O que fazem as crianças pequenas nas aulas de música?

por | abr 8, 2019 | 0 Comentários

Por volta dos 18 meses de idade, a criança já percebe pessoas, objetos, cores, formas e estímulos ao seu redor, provavelmente também já fala algumas palavras e anda sem ajuda. É uma fase marcada pelo despertar da criança para os seus sentidos, incluindo o auditivo, e é onde entra a musicalização infantil, o despertar da criança para a música, para este rico universo sonoro, que não trabalha apenas ruídos ou sons isolados, mas a música como forma de arte, expressão, formação integral do ser humano e ferramenta sensibilizadora desse ser em desenvolvimento.

Como incentivar a musicalização infantil entre os pequenos?

Nesta idade a criança está bastante aberta a ser musicalizada, demonstrando interesse pelos instrumentos musicais, objetos sonoros e sons cotidianos. E respondendo ao estímulo de uma história contada com diferentes entonações vocais, por exemplo. A musicalização infantil pode acontecer no ambiente escolar, com professor específico de música que tenha formação na área ou com o professor de sala devidamente capacitado para isso. Também há escolas de música especializadas na musicalização de bebês e crianças pequenas, mas é também em casa que este processo ocorre. Diferentemente do que alguns podem pensar, essa criança precisa ser exposta a todo tipo de música, com prévia seleção, é claro.

Assim, músicas de massa consumidas na TV e na rádio ou as mais acessadas do YouTube precisam ser avaliadas com cuidado, para se ter certeza se são adequadas à faixa etária e se há necessidade de expor essa criança a mais desse conteúdo que inevitavelmente vai chegar até ela. Aqui me refiro a variados estilos e formações musicais, não só música para bebês. Um clássico dos Beatles, uma sonata de Mozart, uma música do Palavra Cantada, um jazz, uma música folclórica, tudo pode ser apreciado e saboreado por essa criança, que está descobrindo o mundo.

Mas, afinal, o que fazem as crianças pequenas nas aulas de música?

Na minha prática musical, trabalho com crianças a partir de um ano e meio e muitos me perguntam: o que é possível fazer musicalmente com elas? Bem, muitas coisas. Elas são capazes de ouvir uma história cantada, contada ou musicada, de manipular os instrumentos musicais da bandinha rítmica, de cantar trechos de música, de acompanhar o ritmo das músicas com o balanço do corpo e outros movimentos, de obedecer comandos sonoros, como por exemplo, parar quando a música para, como na brincadeira da estátua, e algumas crianças mais desenvolvidas até acompanham as canções com instrumentos rítmicos marcando o tempo junto!

É claro que tudo é feito de forma lúdica, a encantar a criança, sem pressões e por curtos períodos de tempo, já que nessa fase a atenção em uma atividade não dura muito (somente alguns minutos).

Então, vamos musicalizar nossas crianças? Na escola, em casa, nas aulas de música, onde for. Lembrando do cuidado na escolha das atividades, pois as crianças aprendem principalmente por imitação nessa idade. E é lindo ver o retorno que eles nos dão, nós celebramos juntos a cada descoberta. Adoramos essa faixa etária!

Leia também:

Categorias:
0 - 3 | 4 - 6 | Criança | Cultura | Escola | Idade | Mundo
Escrito por Juliana Abra
Professora de música, apaixonada pelo que faz, trabalha ativamente com educação musical e acredita na linguagem da música como ferramenta transformadora na vida das pessoas e como aspecto fundamental na formação das crianças. * Juliana é nossa autora convidada e seus textos não refletem, necessariamente, a opinião do Blog Leiturinha.
Relacionados
Confira 8 surpresinhas que a Leiturinha já enviou

Confira 8 surpresinhas que a Leiturinha já enviou

Leitura não é apenas o ato mecânico de traduzir palavras em significados: ler é uma experiência completa. Por esse motivo, a Leiturinha acredita que tudo o que colabora para aumentar o amor à literatura é válido. E, mais do que isso, também são muito efetivos,...

Confira 8 surpresinhas que a Leiturinha já enviou

Confira 8 surpresinhas que a Leiturinha já enviou

Leitura não é apenas o ato mecânico de traduzir palavras em significados: ler é uma experiência completa. Por esse motivo, a Leiturinha acredita que tudo o que colabora para aumentar o amor à literatura é válido. E, mais do que isso, também são muito efetivos,...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *