Prêmio Reclame Aqui

7 dicas para tornar a transição da banheira para o chuveiro mais fácil e divertida

por | abr 27, 2018 | 0 Comentários

Assim como a hora de dormir, a hora do banho é um momento muito particular para cada família. Junto, separado, na banheira ou no chuveiro. Seja por praticidade, preferência ou, até mesmo, limitação de espaço, cada família determina seus hábitos da maneira como melhor convém. No entanto, na maioria dos casos, chega um momento em que é preciso fazer a passagem da banheira para o chuveiro. Assim como em outros momentos de transição na vida dos pequenos – como o desfralde e a introdução alimentar, por exemplo – essa é uma etapa que traz mudanças que envolvem pais e filhos. Para algumas crianças esse processo pode mais fácil, enquanto para outras, essa transição pode ser mais difícil. Para ajudar pais e mães a tornarem a hora do banho mais tranquila e gostosa, nós preparamos algumas dicas. Confira:

1. Forre o chão do box com algum material antiderrapante. Assim seu pequeno se sentirá mais seguro quando pisar no chão molhado, sem medo de escorregar.

2. Evite que saia muita água do chuveiro ou que ela caia direto sobre a cabecinha da criança para não assustá-la. Se o pequeno for mais novinho, uma boa opção também é dar banho de chuveirinho em vez de usar o chuveiro.

3. Tomem banho juntos! Pode ser sempre ou quando tiverem vontade. Essa é uma forma deliciosa e divertida de tomar banho e, de quebra, fortalecer o vínculo entre vocês.

4. Deixe que seu pequeno leve brinquedos e livros de banho para o box do banheiro. Assim, o banho será pura diversão!

5. Use banquinhos, um para a criança e outro para quem está dando o banho (essa é uma boa alternativa para o caso da criança se negar sentar no tapete antiderrapante ou ficar de pé).

6. Faça brincadeiras durante o banho! Vocês vão descobrir que até a hora de lavar o pé pode ser um verdadeira diversão. Cante músicas e faça brincadeiras para tornar o momento mais gostoso para você e seu pequeno!

7. Faça festa com a criança quando o banho acabar. Se ela ficou com medo, diga que ela foi corajosa e deixou você orgulhosa(o). Se ela curtiu, fale que amanhã terá mais brincadeiras para deixá-la empolgada com a experiência. E, claro, encha seu pequeno de beijos, abraços e carinho para ele curtir cada vez mais esse momento!

E aí na sua casa? Como é a hora do banho? Você também tem dicas para quem está passando por esse momento de transição? Conte para a gente!

Leia também:

Escrito por Ana Clara Oliveira
Jornalista e editora do Blog da Leiturinha, é fascinada por tudo que envolve o mundo da leitura, da educação e da infância. Acredita que as palavras aproximam pessoas, libertam a imaginação e modificam realidades. Gosta de escrever, viajar e aprender sempre.
Livros selecionados por faixa etária, todo mês na sua casa. Saiba Mais.
Relacionados
Banhinho é Bom: o Castelo Rá-Tim-Bum como você nunca viu

Banhinho é Bom: o Castelo Rá-Tim-Bum como você nunca viu

Já parou para pensar que tomar banho é uma das atividades que mais repetimos ao longo da vida? Imagina só quantos minutos você já passou debaixo de um chuveiro. Essa atividade é tão relevante para o ser humano e para a vida em sociedade que não é de surpreender que o...

Maternidade Real: A visão de mulheres reais sobre ser mãe

Maternidade Real: A visão de mulheres reais sobre ser mãe

“Viver a maternidade real é me doar a todo momento. É pensar e estar com ele no meu pensamento 24 horas por dia. É me preocupar, é sentir esse medo, acho que até mesmo um medo de perder. É querer aproveitar cada momento como se fosse único e pedir que o tempo pare."...

Banhinho é Bom: o Castelo Rá-Tim-Bum como você nunca viu

Banhinho é Bom: o Castelo Rá-Tim-Bum como você nunca viu

Já parou para pensar que tomar banho é uma das atividades que mais repetimos ao longo da vida? Imagina só quantos minutos você já passou debaixo de um chuveiro. Essa atividade é tão relevante para o ser humano e para a vida em sociedade que não é de surpreender que o...

Maternidade Real: A visão de mulheres reais sobre ser mãe

Maternidade Real: A visão de mulheres reais sobre ser mãe

“Viver a maternidade real é me doar a todo momento. É pensar e estar com ele no meu pensamento 24 horas por dia. É me preocupar, é sentir esse medo, acho que até mesmo um medo de perder. É querer aproveitar cada momento como se fosse único e pedir que o tempo pare."...

Qual é a importância da leitura na educação infantil?

Qual é a importância da leitura na educação infantil?

De modo geral, os livros têm a capacidade de formar cidadãos ativos na organização de uma sociedade mais consciente e crítica. Mas qual é a importância da leitura na educação infantil, especificamente? Neste texto, você irá descobrir por que desenvolver o hábito da...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *