Conheça os superalimentos e seus benefícios para pequenos e adultos

por | fev 26, 2018 | 3 Comentários

Você já ouviu falar em superalimentos? Muito mais do que nutritivos, os superalimentos previnem doenças, retiram toxinas do organismo e garantem todo o bem-estar. Além disso, eles também podem ajudar no ganho de massa muscular, deixam sua pele uma beleza, controlam a pressão sanguínea, os níveis de colesterol e diabetes e, ainda dão todas as vitaminas que você precisa! Não é pouca coisa não, viu? Mas, afinal, quais são esses alimentos tão superpoderosos?

O que são superalimentos e onde encontrá-los

Os superalimentos são considerados “super”, principalmente, por causa da sua riqueza nutritiva, com grande concentração de proteínas, vitaminas, fibras, antioxidantes e outros nutrientes fundamentais para uma boa saúde. E o melhor: a maioria deles está disponível em grande escala! Reunimos aqui alguns exemplos desses alimentos superpoderosos para você ver como é muito mais fácil encontrá-los do que você imagina. Aliás, você deve tê-los aí na sua dispensa e nem se deu conta!

– Quinoa: pode ser considerada uma proteína em grão, capaz de controlar e  diminuir fortemente os índices do colesterol ruim — além da manutenção dos triglicérides, prevenindo complicações cardiovasculares. A quinoa é o mais nutritivo dos vegetais e uma super fonte de minerais.

– Lentilha: a lentilha é conhecida por seu alto teor de fibras alimentares, ferro, vitaminas e proteína vegetal. Ela é indicada no ganho de massa muscular e ainda auxilia na cicatrização de ferimentos!

– Chia: suas sementes são uma super fonte de antioxidantes, ômega-3, ácidos graxos, fibras alimentares, proteínas, vitaminas e minerais incontáveis. Além disso, chia é livre de glúten e de fácil consumo!

– Nozes: as nozes são ricas em ômega 6 e ajudam a manter bons níveis do HDL (o bom colesterol) no sangue. Ainda colaboram na melhora do sono, previnem diversos tipos de câncer e doenças cardíacas, além de conter proteínas, vitaminas e minerais.

– Açaí: ajuda no combate aos índices do LDL (o colesterol maléfico) na corrente sanguínea. Prefira consumi-lo puro, sem a adição de açúcar ou outro acompanhamento.

– Kiwi: com efeito anti-inflamatório, antioxidante, laxativo e anticancerígeno, essa fruta é uma ótima fonte da vitamina C, E, B6, de potássio, magnésio, cobre, fosfato e fibras alimentares, auxiliando no bom funcionamento do sistema imunológico e colaborando para a saúde do coração.

– Melancia: é uma das principais fontes naturais de licopeno, um carotenoide antioxidante que combate diversas doenças, como o câncer. A melancia tem poucas calorias, sacia com facilidade e ainda oferece grande quantidade das vitaminas A e C.

Mirtilo: conhecido por seu combate ao envelhecimento, devido aos seus antioxidantes poderosos, o mirtilo colabora com a manutenção de um organismo saudável e protegido — especialmente o coração, contendo vitaminas C e E.

Abacate: rico em gordura monoinsaturada, benéfica para o organismo, o abacate é um forte aliado na perda de peso e na redução dos triglicérides. Além de ser fonte de ácido fólico e vitaminas B6, E e K.

– Batata-doce: carboidrato de baixo índice glicêmico, a batata-doce é rica em antioxidantes, vitaminas e manganês, oferecendo ainda muito betacaroteno, que cuida da saúde da pele e da visão.

Acelga: fonte das vitaminas A, B e C, a acelga ajuda no bom funcionamento cerebral. Quando combinada com outros superalimentos, forma um combo de benefícios em uma mesma refeição.

– Espinafre: suas folhas são ricas em vitaminas A, C e K. Na sua composição também está presente a luteína, carotenoide muito importante na saúde dos olhos. Além disso, é um super anti-inflamatório, auxiliando na digestão dos alimentos.

Brócolis: com uma gigante concentração de proteína, o brócolis auxilia na regulagem correta da insulina e do açúcar no sangue. É rico em vitaminas A, C, cálcio, ferro e potássio.

– Tomate: falou em licopeno, falou em tomate. Um verdadeiro combate aos radicais livres, postergando o envelhecimento e protegendo contra vários tipos de câncer. Além disso, é rico em sais minerais, como o cálcio e o ácido fólico.

– Chá-verde: seu consumo acelera o metabolismo e queima gordura, além de ser super eficiente no combate ao câncer, ao diabetes e aos derrames.

Cogumelos: atuam, principalmente, no bom funcionamento do intestino. Também são ricos em fibras alimentares e vitaminas do complexo B.

– Salmão: rico em ômega 3, é capaz de prevenir doenças degenerativas, como o Alzheimer, manter a boa saúde do coração e combater até mesmo a depressão. Também possui grande concentração de vitamina D.

Azeite de oliva: ajuda a prevenir a osteoporose e o acúmulo excessivo de gordura, além de doenças do trato vascular e diabetes.

– Ovos: fonte mais básica de proteína, sua alta concentração de colina é ótima na manutenção das membranas celulares e na prevenção da boa visão. Seu consumo ainda colabora na manutenção da força muscular por meio de cálcio, ferro, zinco e de vitaminas.

Apresentando os superalimentos aos pequenos

Convencer os pequenos a comer alimentos saudáveis nem sempre é uma tarefa fácil, mas com um pouco de criatividade e ludicidade, é possível mostrar a eles a importância de ingerir alimentos como esses em seu dia a dia, afinal são superalimentos! E qual criança não adora um super-herói? Em nosso Blog já trouxemos algumas receitas fáceis e saudáveis para fazer com os pequenos, e hoje, a dica é um vídeo muito divertido que mostra a importância do superalimento brócolis! Esse vídeo, disponível no PlayKids App, vai fazer com que seu pequeno nunca mais veja o brócolis da mesma maneira! Confira:

Leia mais: 

Escrito por Ana Clara Oliveira
Jornalista e editora do Blog da Leiturinha, é fascinada por tudo que envolve o mundo da leitura, da educação e da infância. Acredita que as palavras aproximam pessoas, libertam a imaginação e modificam realidades. Gosta de escrever, viajar e aprender sempre.
Relacionados
Como ensinar sobre eleições para crianças?

Como ensinar sobre eleições para crianças?

“Criança não tem que se meter em assunto de adulto.” Você já ouviu essa frase? Ou talvez já tenha falado ela? Meu pai sempre esteve no mundo da política. A casa costumava estar sempre cheia de adultos falando sobre política. E quando algum pequeno queria intervir no...

Você conhece a depressão pós-parto masculina?

Você conhece a depressão pós-parto masculina?

Quando falamos em depressão pós-parto, é natural associarmos a mulher que acabou de ter o bebê. No entanto, existem muitos casos de depressão pós-parto masculina, que é pouco falada, estudada, diagnosticada e tratada.  O que é a depressão pós-parto masculina? Essa...

5 receitas de tinta comestível para fazer em casa

5 receitas de tinta comestível para fazer em casa

Toda criança adora uma boa folia, seja brincando, cantando, dançando… E na cozinha então? A folia é mais gostosa ainda. Que tal unir a brincadeira com seu pequeno com a cozinha, ou seja, o útil e o agradável? As tintas comestíveis são extremamente populares entre as...

Como ensinar sobre eleições para crianças?

Como ensinar sobre eleições para crianças?

“Criança não tem que se meter em assunto de adulto.” Você já ouviu essa frase? Ou talvez já tenha falado ela? Meu pai sempre esteve no mundo da política. A casa costumava estar sempre cheia de adultos falando sobre política. E quando algum pequeno queria intervir no...

Você conhece a depressão pós-parto masculina?

Você conhece a depressão pós-parto masculina?

Quando falamos em depressão pós-parto, é natural associarmos a mulher que acabou de ter o bebê. No entanto, existem muitos casos de depressão pós-parto masculina, que é pouco falada, estudada, diagnosticada e tratada.  O que é a depressão pós-parto masculina? Essa...

5 receitas de tinta comestível para fazer em casa

5 receitas de tinta comestível para fazer em casa

Toda criança adora uma boa folia, seja brincando, cantando, dançando… E na cozinha então? A folia é mais gostosa ainda. Que tal unir a brincadeira com seu pequeno com a cozinha, ou seja, o útil e o agradável? As tintas comestíveis são extremamente populares entre as...

A importância de escutar as crianças

A importância de escutar as crianças

Que as crianças se manifestam o tempo todo, nós já sabemos. Porém, este tema se amplia e os olhares se voltam para a maneira e situações em que os adultos se dedicam a ouvir tais manifestações. E acredite, escutar as crianças vai muito além de emprestar os ouvidos....

3 Comentários

  1. Avatar

    Muito bom, obrigado por sua pesquisa.

    Responder
  2. Avatar

    Ameiiiiii…continue melhorando cada vez mais!

    Responder
Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *