Prêmio Reclame Aqui

Uma história para Ana: Original Leiturinha sobre Ana Maria Machado

por | set 30, 2021 | 0 Comentários

🤔O que é, o que é: Escritora, professora, jornalista e pintora, com mais de uma centena de livros publicados. Membro da Academia Brasileira de Letras, já recebeu o Prêmio Hans Christian Andersen, o mais importante prêmio de literatura infantil. De quem estamos falando? Se você pensou em Ana Maria Machado, acertou! Em 2021, celebramos os 80 anos desta que é uma das maiores autoras da literatura infantil do Brasil.

O Original Leiturinha Uma história para Ana é literalmente uma homenagem do autor Leo Cunha para Ana Maria Machado e já pode ser adquirido na Loja Leiturinha

Clique na imagem para ver o livro na Loja Leiturinha👆

Leo Cunha já publicou mais de 60 livros para crianças e jovens. Algumas de suas obras receberam prêmios como o Nestlé, o da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, o Jabuti, o da Biblioteca Nacional e o da Cátedra Unesco de Leitura PUC-Rio. A ilustradora Cris Eich já ilustrou mais de 80 livros, incluindo alguns da própria Ana Maria Machado.

Convidamos o autor e a ilustradora para nos contar, em uma entrevista em primeira mão, sobre o processo de criação de Uma história para Ana, que foi enviado para nossos Leitores Iniciantes e Leitores em Processo do Clube Leiturinha — mas que agora já está disponível para compra avulsa na Loja Leiturinha.

👉 Leia mais: Conheça mais sobre as produções do selo Originais Leiturinha

🎤Entrevista com o autor Leo Cunha

Blog Leiturinha: Como surgiu a ideia de escrever um livro em homenagem a Ana Maria Machado?

Leo Cunha: Eu queria escrever uma história sobre a relação pai-filha, por meio das histórias contadas na hora de dormir. Fui um pai bem parecido com esse do livro: sempre contei histórias pros meus filhos, na hora de dormir. No livro, o pai começa relutante, mas a cada dia vai se empolgando e se envolvendo com o universo das histórias. Eu poderia ter escolhido histórias de autores variados, mas optei por fazer o pai contando sempre histórias que a Ana Maria criou ou recriou.
A Ana foi uma das autoras que eu mais li, durante a infância e início da adolescência, primeiramente na revista Recreio, depois nos livros. E tive a felicidade de conhecê-la pessoalmente também, pois minha mãe tinha uma livraria especializada em livros infantis e convidou a Ana para um evento lá.

Blog Leiturinha: Ao final do livro “Uma história para Ana”, você explica que a obra é sua homenagem à autora, que tem todo tipo de história. No decorrer do livro, temos algumas histórias de Ana Maria. Poderia falar um pouco sobre o porquê da escolha dessas histórias, especificamente?

Leo Cunha: Meu livro é um conto cumulativo – ou seja, aquele tipo de conto que, a cada página, alguma coisa vai aumentando. No caso, a cada noite aumenta o número de histórias que a menina pede pro pai contar. Então escolhi da Ana Maria justamente os livros que trazem contos cumulativos ou que têm variações sobre o mesmo tema: O domador de monstros; O príncipe que bocejava; Menina bonita do laço de fita; João Bobo; Camilão, o comilão, entre outros.

Blog Leiturinha: Você já escreveu algum outro livro que homenageie outros autores? 

Leo Cunha: Já sim. Escrevi Joselito e seu esporte favorito, em homenagem à Sylvia Orthof, uma das minhas autoras favoritas. Também Os dois porquinhos e meio, em homenagem ao Elias José e à Edy Lima. E fiz um conto juvenil, em homenagem ao Jorge Luis Borges, no livro Os labirintos de Borges.

Blog Leiturinha: Sabemos que a obra de Ana Maria Machado traz à luz elementos importantes que permeiam nossa realidade, como fatos sociais, políticos e culturais. No seu ponto de vista, qual é a importância da literatura para a sociedade? 

Leo Cunha: Acredito que a importância é imensa. Ela amplia nossa visão de mundo, nossa intimidade com a língua e os discursos e, além do mais, nos ajuda a ver o mundo sob o ponto de vista dos outros: os narradores, os personagens e os autores. É um exercício de alteridade e de empatia.

🎤Entrevista com a ilustradora Cris Eich

Blog Leiturinha: Como surgiu seu interesse por ilustração?

Cris Eich: Sempre havia muitos livros em minha casa quando eu era criança, meus pais eram professores, então os livros estavam sempre por perto, mas pouquíssimos eram livros ilustrados… Dizem que o livro ilustrado é o primeiro contato que a criança tem com a arte – este é exatamente meu caso, a paixão pela arte, pelo desenho e pela literatura nasceu junto deste contato e segue até hoje!

Blog Leiturinha: Poderia nos contar como é o processo de criação de ilustrações para um livro?

Cris Eich: Tenho o hábito de desenhar enquanto leio, todos os meus livros têm rabiscos, pequenos desenhos pelos cantos das páginas onde li um trecho, uma frase que me agradou, são todos rabiscados (risos). Quando recebo um texto para ilustrar, o processo é o mesmo: começo pela leitura, claro, porque gosto de ter a sensação do leitor ao encontrar um novo texto. Na segunda leitura, já começo a desenhar personagens primeiro, logo a seguir cenários, objetos, qualquer ideia que me venha à mente para construir a história e estabelecer o diálogo entre o texto verbal e as imagens. A terceira etapa é pensar nas páginas, imaginar qual a melhor forma da narrativa ser contada ao longo do livro, folhear, escolher o ritmo de leitura. A quarta etapa é a arte final.

Clique na imagem para ver o livro na Loja Leiturinha👆

Blog Leiturinha: Que técnica(s) você mais utiliza e qual foi aplicada em Uma história para Ana?   

Cris Eich: A aquarela é minha técnica mais querida. Ela está nos livros da minha infância, então tem um forte apelo afetivo. Ao mesmo tempo é uma técnica dificílima para ser trabalhada em suas transparências e gestos de pincel (lembre que o erro não pode ser apagado na aquarela; ele fica lá, ao contrário de outras técnicas em que você passa outra camada de tinta por cima e cobre o que não gostou). A aquarela é também a primeira experiência que as crianças têm com a pintura, junto com guache, giz e lápis de cor. Acho que possa ser um atrativo a mais para os pequenos leitores.                 

Blog Leiturinha: A autora Ana Maria Machado marcou gerações de leitores. Qual a sua relação com a obra da autora?

Cris Eich: Li as primeiras histórias da Ana Maria Machado na versão mais antiga da Revista Recreio! Lia as histórias e recortava as ilustrações pra minha mãe colar nos cadernos de seus alunos: os cadernos ficavam lindinhos, mas não sobrou nenhuma revista pra minha coleção (risos). Tempos depois, li os livros de Ana Maria Machado para minhas filhas. O favorito delas era Bisa Bia Bisa Bel (pena este livro não ter entrado na história do Leo Cunha…).

Compre agora na Loja Leiturinha!

Interessante o quanto Ana Maria Machado marcou gerações com sua literatura, não é mesmo? 🥰📚 O Original Leiturinha Uma história para Ana já pode ser adquirido na Loja Leiturinha hoje mesmo! Um item especial que certamente enriquecerá muito a biblioteca do seu pequeno ou da sua pequena. 

👉 Clique aqui para adquirir o livro-homenagem para Ana Maria Machado!

Quer receber em casa obras especiais como essas com todo o conforto e segurança? Então, basta entrar para a nossa grande família de leitores! 📚💕 Torne-se membro do Clube Leiturinha e receba os livros mais adequados para seu pequeno ou sua pequena aqui. Dica: os membros do Clube recebem livros Originais Leiturinha antes de irem para a Loja! 🤩

Leia mais:

Escrito por Lindsay Viola
Linguista de formação, curadora por missão e criança na alma. Acredita que o poder das palavras e da educação pode mudar o mundo.
Livros selecionados por faixa etária, todo mês na sua casa. Saiba Mais.
Relacionados
Qual é a importância da leitura na educação infantil?

Qual é a importância da leitura na educação infantil?

De modo geral, os livros têm a capacidade de formar cidadãos ativos na organização de uma sociedade mais consciente e crítica. Mas qual é a importância da leitura na educação infantil, especificamente? Neste texto, você irá descobrir por que desenvolver o hábito da...

Meu filho dorme mal: 5 dicas para noites mais tranquilas

Meu filho dorme mal: 5 dicas para noites mais tranquilas

Meu filho dorme mal, o que fazer? 😴 Se essa pergunta não sai da sua cabeça, é bom prestar atenção nas informações que temos para você! O sono é importante para que o desenvolvimento mental e físico das crianças ocorra de forma saudável. Como essa fase de crescimento é...

Qual é a importância da leitura na educação infantil?

Qual é a importância da leitura na educação infantil?

De modo geral, os livros têm a capacidade de formar cidadãos ativos na organização de uma sociedade mais consciente e crítica. Mas qual é a importância da leitura na educação infantil, especificamente? Neste texto, você irá descobrir por que desenvolver o hábito da...

Meu filho dorme mal: 5 dicas para noites mais tranquilas

Meu filho dorme mal: 5 dicas para noites mais tranquilas

Meu filho dorme mal, o que fazer? 😴 Se essa pergunta não sai da sua cabeça, é bom prestar atenção nas informações que temos para você! O sono é importante para que o desenvolvimento mental e físico das crianças ocorra de forma saudável. Como essa fase de crescimento é...

Clube de livros infantis: Vale a pena fazer parte de um?

Clube de livros infantis: Vale a pena fazer parte de um?

Um grande consenso entre os adultos é que a infância passa rápido. 💨 Quem nunca parou para pensar nos seus dias de criança e desejou reviver alguns desses momentos? São muitas as experiências que começam nessa fase da vida e que continuamos a carregar conosco para...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *