Por que o tédio é importante para as crianças?

por | dez 27, 2020 | 0 Comentários

Muitas vezes, os pais e responsáveis se preocupam em oferecer atividades extracurriculares para as crianças. É o caso das aulas de idiomas, oficinas culturais e da prática de esportes. No entanto, apesar da grande importância desses momentos para o desenvolvimento infantil, será que precisamos preencher todo o tempo livre dos pequenos e pequenas? Descubra a seguir por que o tédio também é importante para as crianças!

Precisamos aprender a lidar com o tédio

Atividades escolares, tarefas de casa, aulas de inglês, futebol, judô, ballet, teatro e muitas brincadeiras. Por vezes, a rotina das crianças também é cheia de compromissos! Mesmo assim, de repente, elas reclamam: “Manhêê, não tem mais nada pra fazer!”. Você já ouviu essa frase?

Sabemos que o grande fluxo de informações e o elevado número de atividades diárias fazem parte da vida moderna. Além disso, há cada vez mais uma pressão para que sejamos produtivos o tempo todo. No entanto, é preciso um equilíbrio.

De fato, as atividades extracurriculares, como as citadas acima, são importantes para a preparação dos filhos para a vida adulta. No entanto, ter um tempo para não fazer nada também é muito importante para o desenvolvimento das crianças. E é essencial que elas aprendam a lidar com a sensação do tédio.

O excesso de estímulos visuais, sonoros e táteis, por exemplo, fazem com que as crianças se acostumem a vivenciar tudo de maneira muito rápida. Então, é de se esperar que qualquer atividade menos dinâmica irá entediá-las. Porém, a ânsia dos pais e responsáveis para manter as crianças constantemente entretidas pode ter consequências para as futuras gerações.

Por que o tédio é importante para as crianças

Quando descansamos, ou estamos sem nada para fazer, nosso cérebro constrói conexões. É nesses momentos que o nosso corpo elabora os estímulos que recebemos ao longo do dia: tudo o que ouvimos, vimos e sentimos. Por isso, sobretudo para as crianças menores, que absorvem muitos conhecimentos novos, é preciso ter um tempo para acomodar todas essas informações.

Ainda, o tédio é muito importante para estimular a criatividade. Isso porque é a partir desses intervalos na rotina que as crianças têm a oportunidade de criar brincadeiras não estruturadas, construir seus próprios brinquedos e imaginar livremente novas possibilidades. Ou seja, o tédio é fundamental para o desenvolvimento cognitivo saudável das crianças.

Por fim, os momentos de pausa também oferecem aos pequenos e pequenas a oportunidade de explorar os seus mundos, tanto seu universo interno quanto o ambiente externo, como a casa, o quintal, o parque. Dessa forma, elas têm um tempo para observar a natureza e as pessoas ao seu redor, descobrir seus próprios interesses, praticar suas habilidades e muito mais. Afinal, é assim que as crianças aprendem a interagir com os outros e com o mundo.

Por meio do tédio, as crianças aprendem a imaginar, inventar e, acima de tudo, criar. Por isso, a importância de não preencher todo o tempo livre das crianças. Precisamos permitir que as crianças entrem em contato com o seu eu. E lidar com o tédio oferece essa tão valiosa oportunidade!

Quer viver as melhores histórias com os pequenos e pequenas? Faça parte do maior clube de livros infantis do Brasil! O livro ideal para sua criança, todo mês na sua casa. Conheça o Clube Leiturinha!

Leia mais:

Categorias:
10+ | 4 - 6 | 7 - 10 | Criança
Escrito por Elen Montanari
Mestre em Saúde, Psicóloga e Pedagoga. Atua como psicóloga clínica e orientação parental. Apaixonada pela infância, pelo universo infantil, pela ludicidade, pela leitura e pelo brincar, pois acredita que a infância é a fase mais rica no desenvolvimento do ser humano, formará o futuro adulto. *Elen é nossa autora convidada e seus textos não refletem, necessariamente, a opinião do Blog Leiturinha.
Relacionados
Como explicar a depressão para crianças?

Como explicar a depressão para crianças?

Infelizmente, a depressão infantil tem se tornado cada vez mais frequente. Apesar do difícil diagnóstico em muitos dos casos, é importante que os pais e responsáveis estejam atentos ao comportamento das crianças e adolescentes. Afinal, quanto mais cedo for feita a...

A Casa dos Pequenos Cientistas: um livro para fazer ciência

A Casa dos Pequenos Cientistas: um livro para fazer ciência

Que tal conhecer um livro que convida as crianças a fazerem suas próprias experiências científicas? É exatamente o que propõe o livro A Casa dos Pequenos Cientistas! Neste livro, que integra ciência e infância, os pequenos e pequenas serão desafiados a fazer ciência....

Como explicar a depressão para crianças?

Como explicar a depressão para crianças?

Infelizmente, a depressão infantil tem se tornado cada vez mais frequente. Apesar do difícil diagnóstico em muitos dos casos, é importante que os pais e responsáveis estejam atentos ao comportamento das crianças e adolescentes. Afinal, quanto mais cedo for feita a...

A Casa dos Pequenos Cientistas: um livro para fazer ciência

A Casa dos Pequenos Cientistas: um livro para fazer ciência

Que tal conhecer um livro que convida as crianças a fazerem suas próprias experiências científicas? É exatamente o que propõe o livro A Casa dos Pequenos Cientistas! Neste livro, que integra ciência e infância, os pequenos e pequenas serão desafiados a fazer ciência....

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *