A crise do coronavírus no país fez com que muitas escolas tivessem que adaptar suas atividades a um formato novo, com aulas online para crianças. Isso é crucial para que não haja perdas no ano letivo. Pois as medidas provisórias tomadas no âmbito educacional suspendem a obrigatoriedade dos dias letivos, mas não a redução de carga horária. Ou seja, é muito importante que as aulas continuem, uma vez que não sabemos qual será a duração dessa quarentena.

Como nos preparar para as aulas online para crianças?

Sabemos que os pais e professores estão se desdobrando para que esse novo formato seja tão eficiente quanto à experiência física da sala de aula. No entanto, existem algumas coisas que as famílias podem fazer para ajudar os pequenos a se dedicarem e se adaptarem a esse novo formato. Confira 5 dicas que podem ajudar você e seu filho:

1. Uniforme

A manutenção de alguns hábitos ajuda a criança a liberar a atenção devida para aquele momento. Se antes, a rotina era vestir o uniforme para ir para a escola, a manutenção desse hábito pode ajudar a criança a despertar os gatilhos de atenção. Apenas ao repetir a ação de colocar o uniforme. Assim, a manutenção do hábito de colocar o uniforme para assistir a aula seja presencial ou remotamente, pode trazer à tona a reprodução da experiência anterior.

2. Local Adequado

A sala de aula é formatada para o aprendizado. Cada objeto disposto lá serve a uma função específica. O ideal é tentar reproduzir esse ambiente em algum cantinho da sua casa. Também, colocar à disposição da criança apenas o que ela for utilizar para aquela aula. Todos os outros objetos que são potenciais distratores devem ser removidos do ambiente. 

3. Desenhar a rotina de estudo

Ter um quadro visível com a rotina de atividades ajuda muito na organização do tempo. Tente dividir o quadro pelos dias da semana e horários de cada disciplina. Esse quadro deve contemplar todas as atividades da criança. Inclusive as de relaxamento e os horários das refeições, higiene e de ir para cama. Isso ajuda na organização e na diminuição da ansiedade da criança. Dessa forma, ela sabe que terá momentos de concentração e momentos de relaxamento ao longo do dia.

4. Ao final da aula, peça para a criança contar o que aprendeu

Esse hábito ajuda a criança a retomar o conteúdo da aula, de forma natural. Além disso, estimula o hábito da troca diária. Ainda ajuda a saber se a criança está se adaptando ao novo formato. Rever a tarefa de casa, ou fazer junto com a criança também pode ser um momento bacana para laços e reforçar o conteúdo aprendido.

5. Crie momentos de socialização

Um dos papéis da escola é apoiar a socialização da criança. Verifique com a instituição de ensino como estão sendo monitorados os momentos de intervalo e/ou recreio durante as aulas online. Entenda como você pode colaborar ou otimizar as interações do seu filho com os colegas de classe. Outra ideia é promover encontros com a turma após o horário de aulas. Esse encontro pode ser uma aula de dança virtual, jogos online ou até mesmo um bate-papo!

Leia mais:

Profile photo of Nathalia Pontes

Mestranda em Psicologia da Educação, Psicopedagoga e Escritora, acredita que aprender é uma combinação entre autoconhecimento, troca e curiosidade pelo novo. É apaixonada por educação, desenhos, viagens e literatura.