Uma coleção para ensinar as palavras mágicas para crianças

May 14, 2020 | Leitura

GANHE PRESENTE DUPLO! Crescer com Leiturinha é mais divertido! Mas é por tempo limitado! Mochila da Iara + Régua do crescimento grátis no 1º kit! Botão: ASSINAR LEITURINHA

Conviver socialmente exige muita habilidade. É preciso saber a hora de agradecer, pedir algo, desculpar-se, e por aí vai. Em resumo, a vida social exige que nós estejamos atentos às necessidades do outro e aos nossos próprios desejos. Essa é uma das regras básicas do convívio social – entender o outro e a si mesmo. Uma das formas de demonstrar a sensibilidade e o respeito ao outro e ensinar isso aos pequenos são as tão famosas palavras mágicas para crianças. Juntas, elas compõem as tão desejadas boas maneiras. 

Quem nunca sentiu falta de um pedido de desculpas? Ou um ‘com licença’ em uma loja lotada? Até mesmo um ‘obrigada’ por aquela ajuda prestada? Não é preciso muito esforço para perceber que as palavras mágicas fazem falta no dia a dia. Com elas, nos sentimos reconhecidos, respeitados e valorizados. 

Que as palavras tem poder não se tem dúvidas

Basta receber um elogio ou um ‘eu te amo’ para que o dia de muita gente fique mais alegre. Na mesma medida, palavras grosseiras jogam um balde de água fria na animação de muitos corações. 

Por isso, a importância de ensinar palavras mágicas para as crianças  está justamente em reconhecer os limites, o espaço, os direitos e as necessidades do outro. É claro que palavras sozinhas não garantem um bom convívio social, é preciso que haja uma coerência entre as palavras e os demais comportamentos. No entanto, sem elas, o outro pode não se sentir respeitado, ou até ignorado. Daí a importância de comunicar ao outro o meu respeito, agradecimento, pedido, entre outros,

Como ensinar boas maneiras para crianças

Criança não é fruta madura no pé, então se você deseja que seu pequeno aprenda isso ou aquilo, primeiro é preciso ensiná-lo. Com as ‘boas-maneiras’ não seria diferente. Assim, não espere que o ‘obrigado’, o ‘com licença’ ou o ‘desculpe’ saia naturalmente se você nunca ensinou essa prática aos pequenos. Mas atenção, ensinar não significa ficar explicando por horas e horas o que deve ser feito. Inclusive com crianças essa prática tem pouquíssima efetividade, para não dizer nenhuma. Na infância, uma das formas de aprendizagem é a imitação. Por isso uma das melhores maneiras de ensinar é ser o modelo, isto é, fazer você para que a criança se inspire na sua postura. 

Quais são as vantagens?

É importante ressaltar que ensinar boas-maneiras não só orienta os pequenos a se comportar em relação aos outros, mas também mostra o que eles devem esperar no convívio social, ou seja, ensina a forma como eles devem esperar ser tratados: com respeito e dignidade. 

Uma cultura que ajuda a ilustrar essa ideia é a cultura do consentimento. Por meio de uma palavra mágica – que indica um pedido de permissão – os adultos, por exemplo, no ato de trocar as fraldas dos pequenos sinalizam que só é possível tocar o corpo da criança com a autorização da mesma. 

Tem idade para ensinar as palavras mágicas para crianças? 

Idade não tem, mas tem expectativa. Isto é, você pode começar a ensinar palavras mágicas para o seu pequeno desde os primeiros meses de vida, mas a expectativa muda conforme muda a idade. Ninguém espera que um bebê de um ano saia agradecendo, ou se desculpando por onde passa, porque há aí um componente biológico. No entanto, nem por isso, você deve deixar de usar essas palavras com a criança e no seu convívio social. Lembre-se: a inteligência é anterior a fala! Então, mesmo que seu pequeno ainda não fale não significa que ele não esteja aprendendo sobre o mundo ao seu redor.

É importante lembrar que aprender um novo comportamento leva tempo, repetição, reforço. Por isso, cuidado com as expectativas. Se as expectativas estiverem altas, corre-se o risco de manter uma educação que é alienada às etapas do desenvolvimento infantil. Desse ponto para uma educação estressante e autoritária é um pulo. 

Uma coleção que pode te ajudar! 

Sabendo da importância de apresentar as palavras mágicas desde a primeira infância, a equipe de curadoria da Leiturinha selecionou uma coleção muito especial sobre o tema. Publicada pela Ciranda Cultural, a Coleção Boas Maneiras conta com títulos como ‘Bom dia’, ‘Com licença’, ‘Desculpe’, ‘Eu amo você’, ‘Obrigado’ e ‘Por favor’.

Com um material resistente para as mãozinhas curiosas e delicadas ilustrações, o livro apresenta situações cotidianas em que as palavras mágicas fazem toda a diferença. Além de um livro coringa que pode ser revisitado várias e várias vezes, a obra é um grande aliado para trazer o tema com delicadeza e ludicidade!

Para receber livros incríveis como esse e incentivar a leitura em sua casa desde cedo, faça parte do Clube Leiturinha!

Juliana Freitas

Formada em Psicologia, é apaixonada pela ciência e pelas artes literárias. Estuda o encontro entre a criança e o livro, a criança e o psicólogo e a criança e o mundo.

    Acompanhe nossas redes sociais