7 benefícios do sling para bebês, mamães e papais

por | mar 13, 2018 | 3 Comentários

Se há algum tempo você saísse na rua e encontrasse uma mãe ou um pai carregando seu bebê em um pedaço de pano, pode ser que você se espantasse. No entanto, nos dias de hoje, com a crescente popularização dos slings ou carregadores de bebês, essa cena tem se tornado cada vez mais comum, principalmente entre os adeptos da criação com apego. Mas, afinal, quais os benefícios de levar os bebês em carregadores? Quais cuidados tomar? Como amarrar? Com qual idade o pequeno já pode ficar no sling?

Descubra os benefícios do sling para pais e filhos

Liberados desde o primeiro mês de vida dos pequenos, e até que os pais e a criança se sintam confortáveis para usar, os slings aliam acolhimento e liberdade, trazendo diversos benefícios para os bebês e para os pais também. Tais como:

1. Estreitar o vínculo entre mãe/pai e bebê.

2. Permitir que o bebê fique na posição vertical após as mamadas.

3. Proporcionar maior liberdade para pais e mães que podem ficar com as mãos livres, enquanto dão colo para o pequeno.

4. Fazer com que o peso do bebê seja distribuído corretamente pelo corpo do carregador, o que evita coluna torta e braço dolorido.

5. Evitar a preocupação de empurrar o carrinho por ruas esburacadas.

6. Com a proximidade, é possível perceber e solucionar qualquer problema que o pequeno possa ter.

7. O calor do corpo e a posição que o bebê fica, aliviam cólicas e refluxos.

Como escolher o tipo de sling e a amarração ideal para meu pequeno?

Segundo especialistas, os carregadores mais recomendados são os de tecido (também conhecidos como wrap slings), de preferência de algodão, pois evitam a transpiração e o calor excessivo. Esse modelo permite posturas fisiológicas e mantêm o bebê confortável em várias posições. Até os três meses, como os pequenos ainda não sustentam a cabeça, o sling de tecido é ideal por oferecer maior proteção e apoio. Após essa faixa etária, os pais também podem optar por outros modelos, como o canguru, por exemplo, que funciona como se fosse uma mochila, usado tanto nas costas, quanto na frente. No momento da escolha, é fundamental buscar produtos de confiança, buscando referências de pessoas que já os utilizaram.

Como amarrar o sling?

Outra dúvida muito frequente que deixa pais e mães inseguros quanto ao uso dos slings é como amarrá-los. Pensando nisso, buscamos alguns vídeos na internet que podem ajudar se você ainda é um(a) iniciante no quesito sling! Confira:

Amarração Abraço – Wrap Sling

Como usar o Wrap Sling para Recém Nascidos

Amarração Canguru Costas

E você? Utiliza sling com seu pequeno? Compartilhe com a gente sua experiência!

Leia mais:

Categorias:
0 - 3 | Bebê | Cuidados | Idade
Escrito por Ana Clara Oliveira
Jornalista e editora do Blog da Leiturinha, é fascinada por tudo que envolve o mundo da leitura, da educação e da infância. Acredita que as palavras aproximam pessoas, libertam a imaginação e modificam realidades. Gosta de escrever, viajar e aprender sempre.
Relacionados
Como explicar a depressão para crianças?

Como explicar a depressão para crianças?

Infelizmente, a depressão infantil tem se tornado cada vez mais frequente. Apesar do difícil diagnóstico em muitos dos casos, é importante que os pais e responsáveis estejam atentos ao comportamento das crianças e adolescentes. Afinal, quanto mais cedo for feita a...

A Casa dos Pequenos Cientistas: um livro para fazer ciência

A Casa dos Pequenos Cientistas: um livro para fazer ciência

Que tal conhecer um livro que convida as crianças a fazerem suas próprias experiências científicas? É exatamente o que propõe o livro A Casa dos Pequenos Cientistas! Neste livro, que integra ciência e infância, os pequenos e pequenas serão desafiados a fazer ciência....

Como explicar a depressão para crianças?

Como explicar a depressão para crianças?

Infelizmente, a depressão infantil tem se tornado cada vez mais frequente. Apesar do difícil diagnóstico em muitos dos casos, é importante que os pais e responsáveis estejam atentos ao comportamento das crianças e adolescentes. Afinal, quanto mais cedo for feita a...

A Casa dos Pequenos Cientistas: um livro para fazer ciência

A Casa dos Pequenos Cientistas: um livro para fazer ciência

Que tal conhecer um livro que convida as crianças a fazerem suas próprias experiências científicas? É exatamente o que propõe o livro A Casa dos Pequenos Cientistas! Neste livro, que integra ciência e infância, os pequenos e pequenas serão desafiados a fazer ciência....

3 Comentários

  1. Avatar

    Eu uso sling de argola com minha filha e realmente é muito útil. Onde eu moro ainda não é tão comum, mas eu recomendo. Minha filha e eu transpiramos muito e por isso optei pelo sling de argola, porque não é necessário enrolar em volta do corpo… Ele funciona como se fosse um rede, eu consigo trocar ela de posição, o que facilita muito, quando ela quer dormir, coloco ela deitada, quando está acordada, ela fica sentada na posição de canguru. Além disso, para as mães que gostam de cobrir a criança e o peito na hora de amamentar, sobra uma boa extensão do pano para se cobrir enquanto o bebe mama.
    Amo sling de argola.

    Responder
  2. Avatar

    olá eu uso o wrap sling, é uma mão na roda aqui, pois meu bebê não curtia carrinho, já quero um mei tai,porque meu bebê já tem um ano e 5 meses. Amo carregar ergonomicamente. Gostei muito do artigo, no entanto acredito que deveria explicar só um pouquinho o tipo de canguru a ser usado a partir dos três meses, porque nem todo canguru é ergonômico, os que são, tem painel largo permitindo a formação em “M” das perninhas da criança, coluna em “C” e alças largas para não doer as costas e braços do carregador, são recomendados apenas modelos evolutivos aos três meses, após os seis outros modelos.

    Responder
  3. Avatar

    Uso sling e sou adepta do modelo wrap desde os 20 dia da minha filha, ela vai fazer 2a e 2m e continuo usando. Amamos esse contato. Sling é liberdade para a mãe mas sem abrir mão do cuidado. Podemos fazer quase tudo e ainda ficar cheirando e beijando nossos bebês.

    Responder
Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *