Perda, separação, morte, sexualidade, preconceito. A lista de coisas extremamente complexas e delicadas de se explicar aos pequenos está aí. Batendo à porta e pedindo um pouquinho da atenção da família… Não é tão difícil quanto parece. Quando o assunto então é abuso infantil,  entra em jogo a confiança. E neste momento, mais do que nunca, os pequenos precisam saber em quem confiar e como identificar comportamentos que não são para o seu bem.

Assuntos sérios são coisas de criança sim! Você precisa de tato para abordá-los, mas eles são fundamentais. É indispensável que, ainda em formação, a criança possa refletir e compreender coisas que dizem respeito à sua segurança. Ser claro, transparente e saber usar a linguagem dos pequenos não parece tarefa fácil, mas é lindamente possível. A prova disto é um vídeo fantástico da NSPCC (National Society for the Prevention of Cruelty to Children) em sua campanha que tem como mote o combate ao abuso sexual infantil.

A organização que atua no Reino Unido e Ilhas do Canal disponibilizou o vídeo que você confere a seguir. Da maneira mais descontraída e com um dingle de colar na cabeça e deixar a gente cantarolando o dia todo, dinossauros animados – chamados no vídeo de ‘pantosaurus’ – dançam a canção que alerta os pequenos para “não abaixarem suas calças para estranhos” de uma maneira incrivelmente leve, alegre e clara.

Quando você for tratar do assunto com seu pequeno, talvez um vídeo como este possa ajudar. Você também tem como sua forte aliada a literatura nestes momentos. Encontre a melhor forma de conversar com as crianças ou, se preferir, todas elas! Só não vale deixar o assunto de lado.

Informações de Exame e NSPCC.

Você tem alguma dica sobre como falar sobre assuntos complexos com as crianças para outros pais, mães e educadores? Compartilhe nos comentários!

Leia mais: 

Profile photo of Gabriella Reis

Publicitária, enxerga um potencial imenso na educação como ferramenta para transformar pessoas e amenizar alguns problemas do mundo. Coloca carinho em tudo que escreve e adora encontrar carinho no que lê. Colaborou com o Blog Leiturinha.