Prêmio Reclame Aqui

Dicas para higienizar os alimentos em casa

por | abr 7, 2020 | 0 Comentários

Estamos vivendo uma pandemia atualmente e muitos mercados e restaurantes estão realizando serviços delivery de entrega. Como forma de frear a propagação do vírus, é necessário tomar cuidado na hora de se alimentar e higienizar os alimentos recebidos. Por isso, separamos algumas dicas de como higienizar os alimentos em casa

Como devo fazer a higienização?

Sempre que for às compras é importante higienizar embalagens com álcool a 70%. Isso deve ser feito antes do armazenamento em casa. Já se sabe que o coronavírus sobrevive por um tempo considerável no ambiente (podendo chegar a até 9 dias em algumas superfícies), sem hospedar células do organismo humano. As embalagens contaminadas por terem sido manipuladas por pessoas infectadas por ele são, então, veículos de transmissão. O vírus é inativado em cerca de um minuto pelo contato com álcool a 70%, ou hipoclorito de sódio 0,1%. 

Coloque as crianças para ajudar!

As crianças também podem ajudar nesta tarefa: antes de guardar os produtos, é necessário lavar as embalagens com água, sabão e borrifar o álcool, aguardando secar para o armazenamento. Frutas, verduras e legumes que forem para a geladeira também devem estar em embalagens previamente higienizadas. Sempre que for consumir tais alimentos, efetuar a desinfecção com hipoclorito de sódio ou água sanitária de uso comum. O recomendado é usar uma colher de sopa de produto para cada litro de água por 15 minutos com enxágue abundante posterior. Vinagre não tem ação nenhuma contra o vírus. 

Existem técnicas muito boas para ajudar na conservação dos alimentos!

Alguns vegetais e frutas se deterioram muito rapidamente e devem ser consumidos primeiro. No entanto a técnica de branqueamento ajuda a manter os nutrientes intactos e a qualidade dos vegetais que podem ser congelados para consumo futuro. O branqueamento é uma técnica de conservação que consiste em colocar os vegetais em água fervente por até um minuto. Depois mergulhá-los imediatamente na água bem fria, pelo mesmo período, dando um choque térmico e evitando que os alimentos cozinhem demais.

Isso faz com que os alimentos durem por muito mais tempo.  A água presente neles se transforma em gelo e dificulta o crescimento de microrganismos. Essa técnica preserva o valor nutricional, a coloração, o sabor e evita o desperdício. Isso, porque reduz a carga microbiana e diminui a ação enzimática natural que amadurece e estraga o alimento. Aumenta então o tempo de vida útil, ajudando na conservação.

Não existe razão científica para pensar que exista transmissão do corona pelos alimentos de consumo habitual do brasileiro. De qualquer maneira, a Organização Mundial de Saúde reforça a importância de se evitar carnes cruas ou mal cozidas.

Porém, tudo passa…

O mantra da maternidade nunca esteve tão em voga: “vai passar”. Passaremos por esta etapa e sairemos dela mais fortes e com laços e vínculos reforçados. Nada como uma crise para nos colocar frente-a-frente com questões importantes pelas quais costumamos passar por cima no ritmo desenfreado dos nossos dias.

Leia mais:

Escrito por Eliza Sampaio
Doula de parto e pós-parto, nutricionista clínica especialista em Cuidados Paliativos. Transita entre o chegar e o partir desse mundo, de modo a fazer com que a humanização seja o alicerce dos processos de nascer e morrer. *Eliza é nossa autora convidada e seus textos não refletem, necessariamente, a opinião do Blog Leiturinha.
Livros selecionados por faixa etária, todo mês na sua casa. Saiba Mais.
Relacionados
Leitura para bebês: 9 dicas para ler histórias para seu pequenino

Leitura para bebês: 9 dicas para ler histórias para seu pequenino

Quem tem um bebê em casa sabe que, às vezes, a rotina pode ser uma loucura! Entre os momentos de brincadeira, sono, alimentação, higiene e passeios, pode ser muito difícil encontrar um tempo para ler um livro com os pequenos ou pequenas. E nem sempre eles estão...

8 coisas que você precisa saber para lidar com as birras do seu filho

8 coisas que você precisa saber para lidar com as birras do seu filho

Lidar com as birras da sua criança: Um dos desafios mais marcantes da vida de qualquer tutor. Mesmo que você não seja mãe ou pai, certamente já deve ter presenciado um momento como esse: a criança começa a chorar e em poucos minutos já está gritando, esperneando e se...

Como lidar com meu filho pré-adolescente?

Como lidar com meu filho pré-adolescente?

Afinal, como lidar com meu filho pré-adolescente? Sabemos que quando você pisca, seu filho ou filha já está na pré-adolescência. Podem surgir, então, acordos não cumpridos. Eles parecem mais irritados e tendem a reclamar de tudo, não é mesmo? Pois tenha calma. É sim...

Leitura para bebês: 9 dicas para ler histórias para seu pequenino

Leitura para bebês: 9 dicas para ler histórias para seu pequenino

Quem tem um bebê em casa sabe que, às vezes, a rotina pode ser uma loucura! Entre os momentos de brincadeira, sono, alimentação, higiene e passeios, pode ser muito difícil encontrar um tempo para ler um livro com os pequenos ou pequenas. E nem sempre eles estão...

8 coisas que você precisa saber para lidar com as birras do seu filho

8 coisas que você precisa saber para lidar com as birras do seu filho

Lidar com as birras da sua criança: Um dos desafios mais marcantes da vida de qualquer tutor. Mesmo que você não seja mãe ou pai, certamente já deve ter presenciado um momento como esse: a criança começa a chorar e em poucos minutos já está gritando, esperneando e se...

Como lidar com meu filho pré-adolescente?

Como lidar com meu filho pré-adolescente?

Afinal, como lidar com meu filho pré-adolescente? Sabemos que quando você pisca, seu filho ou filha já está na pré-adolescência. Podem surgir, então, acordos não cumpridos. Eles parecem mais irritados e tendem a reclamar de tudo, não é mesmo? Pois tenha calma. É sim...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *