Como manter a rotina escolar em casa?

por | mar 30, 2020 | 2 Comentários

A quarentena nos força a praticar a nossa flexibilidade. Afinal, estamos presenciando diversas mudanças nesses últimos dias. No entanto, alterações no calendário educacional costumam ser um dos temas que mais preocupam os pais e educadores (e a sociedade como um todo). A educação é a base para que essa geração encontre os conhecimentos necessários para seu futuro. Mas como manter a rotina escolar das crianças durante os dias em casa?

Confira 8 dicas para continuar a cultivar os hábitos de estudo e práticas educacionais durante esse período de reclusão.

1. Primeiramente, calma, muita calma.

Essa situação inusitada aumenta as taxas de estresse e preocupações de todos de forma generalizada. Por isso, temos que ter calma e não nos desesperamos pois a situação irá se acomodar eventualmente. Procure manter hábitos que te ajudam a aliviar o estresse, como leituras, pinturas, esportes, entre outros. Quanto mais positivo você estiver, melhor será o clima em sua casa para lidar com as adversidades.

2. Confie na instituição em que seu filho estuda.

Temos muitas pessoas inteligentes focadas em trazer as melhores soluções para esse momento. Entenda e confie na posição tomada pela Instituição que seu filho estuda. Algumas escolas estão optando por aulas online, por plantões de dúvidas, por listas de exercícios, ou pelo adiantamento das férias. Tire suas dúvidas e tente seguir as recomendações com os pequenos.

3. Mantenha a positividade.

Se a escola estiver com aulas online ou plantões online, mantenha a positividade perante a solução. A tecnologia nasceu para aproximar as pessoas, e deve sim ser usada para esse fim. Com certeza, todos nós aprenderemos com isso. Seja praticar a atenção em um outro contexto, ou aprender a usar uma nova plataforma, uma característica vital do humano é a resiliência, desfrute disso. 

4. Confie no professor.

Saiba que o professor do seu filho será flexível e fará o melhor para que os pequenos se engajem com o novo formato de ensino. Entenda qual é a melhor forma de falar com o professor ou a instituição. Se é por e-mail, por mensagem, ligação, e tire suas dúvidas. Não hesite em fazer perguntas, claro que, sempre com empatia, pois a situação é nova para todos, evite cobranças neste momento.

5. Incentive seu filho a manter a rotina de estudos.

Nada de acordar meio dia e se jogar no sofá. Pelo contrário, se a instituição optou por continuar com as aulas, é muito importante que o engajamento do pequeno seja reforçado. Principalmente porque o ambiente de casa convida as distrações. Continue acordando no horário habitual, trocando de roupa e focando nos estudos. Institua um lugar para as atividades e faça combinados. Isso será importante para que você continue sua rotina, assim como seu filho.

6. Lembre-se educação é algo além dos cadernos e do conteúdo. 

A saúde mental impacta muito na absorção de conteúdo e na felicidade. Por isso, é importante combinarmos as práticas esportivas, com momentos de relaxamento, momentos de concentração e boa alimentação. Tente seguir a mesma rotina que seguia em condições normais. 

7. Pratique a autonomia dos pequenos.

Seja para fazer as atividades, ou para se distrair nos momentos de tédio. Explique para o pequeno, que todos têm tarefas diárias, e que para que a rotina funcione, é preciso respeito e ajuda mútua. Desenhe uma agenda de tarefas com seu filho. Estimule que ele a siga de forma consistente, para que ele não tenha que recorrer a você para cada atividade. Estipule momentos determinados para ajuda nas tarefas e para intervalos em conjunto.

8. Desfrute ao máximo desse contexto

Por mais difícil que seja, o contexto colocou pais no home office e crianças em casa, aproveite isso. É um momento de fortalecer os vínculos, fazer refeições juntos e aproveitar os intervalos para brincadeiras e conversas. 

Tenho certeza de que quando tudo isso passar será um alívio e, ao mesmo tempo, uma saudade dos momentos grudadinhos. Bons estudos!

Leia mais:

Escrito por Nathalia Pontes
Mestranda em Psicologia da Educação, Psicopedagoga e Escritora, acredita que aprender é uma combinação entre autoconhecimento, troca e curiosidade pelo novo. É apaixonada por educação, desenhos, viagens e literatura.
Relacionados
Como ensinar sobre eleições para crianças?

Como ensinar sobre eleições para crianças?

“Criança não tem que se meter em assunto de adulto.” Você já ouviu essa frase? Ou talvez já tenha falado ela? Meu pai sempre esteve no mundo da política. A casa costumava estar sempre cheia de adultos falando sobre política. E quando algum pequeno queria intervir no...

Você conhece a depressão pós-parto masculina?

Você conhece a depressão pós-parto masculina?

Quando falamos em depressão pós-parto, é natural associarmos a mulher que acabou de ter o bebê. No entanto, existem muitos casos de depressão pós-parto masculina, que é pouco falada, estudada, diagnosticada e tratada.  O que é a depressão pós-parto masculina? Essa...

5 receitas de tinta comestível para fazer em casa

5 receitas de tinta comestível para fazer em casa

Toda criança adora uma boa folia, seja brincando, cantando, dançando… E na cozinha então? A folia é mais gostosa ainda. Que tal unir a brincadeira com seu pequeno com a cozinha, ou seja, o útil e o agradável? As tintas comestíveis são extremamente populares entre as...

Como ensinar sobre eleições para crianças?

Como ensinar sobre eleições para crianças?

“Criança não tem que se meter em assunto de adulto.” Você já ouviu essa frase? Ou talvez já tenha falado ela? Meu pai sempre esteve no mundo da política. A casa costumava estar sempre cheia de adultos falando sobre política. E quando algum pequeno queria intervir no...

Você conhece a depressão pós-parto masculina?

Você conhece a depressão pós-parto masculina?

Quando falamos em depressão pós-parto, é natural associarmos a mulher que acabou de ter o bebê. No entanto, existem muitos casos de depressão pós-parto masculina, que é pouco falada, estudada, diagnosticada e tratada.  O que é a depressão pós-parto masculina? Essa...

5 receitas de tinta comestível para fazer em casa

5 receitas de tinta comestível para fazer em casa

Toda criança adora uma boa folia, seja brincando, cantando, dançando… E na cozinha então? A folia é mais gostosa ainda. Que tal unir a brincadeira com seu pequeno com a cozinha, ou seja, o útil e o agradável? As tintas comestíveis são extremamente populares entre as...

A importância de escutar as crianças

A importância de escutar as crianças

Que as crianças se manifestam o tempo todo, nós já sabemos. Porém, este tema se amplia e os olhares se voltam para a maneira e situações em que os adultos se dedicam a ouvir tais manifestações. E acredite, escutar as crianças vai muito além de emprestar os ouvidos....

2 Comentários

  1. Avatar

    Dicas maravilhosas para o fortalecimento da rotina escolar em casa dos estudantes nesse período de isolamento social.

    Responder
  2. Avatar

    Muito boa as dicas

    Responder
Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *