Brincadeiras com papel são atividades versáteis e com muito potencial para auxiliar o desenvolvimento das crianças. A brincadeira mais comum, claro, é desenhar. É fácil, é simples e muito divertido.

Porém, algumas crianças gostam de botar um pouco mais a mão na massa e só a superfície de uma folha de papel não é o suficiente; é preciso usar ele por inteiro e aí entram as dobraduras e as atividades de recortar e colar.

Usando tecnologia para deixar a brincadeira mais divertida

Toda criança adora desenhos animados, mas o tempo de exposição dos pequenos em frente à TV ou algum outro dispositivo é uma preocupação de muitos pais. O cenário ideal é aquele em que as crianças equilibram o tempo entre as telas e as brincadeiras, fazendo as duas coisas de forma complementar.

Melhor ainda: já imaginou um desenho feito inteiramente de recortes de papel, de modo a tornar as possibilidades desse objeto mais familiares para a criança? Essa é a ideia de Papeizinhos disponível no PlayKids App.

Papeizinhos: brincadeiras com papel que ganham vida

O alce Aristóteles e seu amigo pica-pau Toque Toque vivem na Papelândia, um país com árvores, ruas e casas feitos de recortes e papéis diferentes. Juntos, aprendem sobre o mundo ao redor enquanto precisam resolver problemas do cotidiano.

Com toda a história se apoiando justamente nas formas, dobras, recortes e texturas dos cenários e personagens, a animação é uma festa para os olhos e uma verdadeira experiência sensorial para a criança. No final de cada episódio, um passo a passo para que as crianças montem em casa algum objeto da história.

Confira 5 benefícios que as brincadeiras com papel proporcionam aos pequenos:

1. Coordenação motora fina

A vantagem mais imediata de se brincar de dobrar, recortar e colar é a melhora das habilidades finas, como movimentos dos dedos e pressão dos polegares.

2. Coordenação olho-mão

A relação entre o que a criança vê e seus movimentos, que indicam profundidade, noções espaciais e até mesmo de tempo, é bastante beneficiada ao se brincar com papel.

3. Melhora na expressão artística e de sentimentos

Atividades que estimulam a criação são ótimas para que crianças explorem ferramentas e formas de dizer e, principalmente, mostrar o que sentem.

4. Criatividade e inovação

Ao lidar com as ferramentas de se brincar com papel, a criança acaba criando coisas novas e sendo obrigada a pensar em formas diferente, muitas vezes novas para ela, de se chegar aos resultados desejados.

5. Resolução de problemas práticos

Cada passo de uma dobradura ou de uma colagem é, na realidade, um pequeno problema a ser resolvido, ou seja, como deixar o papel à frente um passo mais próximo do que se deseja com ele. A soma desses passos na ordem correta é um aprendizado enorme sobre como resolver problemas e traçar estratégias para se atingir objetivos específicos.

Leia também:

Profile photo of Leo Amaral

Midiálogo que ama livros, músicas e desenhos animados. Acredita que a curiosidade é fundamental e deve estar presente em todas as épocas da vida e que quando a tecnologia e a educação se encontram o aprendizado pode ficar ainda mais divertido.