Qual versão dos personagens do Sítio fez parte da infância?

por | abr 18, 2017 | 5 Comentários

A intenção aqui não é revelar a idade de ninguém… mas a verdade é que muita gente, de diferentes gerações, têm guardada, nas memórias de sua infância, uma versão dos personagens do Sítio do Picapau Amarelo. Emília, Visconde de Sabugosa, Pedrinho, Narizinho, Saci, Cuca, Rabicó, Tia Nastácia, Dona Benta e por aí… Quantas lembranças!

Para revivê-las cada um ao seu gostinho, reunimos em uma galeria de imagens, as diferentes versões do Sítio do Picapau Amarelo. Qual versão dos personagens do Sítio do Picapau Amarelo representa melhor a sua infância?

A menina do Narizinho Arrebitado

A Menina do Narizinho Arrebitado foi o primeiro livro infantil do escritor brasileiro Monteiro Lobato. Publicado no Natal de 1920,  a primeira edição de A Menina do Narizinho Arrebitado alcançou a tiragem de 20 mil exemplares considerada extraordinária para a época. Esta é uma obra com duas personagens: Narizinho e a boneca de pano Emília.

Monteiro-Lobato-Leiturinha

Primeira edição do livro ‘A Menina do Narizinho Arrebitado’.

Logo no ano seguinte, em 1921, o escritor publica Narizinho Arrebitado com o subtítulo de Segundo livro de leitura para uso das escolas primárias. Esta obra, traz uma história mais contextualizada e com mais episódios. Os dois títulos, foram ilustrados por Lemmo Lemmi, mais conhecido por sua personagem “Voltolino”.

Monteiro Lobato Leiturinha 2

‘Narizinho Arrebitado: Segundo livro de leitura para uso das escolas primárias’.


As duas obras dizem sobre Lúcia, apelidada de Narizinho, a neta da dona Benta e vive, junto com seu irmão e amigos, no fantástico Sítio do Picapau Amarelo.

Monteiro Lobato Leiturinha 3

Primeira publicação interativa brasileira, pela editora Globo Livros.

Em 2010, o livro A menina do narizinho arrebitado foi lançado como a primeira publicação interativa brasileira para o iPad, pela editora Globo Livros. Este lançamento aconteceu  90 anos após a primeira edição. Esta versão digital, permite que os pequenos leitores interaja com elementos na tela.

Leia mais: 

Categorias:
0 - 3 | 10+ | 4 - 6 | 7 - 10 | Cultura | Idade | Mundo | Sem autor
Escrito por oculto
Relacionados
Empedramento dos seios: o que fazer?

Empedramento dos seios: o que fazer?

Quem é mãe com certeza sabe o que é ter preocupações e incertezas, desde a gestação. Primeiro as dúvidas sobre o nascimento do bebê. Depois, com o recém-nascido, vêm os problemas de amamentação. Empedramento dos seios e outras dificuldades surgem no desenvolvimento...

Você conhece a síndrome dos pais distraídos?

Você conhece a síndrome dos pais distraídos?

Quando penso em uma pessoa distraída logo me vêm à mente a imagem de alguém desatento. Alguém  que não consegue prestar atenção por muito tempo, que afasta o pensamento com facilidade e perde o foco facilmente com coisas que estão ao seu redor. Você conhece alguém...

Empedramento dos seios: o que fazer?

Empedramento dos seios: o que fazer?

Quem é mãe com certeza sabe o que é ter preocupações e incertezas, desde a gestação. Primeiro as dúvidas sobre o nascimento do bebê. Depois, com o recém-nascido, vêm os problemas de amamentação. Empedramento dos seios e outras dificuldades surgem no desenvolvimento...

Você conhece a síndrome dos pais distraídos?

Você conhece a síndrome dos pais distraídos?

Quando penso em uma pessoa distraída logo me vêm à mente a imagem de alguém desatento. Alguém  que não consegue prestar atenção por muito tempo, que afasta o pensamento com facilidade e perde o foco facilmente com coisas que estão ao seu redor. Você conhece alguém...

5 Comentários

  1. Avatar

    Eu sou, da geração da década de 80. Nossa como amava dar horário de assistir o sitio, eu, minha irmã e nossa mãe. Depois assisti com os meus velhos e agora com minha neta. Muito bom. Mais eu gosto mesmo é a primeira versão.

    Responder
  2. Avatar

    Uma vez, eu vi, surpreso, pois não sabia, uma versão do Sítio do Pica-Pau Amarelo bem antiga, em preto e branco. Soube, depois, com pesquisas, que se tratava de uma adaptação para tevê feita pela TV Tupi, de 1952. Não consegui reaver a imagem que eu vi. Incrível que possa parecer, esteve no ar por 11 anos e ainda ganhou uma versão em 1964 na TV Cultura de São Paulo, e outra em 1976 na TV Bandeirantes. Para mim, como mexeu com minha infância, prefiro, ainda, a de 1977.

    Abraços!

    Responder
  3. Avatar

    Tenho 54 anos, quando criança esperava ansioso o horário de passar Sitio do Pica Pau Amarelo, só de escrever me vem a musica junto, momentos bons de minha infância.
    Abraços.

    Responder
  4. Avatar

    Sou apaixonada por todas as versões !Quando criança nunca deixava de assistir !!!

    Responder
  5. Avatar

    Sua da década de 50 apaixonada por Emília e tia Nastácia

    Responder
Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *