Aniversário da Leiturinha, os melhores descontos pra incentivar a leitura infantil. Vem pro Clube! Assine agora

Por que incentivar a troca de cartas entre crianças?

por | abr 8, 2022 | 0 Comentários

Receber uma carta de alguém querido é, sem dúvida, uma das experiências mais gostosas da vida! Você se lembra daquele friozinho na barriga ao abrir o envelope? Ou da ansiedade durante os longos momentos de espera por uma resposta? Tudo isso era comum há alguns anos, quando a correspondência ainda era uma das formas de comunicação mais populares. Porém, ainda que essa já não seja a realidade de muitos nós, incentivar a troca de cartas entre crianças pode ser bastante especial. 💌

Quer saber mais? Então, acompanhe o texto, descubra por que escrever cartas com os pequenos e pequenas pode ser uma atividade incrível para toda família e confira ainda uma sugestão de leitura emocionante com as crianças!

Leia mais:
👉 O que são jogos literários?
👉 14 brincadeiras para fazer dentro de casa
👉 Conheça a história do Tangram e imprima o seu!

Por que incentivar a troca de cartas entre crianças?

A carta é um tipo de texto cujo objetivo é transmitir uma mensagem, encaminhar uma instrução ou permitir uma conversa entre duas pessoas, por exemplo. É, portanto, um gênero textual de correspondência. Além disso, as cartas são também um dos instrumentos de comunicação mais antigos e poderosos!

Escrever uma carta, sobretudo manuscrita, requer atenção, tempo e bastante cuidado. Afinal, através das palavras, é possível transmitir diversos sentimentos, como felicidade, tristeza, carinho, medo, amor e muito mais. Linha a linha, letra por letra!

Ainda, essa é uma atividade que exige paciência: é preciso escrever o texto, preencher o envelope, fechá-lo cuidadosamente, colar o selo, enviar a carta e, somente então, o destinatário irá receber a sua mensagem! Depois, é preciso aguardar ainda mais algum tempo, para que a resposta chegue até você. Ufa! 😅

Dessa forma, a troca de cartas tem muito a ensinar para os nossos pequenos e pequenas! Por meio delas, as crianças podem enviar desenhos, mensagens de amizade, contar uma notícia, compartilhar uma receita e expressar toda sua saudade de algum amigo ou familiar que mora longe, por exemplo. Incrível, não é mesmo?

Já enquanto recurso pedagógico, as cartas estimulam a leitura e a escrita, incentivam a compreensão textual e também trabalham habilidades socioemocionais, como a imaginação, a criatividade, a empatia e a expressão de opiniões, sentimentos e emoções.

Vamos escrever uma carta?

Agora que você já sabe por quais razões devemos incentivar a troca de cartas entre crianças, é hora de colocar a mão na massa! ✍️ Que tal propor essa atividade lúdica e divertida para os pequenos e pequenas?

É muito simples! Para escrever uma carta com as crianças, siga o passo a passo abaixo:

1. Separe papel e caneta

Quem não se lembra dos lindos papéis de carta, que costumavam fazer a alegria da criançada? Para muitas pessoas, escrever uma carta é uma tarefa ainda mais gostosa quando o papel é bonito e bem decorado. Mas isso não é um requisito! Caso você não tenha um papel de carta em casa, separe apenas uma folha sulfite ou mesmo uma folha de caderno.

Além disso, para tornar o processo de escrita mais interessante e envolvente para os pequenos e pequenas, vocês poderão utilizar canetas coloridas, lápis de cor, giz e muito mais. 🌈 O importante é soltar a criatividade e deixar as crianças se expressarem!

2. Escolha o destinatário

Mas, afinal, para quem as crianças devem escrever uma carta? A resposta não poderia ser mais simples: é possível escrever uma carta para qualquer pessoa! Que tal o avô ou a avó? Um tio? Uma tia? Um amigo ou amiga da escola? Ou, então, o papai ou a mamãe?

Isso mesmo: também podemos escrever cartinhas para nossos pais, mães, responsáveis e até nossos irmãos! Ainda que moremos todos em um mesmo lar. Afinal, por meio das cartas, podemos estreitar nossas relações familiares. ❤️

3. Defina o assunto da carta

Na verdade, nós podemos falar sobre tudo em uma carta. Qualquer coisa mesmo! Podemos fazer desde as confidências mais bonitas e mais íntimas, até mesmo grandes declarações de amizade, de amor e de saudade, por exemplo.

Também podemos falar sobre o nosso dia a dia ou conversar sobre fatos especiais, como uma viagem ou um passeio divertido. Ainda, as crianças poderão escrever sobre o que estão aprendendo na escola, um filme incrível que assistiram ou um livro especial que leram. Não há limites para criatividade, ok? 😉

4. Prepare o envelope

Aqui, as crianças irão precisar da ajuda dos adultos: caso vocês escolham enviar a cartinha pelo correio, é necessário ter o endereço do destinatário e do remetente em mãos! Nesse sentido, ajude os pequenos e pequenas a conseguir essas informações e explique como preencher o envelope. Essa é, inclusive, uma boa oportunidade para explicar o que é um selo, o que significa CEP ou mesmo a diferença entre uma rua, uma avenida, um bairro e muito mais!

No entanto, caso o destinatário more perto de vocês, lembre-se de que também é possível entregar a carta em mãos! 🙌 Neste caso, apenas escreva o nome de cada uma das pessoas envolvidas na conversa. Além disso, personalizar o envelope com adesivos e pequenos desenhos também é uma ótima opção para preencher esse espaço!

A Carta Perdida

A Carta Perdida

Pensando em tudo isso, A Carta Perdida, um livro Original Leiturinha, fala justamente sobre a arte de escrever cartas! Escrita por Laura Erber e Daniel Kondo, essa história conta a aventura de um carteiro sonhador que adorava entregar as cartas, sempre com muita alegria. Porém, um dia, uma carta se perde! Será que ela vai reencontrar o seu caminho?

Desde as primeiras linhas, este livro emocionante nos convida a viajar pelo passado, por um tempo em que pessoas ainda gostavam de escrever (e receber) cartas. 📚 Além disso, a história de A Carta Perdida introduz temas importantes para falarmos com as crianças, tais como noções iniciais de geografia, o cuidado, a responsabilidade, a empatia e até a resolução de problemas.

A Carta Perdida: Detalhe do Livro

Em setembro de 2021, o livro A Carta Perdida foi enviado pelo Clube Leiturinha para nossas crianças de 3 a 5 anos, motivando desde cedo conversas sobre como as cartas são enviadas, os grandes trajetos que as cartas percorrem e também sobre os carteiros, profissionais responsáveis por distribuir correspondências e encomendas. Não é preciso dizer que esse envio foi um verdadeiro sucesso entre os nossos pequenos leitores, não é mesmo? 💛

Por isso, se você também se interessou por esse Original Leiturinha, saiba que a A Carta Perdida ainda está disponível na Loja Leiturinha. Então, não perca tempo: basta acessar o site e levar esse livro maravilhoso para a sua casa!

👉 Clique aqui para comprar o livro “A Carta Perdida” na Loja Leiturinha!

Você gostou das dicas da Leiturinha para a troca de cartas entre crianças? Quer continuar lendo e vivendo as melhores histórias com seus pequenos e pequenas? Então, não deixe de conhecer o Clube Leiturinha: o maior clube de livros infantis da América Latina! Acesse o site, escolha o plano ideal para sua família e receba todo mês o livro ideal para sua criança, na sua casa! 📚❤️

Categorias:
Leitura
Escrito por Blog Leiturinha
A equipe do Blog Leiturinha é formada por especialistas em educação, literatura infantil, parentalidade e desenvolvimento infantil.
E-book exclusivo Leiturinha
Relacionados
4 coleções de livros sobre meio ambiente para crianças

4 coleções de livros sobre meio ambiente para crianças

A preservação do meio ambiente é uma pauta importantíssima, que deve sempre ser levada em consideração em qualquer âmbito, seja ele familiar, social, individual, coletivo ou institucional. Há muitos anos, inclusive, esse assunto tem sido uma das principais...

O que é mediação de leitura?

O que é mediação de leitura?

Quais memórias você tem das histórias que ouvia na infância? Com certeza, havia ali uma outra pessoa te apresentando essa história, não é mesmo? Um pai, uma mãe, um avô ou uma avó, nossos irmãos ou até uma professora. Mesmo para crianças que já sabem ler sozinhas,...

Era uma vez uma família feliz: leia contos infantis para seu filho!

Era uma vez uma família feliz: leia contos infantis para seu filho!

Você já deve ter ouvido a expressão: o melhor presente é estar presente! Apesar de muitas vezes repetida, sobretudo em datas comemorativas, essa frase carrega um lembrete para pais, mães e pessoas responsáveis. Afinal, sua presença e participação ativa na criação dos...

4 coleções de livros sobre meio ambiente para crianças

4 coleções de livros sobre meio ambiente para crianças

A preservação do meio ambiente é uma pauta importantíssima, que deve sempre ser levada em consideração em qualquer âmbito, seja ele familiar, social, individual, coletivo ou institucional. Há muitos anos, inclusive, esse assunto tem sido uma das principais...

O que é mediação de leitura?

O que é mediação de leitura?

Quais memórias você tem das histórias que ouvia na infância? Com certeza, havia ali uma outra pessoa te apresentando essa história, não é mesmo? Um pai, uma mãe, um avô ou uma avó, nossos irmãos ou até uma professora. Mesmo para crianças que já sabem ler sozinhas,...

Era uma vez uma família feliz: leia contos infantis para seu filho!

Era uma vez uma família feliz: leia contos infantis para seu filho!

Você já deve ter ouvido a expressão: o melhor presente é estar presente! Apesar de muitas vezes repetida, sobretudo em datas comemorativas, essa frase carrega um lembrete para pais, mães e pessoas responsáveis. Afinal, sua presença e participação ativa na criação dos...

Como os livros infantis ajudam a criar crianças corajosas?

Como os livros infantis ajudam a criar crianças corajosas?

Por vezes, as crianças sentem medo: medo do escuro, de dormir sozinha, de trovões, de pessoas estranhas ou fantasiadas e de mudanças, por exemplo. Além disso, muitas crianças sentem medo de monstros, já que são criaturas assustadoras e ameaçadoras para muitas delas....

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

E-book gratuito! Vamos falar de conscientização ambiental com as crianças?

Descubra a importância do tema e o papel da literatura nessa jornada!

Boa leitura!