No inverno, a combinação de temperaturas mais baixas com o clima seco contribui para que doenças respiratórias sejam mais comuns nessa época do ano, afetando principalmente os recém-nascidos. Diferentemente de quando o bebê estava ainda na barriga da mãe, quentinho e envolto pelo líquido amniótico, ao nascer o pequeno sofre muito com as alterações de temperatura e com o nariz constantemente obstruído, principalmente nos seis primeiros meses de vida. Portanto, durante os dias mais frios é muito importante estar atento(a) para que o pequenino se mantenha bem quentinho e protegido! Confira 6 dicas de como aquecer o bebê no inverno:

1. Vista o bebê em camadas

Durante os dias mais frios, uma opção boa e prática é vestir o bebê em camadas. Você pode, por exemplo, colocar um body por baixo da roupinha do bebê. Prefira sempre algodão, pois a lã pode dar alergia ou ressecar a pele da criança, e náilon não é uma boa opção para temperaturas mais baixas. Mas lembre de ficar atenta(o) aos excessos! Se o pequeno começar a transpirar ou se mostrar irritado sem motivo, por exemplo, pode ser que esteja com calor. Nesses casos, retire uma camada de roupa.

O bebê chegou! 11 dicas para se preparar para a chegada do bebê

2. Banhos rápidos e quentinhos

Nessa época do ano, o melhor horário para dar banho no bebê é entre às 15h e 16h, com a água em torno de 37º. Outra dica é deixar o chuveiro ligado antes de começar o banho. Assim o ambiente fica vaporizado trazendo uma sensação mais agradável para o pequeno. Também procure não estender muito o tempo do banho.

3. Atenção na hora de sair de casa

Deixe os passeios para os horários com temperaturas mais quentes, como por exemplo entre às 10h e 17h. Outro ponto importante é evitar sair com o bebê após o banho. Além disso, quando forem sair de casa, opte por meias quentes, luvas e gorros para deixar as extremidades bem quentinhas e protegidas.

4. Aquecedor com moderação

Nessa época do ano, muitas famílias recorrem aos aquecedores para manter os ambientes mais quentinhos. Essa é uma boa opção, mas é preciso tomar cuidado, pois esses aparelhos diminuem a qualidade do ar, deixando-o seco. Uma dica é umedecer o ambiente com uma toalha molhada ou uma bacia com água, ou ainda escolher um aquecedor com umidificador, que mantenha a umidade do ar. Mas vale ressaltar que o ar úmido demais também pode trazer problemas, como o aparecimento de fungos. E lembre-se de que, mesmo com baixas temperaturas, você deve abrir a casa todos os dias para ventilar os ambientes e manter os cômodos limpos.

5. Na hora de dormir

Na hora de dormir, vista o pequeno em camadas e coloque um pijama bem quentinho. Evite cobertores, mantas e edredons, pois podem gerar sufocação. Se estiver muito frio, recorra aos sacos de dormir.

6. Cuidado com as visitas

A visita de parentes e amigos é comum logo nos primeiros dias do recém-nascido. No entanto, é muito importante tomar alguns cuidados, como evitar o contato com pessoas gripadas, com tosse e coriza, que deixam o vírus no ar e podem contaminar o bebê. Além disso, é fundamental, que todos lavem as mãos.

Confira: 10 regras essenciais para visitar um recém-nascido!

Profile photo of Ana Clara Oliveira

Jornalista e editora do Blog da Leiturinha, é fascinada por tudo que envolve o mundo da leitura, da educação e da infância. Acredita que as palavras aproximam pessoas, libertam a imaginação e modificam realidades. Gosta de escrever, viajar e aprender sempre.