9 dicas para ajudar seu pequeno a dizer adeus às fraldas

por | dez 5, 2017 | 5 Comentários

Após perceber que é a hora certa para o desfralde do seu pequeno, você também deve se preparar psicologicamente para auxiliar no processo, pois este é um momento delicado e importante para o pequeno e para a família como um todo, exigindo muita serenidade e tranquilidade! Descubra como tirar as fraldas do seu pequeno de forma mais tranquila:

1. Propicie uma rotina estável

Para começar o processo de desfralde tenha em mente que uma rotina estável é essencial, uma vez que a criança terá que relacionar e associar as idas ao banheiro à sua nova rotina (algo com o qual ela não se preocupava até então). Uma boa opção é aproveitar as férias para iniciar o processo! Assim, você terá mais tempo para lidar com o inevitável xixi e cocô pela casa, com as roupas molhadas e para dar toda a atenção que a situação requer.

2. Prepare muitas roupas!

Os pequenos irão sujar muito mais peças de roupas no desfralde. Portanto, prepare peças extras e fáceis de colocar e tirar (inclusive meias e sapatos, sim, eles também se sujam). É importante também que a criança consiga tirá-las e colocá-las sozinha.

3. Clima agradável

No calor as roupas são mais leves e é possível até deixar as crianças andarem sem roupa pela casa por algum tempo. Isso facilita muito no desfralde e gera menos desconforto, já que ficar molhado é algo bastante complicado no inverno.

4. Esteja disposto a voltar atrás, se necessário, sem alarde

Mesmo que o processo se inicie, às vezes os pequenos dão sinais de que ainda não estão prontos. Nesses casos, sem fazer disso algo negativo ou fazer muito alarde, espere alguns meses e inicie o processo novamente.

5. Lide com seus sentimentos de forma tranquila

O desfralde pode ser extremamente desafiador para a criança e para os pais. O mais importante é passar tranquilidade para a criança. Nunca critique-a quando ela fizer xixi ou cocô seja onde for, nunca demonstre frustração e nunca a castigue. Isso atrasará o processo todo e ainda pode gerar sérios danos como constipação intestinal, por exemplo.

6. Família x Escola

Como afirma a Sociedade Brasileira de Pediatria, o desfralde é uma responsabilidade da família, um marco para a criança e um momento íntimo também. A escola é sempre uma aliada na educação dos filhos e, por isso, no momento do desfralde, a comunicação entre vocês precisa estar afinada. Comunique à escola sobre sua intenção de iniciar o processo e procure saber como é o comportamento do seu pequeno na rotina escolar, isso o ajudará muito a saber se é o momento certo para vocês. E, a cada passo dado, continue se comunicando com a escola – iniciado o processo de desfralde, vocês tem que falar a mesma língua com a criança para que ela não receba duas informações diferentes e se confunda.

7. Calcinhas, cuecas e protetores

Alguns produtos como calcinhas e cuecas de transição podem ser úteis tanto para gerar mais conforto ao bebê, para que não fique molhado, como para evitar que você saia limpando o chão a todo instante! Os protetores absorventes para o colchão também são um ótima dica para quem já vai iniciar o desfralde noturno!

8. Evite comparações

Cada criança é única. Os marcos no desenvolvimento variam de criança para criança. Existem diferenças de um para o outro, entre meninos e meninas e entre irmãos. Não compare e não crie expectativas baseadas em experiências anteriores.

E, por fim…

9. Como tirar as fraldas é uma etapa importante na vida da criança, é preciso conversa, muita paciência e bom humor!

Como em todos os outros aspectos, converse muito com seu pequeno, explique que agora ele está ficando grandinho e mostre quantas vantagens terá em deixar as fraldas. Dando adeus às fraldinhas vocês estarão abrindo as portas para uma nova etapa, cheia de novas descobertas. Será uma experiência incrível, um verdadeiro rito de passagem! E se for com bom humor e leveza, melhor ainda!

Dica Leiturinha:

Como sempre, a literatura infantil tem muito a contribuir! Pensando nisso, a Equipe de Curadoria da Leiturinha selecionou os melhores títulos para vocês aproveitarem em família e passarem por essa fase com muito bom humor e fantasia! Confira:

cocô-no-trono

Cocô no Trono

Autor e ilustrador: Benoît Charlat
Editora: Cia das Letrinhas

“Esta é a história de um porquinho que faz cocô tipo pudim”… e de uma cobra, de um elefante e também do seu pequeno, que faz cocô na privada igual gente grande. Neste livro, Benoît Charlat ensina aos pequenos, de forma bem humorada e genial, como é legal fazer cocô no trono!

dentro-da-fralda

O que tem Dentro da sua Fralda?

Autor e ilustrador: Guido Van Genechten
Editora: Brinque-book

O ratinho quer saber: o que tem dentro da fralda do seu pequeno? Abras as abas e descubra a surpresa que é crescer! Este é um livro aclamado pelos pais e pequeninos que estão em processo de desfralde. Ele aborda o assunto de maneira descontraída e acessível à compreensão das crianças, o que facilita o avanço não doloroso neste momento.

Leia mais:

Categorias:
0 - 3 | Bebê | Desenvolvimento | Idade
Escrito por Sarah Helena
Mãe da Cecília, formada em Psicologia, especialista em Filosofia e Mestranda em Educação Profissional e Tecnológica. Sempre trabalhou com famílias, especialmente com os pequenos. Por esse amor ao universo afetivo infantil, hoje, na Leiturinha, ela colabora fortalecendo o vínculo das famílias leitoras através da experiência da literatura.
Relacionados
4 dicas para combater o preconceito infantil

4 dicas para combater o preconceito infantil

O preconceito é construído socialmente, a partir das nossas interações com o mundo e com os outros. A cada interação e troca, a criança vai absorvendo e compreendendo o mundo. Assim, ela vai construindo os seus valores e suas percepções. Nisso, muitas coisas boas...

Meu bebê não dorme: o que fazer?

Meu bebê não dorme: o que fazer?

Meu bebê não dorme: como vencer a privação de sono e aprender a dormir junto com o bebê? Se fizeram noites infinitas desde que o meu bebê nasceu. Hoje, prestes a completar um ano de vida, nós já experimentamos fórmulas e incansáveis rituais do sono. Hora em hora,...

4 dicas para combater o preconceito infantil

4 dicas para combater o preconceito infantil

O preconceito é construído socialmente, a partir das nossas interações com o mundo e com os outros. A cada interação e troca, a criança vai absorvendo e compreendendo o mundo. Assim, ela vai construindo os seus valores e suas percepções. Nisso, muitas coisas boas...

Meu bebê não dorme: o que fazer?

Meu bebê não dorme: o que fazer?

Meu bebê não dorme: como vencer a privação de sono e aprender a dormir junto com o bebê? Se fizeram noites infinitas desde que o meu bebê nasceu. Hoje, prestes a completar um ano de vida, nós já experimentamos fórmulas e incansáveis rituais do sono. Hora em hora,...

Distúrbios da fala em crianças: quais são?

Distúrbios da fala em crianças: quais são?

Em primeiro lugar o processo de aprendizado da linguagem não é nada simples e envolve diversos fatores. Para falar, o pequeno precisa escutar bem, ter um entendimento daquilo que ouve, fazer um raciocínio lógico, escolher palavras. Enfim, são muitos fatores...

5 Comentários

  1. Avatar

    Ola,ja iniciei o desfralde com meu filho de 2 anos e 8 meses a algum tempinho,agora ele ja passa o dia de cuequinha,ate porque moramos no nordeste,e ele sente muito calor,ate que foi bom,mas ainda não me sinto segura para o desfralde noturno,pois ele a noite não acorda pedido pra fazer xixi,porque durante o dia ele ja faz sozinho,e outro dificuldade,é quando vamos sair,fico com receio de colocar a cueca,no lugar da fralda e ele fazer xixi na roupa,em lugar que nao de pra limpa-lo,pois penso que seria bom um aceio,caso ele não segurasse e fizesse na roupa,mas nem todos os lugares ,da pra banhar uma criança o que posso fazer para o desfralde noturno,e na hora que formos sair?

    Responder
  2. Avatar

    Amei as dicas. Meu filho está nessa fase. E tem sido ,realmente, difícil o desfralde. Pq a mais velha fou fácil demais , mas ele veio pra me desafiar (kkk) mas eu tento fé e paciência.
    Obg Leiturinha

    Responder
  3. Avatar

    Qual é a melhor idade ou quando devo iniciar o desfralde???

    Responder
  4. Avatar

    Ja fiz a assinatura e estou amando o leiturinha…ri muito do inicio do livro…kkkk….minha filha nasce em jul de 2018 e sera apreciadora d leituras…parabens a todos da Equipe leiturinha …

    Responder
  5. Avatar

    Minha pequena está com 3 anos e meio e está sendo muito mais fácil do que eu imaginava. Viemos há algum tempo conversando e explicando que não há mais fraldas para o tamanho dela (KKK) e que ela teria que usar o vaso. Em um final de semana num sítio eu disse a ela que teria que deixar a fralda e fazer xixi no vaso para poder entrar na piscina e ela aceitou tranquilamente, como se isso já fosse rotina dela. Dali em diante ela passou a fazer tudo no banheiro… Basta esperar o tempo da criança! Eu prefiro chamar essa fase de abandonar a fralda ao invés de desfraldar!

    Responder
Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *