A pega correta na amamentação é o que mais importa?

por | maio 21, 2020 | 0 Comentários

A maioria das mães que está se preparando para dar de mamar tem a maior preocupação com a pega correta na amamentação. Nos dias de hoje, se tem instaurada uma cultura de que a pega é o principal ponto durante a amamentação. Mas, sabemos que na prática, não é bem assim. 

O que é o principal ponto?

Na realidade, quem suga é a linguinha do bebê. Por isso, o mais importante é que o pequeno consiga sugar corretamente. Às vezes avaliar a pega ajuda a corrigir algum movimento e melhorar essa sucção. Mas o que pode acontecer e geralmente é o que acontece, é da pega estar certinha e ainda assim o bebê não ter uma amamentação eficiente. Dessa forma, não consegue ganhar peso e ainda, machuca a mãe.

O problema não é a mãe.

Muitas mães acreditam quando isso acontece, que o problema está nelas. Com o leite delas ou qualquer outra coisa, quando na verdade não é. Até mesmo na produção de leite, as mães acreditam que o leite delas é fraco. Quando na verdade, o que acontece, é que a má sucção do bebê interfere nessa produção de leite também. 

Infelizmente muitas pessoas ainda não tem acesso à informação de que quem “manda” na amamentação é o movimento que a linguinha do pequeno faz para sugar o leite. Problemas de amamentação não se resumem a pega. Ela faz parte de um conjunto e não é a única coisa que deve ser avaliada.

Muitas mães esperam para ir atrás do tratamento…

Por acreditarem que a pega é o ponto principal da amamentação, muitas mães esperam passar tempo demais até procurar o tratamento adequado. Porém, na maioria das vezes, a pega está correta. E pela demora na busca pelo tratamento, acaba sendo muito prejudicial para o aleitamento materno. 

Por isso, é tão importante que as mães procurem informação e saibam para quem recorrer quando precisarem de ajuda. Muitas vezes um simples ajuste nessa sucção do pequeno já resolve o problema de amamentação. Assim o aleitamento materno pode seguir normalmente. 

Leia mais:

Escrito por Flávia Puccini
Fonoaudióloga, mestre em processos e distúrbios da comunicação e especialista em motricidade orofacial. É consultora de amamentação e laserterapeuta. * Flávia é nossa autora convidada e seus textos não refletem, necessariamente, a opinião do Blog Leiturinha.
Relacionados
Como saber se seu filho tem medo além do normal?

Como saber se seu filho tem medo além do normal?

O medo faz parte da natureza humana e é importante para o desenvolvimento emocional, especialmente das crianças. Afinal, é o medo que nos ajuda a avaliar os perigos e possíveis ameaças a nossa saúde, por exemplo. No entanto, é preciso cuidado com o excesso de medo,...

20 filmes infantis para assistir em família

20 filmes infantis para assistir em família

Quer se divertir com as crianças? As brincadeiras, os jogos de tabuleiro e a própria literatura infantil costumam ser ótimas opções de passatempo! Mas, e os filmes? Para agradar os cinéfilos e os amantes da sétima arte, preparamos uma lista especial com 20 filmes...

Como saber se seu filho tem medo além do normal?

Como saber se seu filho tem medo além do normal?

O medo faz parte da natureza humana e é importante para o desenvolvimento emocional, especialmente das crianças. Afinal, é o medo que nos ajuda a avaliar os perigos e possíveis ameaças a nossa saúde, por exemplo. No entanto, é preciso cuidado com o excesso de medo,...

20 filmes infantis para assistir em família

20 filmes infantis para assistir em família

Quer se divertir com as crianças? As brincadeiras, os jogos de tabuleiro e a própria literatura infantil costumam ser ótimas opções de passatempo! Mas, e os filmes? Para agradar os cinéfilos e os amantes da sétima arte, preparamos uma lista especial com 20 filmes...

Aprenda a fazer massinha de modelar em casa

Aprenda a fazer massinha de modelar em casa

Cores e formas são muito atraentes para os pequenos e pequenas. Por isso, algo que parece tão simples, como uma massinha de modelar, pode gerar bastante interesse para as crianças e estimular o aprendizado! Afinal, essa brincadeira sensorial incentiva o...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *