“Dizem: quando nasce um bebê, nasce também uma mãe”

por | maio 7, 2019 | 0 Comentários

O retrato da maternidade de um jeito encantador, para ler sem pressa.

Dizem:
quando nasce
um bebê,
nasce também
uma mãe.”

– Mãe, de Cris Guerra.

Inspirado na solidão desse universo tão inexplorado, dessas mulheres à penumbra, nasce um livro: Mãe.

Essas páginas abrigam as palavras nunca lidas, o choro engolido, a força que fora caçada no interior de cada mulher, quando se descobre responsável pela criação de um novo ser humano, um recém-chegado a esse mundo que, embora incompreendido até mesmo por ela, precisa ser apresentado ao pequeno.

Parecendo escolher as palavras com o mesmo cuidado que têm as mães no momento de educar seus filhos, Cris Guerra grafou sensações, medos e anseios, de maneira doce e intensa, assim como a própria maternidade, bem como as ilustrações de Anna Cunha, que abrigam a singeleza e a essência das mães, nos remetendo a um sonho e suavizando os sentidos, de maneira que possamos adentrar esse universo com todo respeito, que é digno dele.

Deparar-se com o universo materno, em um livro tão pequeno que cabe no peito, traz o despertar do orgulho de dedicar-se à criação de um ser tão pequeno e inocente, que aprenderá a enxergar o mundo através desses olhos maternos carinhosos, e modificá-lo através dessas mãos firmes e cuidadosas.

Ver a maternidade da perspectiva feminina, é a oportunidade de enxergá-la da maneira mais intensa e verdadeira possível, principalmente do ponto de vista artístico e poético, que tem a capacidade de descrever, sintetizar e ao mesmo tempo, fazer-nos viajar através desse encargo que gerou o mundo.

O livro parece recriar todo esse emaranhado de sentimentos e é um acalanto para todas as formas de maternar.

Este livro foi selecionado pela Equipe de Curadoria da Leiturinha e é recomendado para mamães, futuras mamães e quem mais quiser se emocionar por este universo tão complexo que é a maternidade. O livro está disponível na Loja Leiturinha.

Categorias:
0 - 3 | Gravidez | Idade | Parto
Escrito por Victória Silveira
Sou Victória Silveira, escrevo como convidada para o Blog da Leiturinha e, no amanhecer dos meus 19 anos, acabei por me reconhecer como escritora, amante das Artes e mãe da Helena.
Relacionados
Meu bebê não dorme: o que fazer?

Meu bebê não dorme: o que fazer?

Meu bebê não dorme: como vencer a privação de sono e aprender a dormir junto com o bebê? Se fizeram noites infinitas desde que o meu bebê nasceu. Hoje, prestes a completar um ano de vida, nós já experimentamos fórmulas e incansáveis rituais do sono. Hora em hora,...

Distúrbios da fala em crianças: quais são?

Distúrbios da fala em crianças: quais são?

Em primeiro lugar o processo de aprendizado da linguagem não é nada simples e envolve diversos fatores. Para falar, o pequeno precisa escutar bem, ter um entendimento daquilo que ouve, fazer um raciocínio lógico, escolher palavras. Enfim, são muitos fatores...

Meu bebê não dorme: o que fazer?

Meu bebê não dorme: o que fazer?

Meu bebê não dorme: como vencer a privação de sono e aprender a dormir junto com o bebê? Se fizeram noites infinitas desde que o meu bebê nasceu. Hoje, prestes a completar um ano de vida, nós já experimentamos fórmulas e incansáveis rituais do sono. Hora em hora,...

Distúrbios da fala em crianças: quais são?

Distúrbios da fala em crianças: quais são?

Em primeiro lugar o processo de aprendizado da linguagem não é nada simples e envolve diversos fatores. Para falar, o pequeno precisa escutar bem, ter um entendimento daquilo que ouve, fazer um raciocínio lógico, escolher palavras. Enfim, são muitos fatores...

Marina e Makolelê: livro infantil sobre gentileza e empatia

Marina e Makolelê: livro infantil sobre gentileza e empatia

“Rabo de peixe, cara de gente!” Makolelê é um gorila que todos os dias vai até Marina, uma sereia, para zombar dela. Um dia, Marina resolve falar como se sente quando ouve essas provocações. Essa é uma história sobre empatia, amizade e respeito construído entre seres...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *