Como falar sobre abuso infantil com crianças?

por | maio 17, 2019 | 5 Comentários

Perda, separação, morte, sexualidade, preconceito. A lista de coisas extremamente complexas e delicadas de se explicar aos pequenos está aí. Batendo à porta e pedindo um pouquinho da atenção da família… Não é tão difícil quanto parece. Quando o assunto então é abuso infantil,  entra em jogo a confiança. E neste momento, mais do que nunca, os pequenos precisam saber em quem confiar e como identificar comportamentos que não são para o seu bem.

Assuntos sérios são coisas de criança sim! Você precisa de tato para abordá-los, mas eles são fundamentais. É indispensável que, ainda em formação, a criança possa refletir e compreender coisas que dizem respeito à sua segurança. Ser claro, transparente e saber usar a linguagem dos pequenos não parece tarefa fácil, mas é lindamente possível. A prova disto é um vídeo fantástico da NSPCC (National Society for the Prevention of Cruelty to Children) em sua campanha que tem como mote o combate ao abuso sexual infantil.

A organização que atua no Reino Unido e Ilhas do Canal disponibilizou o vídeo que você confere a seguir. Da maneira mais descontraída e com um dingle de colar na cabeça e deixar a gente cantarolando o dia todo, dinossauros animados – chamados no vídeo de ‘pantosaurus’ – dançam a canção que alerta os pequenos para “não abaixarem suas calças para estranhos” de uma maneira incrivelmente leve, alegre e clara.

Quando você for tratar do assunto com seu pequeno, talvez um vídeo como este possa ajudar. Você também tem como sua forte aliada a literatura nestes momentos. Encontre a melhor forma de conversar com as crianças ou, se preferir, todas elas! Só não vale deixar o assunto de lado.

Informações de Exame e NSPCC.

Você tem alguma dica sobre como falar sobre assuntos complexos com as crianças para outros pais, mães e educadores? Compartilhe nos comentários!

Leia mais: 

Escrito por Gabriella Reis
Publicitária, enxerga um potencial imenso na educação como ferramenta para transformar pessoas e amenizar alguns problemas do mundo. Coloca carinho em tudo que escreve e adora encontrar carinho no que lê.
Relacionados
Como saber se seu filho tem medo além do normal?

Como saber se seu filho tem medo além do normal?

O medo faz parte da natureza humana e é importante para o desenvolvimento emocional, especialmente das crianças. Afinal, é o medo que nos ajuda a avaliar os perigos e possíveis ameaças a nossa saúde, por exemplo. No entanto, é preciso cuidado com o excesso de medo,...

20 filmes infantis para assistir em família

20 filmes infantis para assistir em família

Quer se divertir com as crianças? As brincadeiras, os jogos de tabuleiro e a própria literatura infantil costumam ser ótimas opções de passatempo! Mas, e os filmes? Para agradar os cinéfilos e os amantes da sétima arte, preparamos uma lista especial com 20 filmes...

Como saber se seu filho tem medo além do normal?

Como saber se seu filho tem medo além do normal?

O medo faz parte da natureza humana e é importante para o desenvolvimento emocional, especialmente das crianças. Afinal, é o medo que nos ajuda a avaliar os perigos e possíveis ameaças a nossa saúde, por exemplo. No entanto, é preciso cuidado com o excesso de medo,...

20 filmes infantis para assistir em família

20 filmes infantis para assistir em família

Quer se divertir com as crianças? As brincadeiras, os jogos de tabuleiro e a própria literatura infantil costumam ser ótimas opções de passatempo! Mas, e os filmes? Para agradar os cinéfilos e os amantes da sétima arte, preparamos uma lista especial com 20 filmes...

Aprenda a fazer massinha de modelar em casa

Aprenda a fazer massinha de modelar em casa

Cores e formas são muito atraentes para os pequenos e pequenas. Por isso, algo que parece tão simples, como uma massinha de modelar, pode gerar bastante interesse para as crianças e estimular o aprendizado! Afinal, essa brincadeira sensorial incentiva o...

5 Comentários

  1. Avatar

    Que vídeo bonitinho! Consegue trazer de forma leve um tema difícil e em linguagem e forma adequados para uma criança. Quisera eu que meus pais tivessem feito esse tipo de abordagem. No entanto, eu me senti apenas assustada e culpada quando minha mãe tentou falar desses assuntos. Ela utilizava termos pesados e chulos. Jamais tratem seus filhos assim, por favor.

    Responder
  2. Avatar

    O vídeo parece ótimo, mas poderia ter uma versão em português. Usaria com certeza!!!

    Responder
  3. Avatar

    A criança não expressa somente pela linguagem oral mas também pela linguagem corporal e comportamental.
    Pais e mães devem estar atentos para os sinais de abuso à criança.

    Responder
  4. Avatar

    video indisponível

    Responder
    • Gabriella Reis

      O video é este aqui, Ana Paula!

      Responder
Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *