Como o sono do bebê pode ajudar (ou atrapalhar) seu desenvolvimento

por | ago 30, 2018 | 1 Comentário

O sono do bebê é fundamental para que o seu desenvolvimento seja saudável. Entender como ele pode ajudar ou atrapalhar a vida da criança é muito importante. Ao contrário do que a gente pode pensar, a questão não é “só” dormir a noite toda, mas entender como funciona o sono infantil.

Há uma média de horas que os pequenos precisam dormir de acordo com a fase em que estão. Claro que existe uma variação de criança para criança, mas reunimos aqui alguns fatores importantes de se atentar quando o assunto é o sono dos bebês.

Por que o bebê não dorme igual ao adulto?

Bebês costumam dormir e acordar em horários diferentes. Isso acontece porque eles ainda não desenvolveram completamente o ritmo de sono, ou seja, não seguem o ciclo natural de dia e de noite – o que pode demorar meses para acontecer. Até que os bebês se ajustem ao dia eles podem ficar acordados por longos períodos à noite. Além disso, o sono do bebê é diferente em comparação com adultos, ele passa muito menos tempo em sono profundo, e os ciclos do sono são mais curtos. Por isso, eles tendem a despertar mais facilmente.

Como lidar com o sono do bebê?

Primeiramente, respire fundo e pense que isso melhora com o tempo, e que esse sono leve é super importante para o desenvolvimento cerebral. Enquanto isso, estabeleça uma rotina do sono, fazendo todos os dias sempre igual ou bem parecido: dê um banho relaxante no mesmo horário, leia histórias ou faça uma massagem, evite estimular demais com brincadeiras à noite, apague as luzes quando chegar perto da hora de dormir, etc… E, acredite: pular sonecas de dia não faz o bebê dormir melhor à noite. A palavra que deve prevalecer de dia e de noite é: rotina.

E quanto o bebê precisa dormir de fato?

Os bebês necessitam de mais horas de sono do que os adultos. Crianças com menos de 3 meses costumam dormir o dobro de horas que os pais, sendo metade delas durante o dia. Mas o número de horas varia de acordo com a idade e o crescimento. Um recém-nascido geralmente dorme cerca de 16 a 20 horas por dia, enquanto uma criança de 1 ano de idade já dorme cerca de 10 horas por noite, e tira duas sonecas durante o dia, de 1 a 2 horas cada uma.

Apesar dos bebês dormirem a maior parte do tempo, até cerca dos 6 meses de idade, eles não dormem muitas horas seguidas. A partir desta idade, o bebê já consegue dormir quase toda a noite. Só não se esqueça de que cada bebê é de um jeito, e alguns chegam a dormir até duas horas a mais ou a menos que os outros.

Embalando o sono: 8 histórias para contar antes de dormir

Quando à noite, na hora de dormir, embalam o sono, fortalecem o vínculo entre pais e filhos e interiorizam o hábito da leitura. Como já falamos aqui no Blog Leiturinha, por meio da sonorização das palavras e da entonação da voz, o bebê passa a reconhecer cada dia mais sua(o) cuidadora(o), sendo também uma ótima maneira de tranquilizá-lo e prepará-lo para dormir. Pensando nisso, listamos aqui 8 lindas histórias para contar antes de dormir.

Escrito por oculto
Relacionados
Como saber se seu filho tem medo além do normal?

Como saber se seu filho tem medo além do normal?

O medo faz parte da natureza humana e é importante para o desenvolvimento emocional, especialmente das crianças. Afinal, é o medo que nos ajuda a avaliar os perigos e possíveis ameaças a nossa saúde, por exemplo. No entanto, é preciso cuidado com o excesso de medo,...

1 Comentário

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *