A poesia é o que alimenta a alma. Tempera o dia. Acalenta os corações, acalma. Ou agita quem precisa de folia. Ah… a Poesia! Mas, para ser, precisa ser lida, declamada, tirada do papel, da cabeça, do chapéu… Precisa que alguém lhe empreste a voz e o coração. Ouça, com atenção, os poeminhas da semana, pois é puro amor que emana!

No dia 21 de março, comemora-se o Dia Mundial da Poesia! Pensando nisso, selecionamos sete pequenos poemas para ler com as crianças. Você vai encontrar uma poesia para cada dia da semana, para serem degustados dia a dia, em família. Assim, os pequenos de todas as idades vão se habituando a este gênero narrativo e a esta arte tão deliciosa!

1. Quando as Crianças Brincam – Fernando Pessoa

Quando as crianças brincam
E eu as oiço brincar,
Qualquer coisa em minha alma
Começa a se alegrar.
E toda aquela infância
Que não tive me vem,
Numa onda de alegria
Que não foi de ninguém.
Se quem fui é enigma,
E quem serei visão,
Quem sou ao menos sinta
Isto no coração.

2. Ricardo – Machado de Assis

Vive tu, meu menino,
os belos anos
Junto dos teus,
na doce companhia
Do que há de melhor em
corações humanos
E faze deste dia eterno dia

3. Juntos naquela tarde dourada – Lewis Carroll

“(…)

Depois, por súbito silêncio tomadas,
Vão em fantasia perseguindo
A criança-sonho em sua jornada
Por uma terra nova e encantada,
A tagarelar com bichos pela estrada
— Ouvem crédulas, extasiadas.
E sempre que a história esgotava
Os poços da fantasia,
E debilmente eu ousava insinuar,
Na busca de o encanto quebrar:
“O resto, para depois…”
“Mas já é depois!”
Ouvia as três vozes alegres
a gritar. (…)”

4. Soneto 005 – Camões

Amor é um fogo que arde sem se ver,
é ferida que dói, e não se sente;
é um contentamento descontente,
é dor que desatina sem doer.
É um não querer mais que bem querer;
é um andar solitário entre a gente;
é nunca contentar se de contente;
é um cuidar que ganha em se perder.

(…)

Mas como causar pode seu favor
nos corações humanos amizade,
se tão contrário a si
é o mesmo Amor?

5. Rápido e rasteiro – Chacal

Vai ter uma festa
que eu vou dançar
até o sapato pedir pra parar
aí eu paro
tiro o sapato
e danço o resto da vida.

6. Tudo – Arnaldo Antunes

Todas as coisas
do mundo não
cabem numa
ideia. Mas tudo
cabe numa
palavra, nesta
palavra tudo.

7. Aqui – Paulo Leminski

aqui
nesta pedra
alguém sentou
olhando o mar
o mar não parou
pra ser olhado
foi mar
pra tudo quanto é lado

Leia também:

Profile photo of Sarah Helena

Mãe da Cecília, formada em Psicologia, especialista em Filosofia, sempre trabalhou com famílias, especialmente com os pequenos. Por esse amor ao universo afetivo infantil, hoje, na Leiturinha, ela colabora fortalecendo o vínculo das famílias leitoras através da experiência da literatura.