A primeira ida da criança ao dentista deve acontecer assim que começam a nascer os primeiros dentinhos, dessa forma o dentista consegue fazer a avaliação da dentição e da saúde bucal sem precisar “esperar” por algum problema, mas sim como prevenção.

Mas algumas crianças podem apresentar algum tipo de medo ou ansiedade no consultório do dentista. E muitas vezes o medo dos pais acaba sendo refletido nos pequenos que, mesmo sem experiências negativas com dentistas, reproduzem o comportamento. Segundo a odontopediatra Profa. Dra. Thelma Parada, em algumas situações os pais acabam colocando medo nas crianças ao falarem antecipadamente sobre os tratamentos, por exemplo. E, então, um tratamento tranquilo acaba gerando uma ansiedade na criança. Por isso, o ideal é que pais e dentistas saibam como ajudar crianças que têm medo de dentista.

O que fazer?

Cada dentista tem seu método para ajudar ou distrair a criança em momentos de tensão. “Eu gosto muito de utilizar o mundo do faz de conta, da imaginação aliados aos personagens prediletos de cada paciente. Assim, o contato fica mais próximo e estabelecemos confiança”, explica a odontopediatra. Outro recurso usado pela profissional é de mostrar e explicar para a criança qual será o procedimento antes de realizá-lo. Em geral, profissionais especializados em crianças também têm atrativos no consultório, assim o foco da criança fica na ludicidade do ambiente.

Já do lado dos pais, o ideal é que transmitam segurança e tranquilidade para as crianças. “Os pais devem tratar o dentista como um amigo que vai ajudar os dentes a ficarem cada vez mais fortes e saudáveis, e não fazer ameaças de dor ou de tratamentos traumáticos”, recomenda a especialista. Os pais também podem explicar que o dentista, assim como o pediatra, é alguém de confiança e que ela não precisa se preocupar, porque aquela é uma consulta normal.

E como prevenir ainda é o melhor remédio, mostre para a criança esse vídeo especial em que Junior explica passo a passo de como escovar os dentes:

Leia mais:

Profile photo of Ariane Donegati

Jornalista e entusiasta do desenvolvimento infantil, acredita que brincar é sinônimo de aprendizado e felicidade para as crianças.