Muitas vezes, dar conta do negócio, da casa, dos filhos e de si mesma pode ser bastante complicado. Além disso, é importante relembrar que o empreendedorismo nem sempre é uma escolha, mas uma necessidade.

Falta de rede de apoio

Muitas mulheres não têm nenhum suporte para realizar suas outras tarefas, enquanto tentam dedicar o tempo necessário para seu negócio. Para conciliar tantas atividades, o apoio de familiares e amigos, por exemplo, pode ser fundamental.

Falta de autoconfiança

Infelizmente, é comum que algumas mulheres se sintam insuficientes. Além disso, devido a grande carga mental do empreendedorismo, pode surgir a culpa por não conseguir dar conta de tudo. Ou mesmo da forma como gostaria.

Tempo para estudos

A mãe que também é empreendedora não precisa estudar apenas sobre o produto ou serviço do seu negócio. É necessário estudar sobre vendas, negócios, gestão financeira e muito mais. No entanto, conseguir tempo para se dedicar ao conhecimento pode ser desafiador.

Discriminação

É comum ver as mães empreendedoras não serem levadas a sério em relação aos seus negócios. E não falo apenas pelo mercado: existem dificuldades em conseguir crédito em bancos ou outros aportes, por exemplo. Falo também da família e dos amigos, que enxergam o empreendimento apenas como uma renda extra ou um hobbie. E, assim, não valorizam o trabalho, a dedicação e o comprometimento dessas mulheres.

Dificuldades com o planejamento

Quando empreender é uma necessidade, pode faltar tempo para estudar o mercado em profundidade, pensar no negócio com cautela e até validar as ideias. E essa é uma das principais dificuldades das mãe que iniciam seus negócios sem uma avaliação adequada prévia.

Como apoiar o empreendedorismo materno?

Agora, você já conhece melhor o cenário do mercado de trabalho e também os obstáculos enfrentados pelas mães empreendedoras. Porém, como você pode contribuir com uma mãe?

Para começar, compre seus produtos e contrate seus serviços. Acredite: em cada trabalho existe muito suor, dedicação, comprometimento, noites em claro, estudos e um sonho de oferecer o melhor para seus filhos.

Além disso, indique seu trabalho. Se você não pode gastar dinheiro nesse momento, por exemplo, contribua com a divulgação e a propaganda. Ou seja, antes de pensar em grandes marcas e empresas já consolidadas no mercado, indique o trabalho de uma mãe.

Por fim, curta, comente, compartilhe e interaja com suas publicações nas redes sociais. Um clique, um elogio ou um comentário tomará apenas alguns segundos do seu tempo. E fará muita diferença para essa mulher.

Ao apoiar uma mãe empreendedora, você contribui não apenas para o seu negócio. Investe também em um sonho, em uma sociedade mais justa e dá voz a uma mulher. Faça parte desse movimento!

Você sabia que na Loja Leiturinha também encontra a melhor seleção de livros para pais e educadores? Confira agora mesmo nosso site e encontre seu livro ideal!

Leia mais:

Categorias:
Família | Parentalidade
Escrito por Brena Limoel
Empreendedora, escritora e transformada pela maternidade. É mãe da Sara e da Sofia e compartilha um maternal de forma leve e sem culpas. Através de sua experiência e projetos, ajuda milhares de mulheres a se empoderarem e buscarem equilíbrio.
Livros selecionados por faixa etária, todo mês na sua casa. Saiba Mais.
Relacionados
Como lidar com meu filho pré-adolescente?

Como lidar com meu filho pré-adolescente?

Afinal, como lidar com meu filho pré-adolescente? Sabemos que quando você pisca, seu filho ou filha já está na pré-adolescência. Podem surgir, então, acordos não cumpridos. Eles parecem mais irritados e tendem a reclamar de tudo, não é mesmo? Pois tenha calma. É sim...

5 receitas de festa junina fáceis para fazer com a família

5 receitas de festa junina fáceis para fazer com a família

Pula a fogueira, iá iá...  🔥 A festa junina é uma comemoração típica brasileira realizada durante o mês de Junho – E quem não ama essa festividade? 🎉 Na situação mundial de pandemia em que estamos vivendo, sair para comemorar não é opção. Mas isso não significa que...

Você já fez simpatia para descobrir o sexo do bebê?

Você já fez simpatia para descobrir o sexo do bebê?

Assim que a gravidez é anunciada, o casal, os amigos e toda a família ficam sedentos por uma coisa: descobrir o sexo do bebê! Mas até a tão esperada resposta chegar, como segurar a ansiedade e a curiosidade? Afinal, antes do veredito do ultrassom, é possível...

Como lidar com meu filho pré-adolescente?

Como lidar com meu filho pré-adolescente?

Afinal, como lidar com meu filho pré-adolescente? Sabemos que quando você pisca, seu filho ou filha já está na pré-adolescência. Podem surgir, então, acordos não cumpridos. Eles parecem mais irritados e tendem a reclamar de tudo, não é mesmo? Pois tenha calma. É sim...

5 receitas de festa junina fáceis para fazer com a família

5 receitas de festa junina fáceis para fazer com a família

Pula a fogueira, iá iá...  🔥 A festa junina é uma comemoração típica brasileira realizada durante o mês de Junho – E quem não ama essa festividade? 🎉 Na situação mundial de pandemia em que estamos vivendo, sair para comemorar não é opção. Mas isso não significa que...

Você já fez simpatia para descobrir o sexo do bebê?

Você já fez simpatia para descobrir o sexo do bebê?

Assim que a gravidez é anunciada, o casal, os amigos e toda a família ficam sedentos por uma coisa: descobrir o sexo do bebê! Mas até a tão esperada resposta chegar, como segurar a ansiedade e a curiosidade? Afinal, antes do veredito do ultrassom, é possível...

10 poemas especiais sobre ser mãe

10 poemas especiais sobre ser mãe

Um pouco de inspiração para as mães que gostam de uma boa poesia... Esta é uma coletânea carinhosa que reúne alguns poemas emocionantes que permeiam a maternidade, seja no olhar de mãe ou como filho e filha. Boa leitura! 1. In Dois em Um,  Alice Ruiz Depois que um...

1 Comentário

  1. Renata

    Obrigada mil vezes, me sentir representada. Amei o post. Amo empreender, mas não é tão simples quanto parece, principalmente na questão planejar e estudar o mercado. Como é uma necessidade, então o negócio é arriscado porque não sobra tempo e dinheiro para o planejamento correto. Vou aprendo com os erros, infelizmente.

    Responder
Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *