Como a literatura pode ajudar com a ansiedade de separação?

por | fev 12, 2021 | 4 Comentários

Você já ouviu falar da ansiedade de separação? Ainda que você não conheça esse termo, provavelmente consegue identificar a situação à qual ele se refere. Afinal, isso acontece quando os bebês não querem ficar longe dos pais ou responsáveis, e demonstram bastante desconforto e tristeza quando estão afastados deles. Então, que tal você se acomodar onde estiver para entender como a literatura pode ajudar com a ansiedade de separação? Confira!

Um tema mais comum do que imaginamos

A ansiedade de separação consiste no medo e estresse ligados ao fato de se separar de um ser querido, seja este a mãe, o pai ou algum cuidador do bebê. Essa situação acontece porque, desde o nascimento, os pequenos e pequenas associam seus cuidadores à provisão de segurança e bem-estar. Geralmente, é por meio do vínculo com a mãe ou o pai que, inicialmente, os bebês encontram sua forma de ser e estar no mundo. Sendo assim, é natural que as crianças passem por um processo de transição. 

Para muitos bebês, o simples fato de não ter a mãe em seu campo de visão, por exemplo, pode gerar estresse suficiente para disparar o choro. Afinal, essa é uma expressão de sua insegurança e necessidade de solução do caso.

Já as crianças pequenas podem não manifestar reações nesse nível, pois elas já possuem a compreensão de que a mãe está no cômodo ao lado, por exemplo. Entretanto, se a situação envolver estar de fato em um local separado, como a escola ou a casa de um amigo, a criança pode reagir negativamente e recusar-se a se separar do cuidador. Então, o que fazer?

Como a literatura pode ajudar com a ansiedade de separação?

É fato que a leitura de bons livros infantis trabalha não só a memória e o raciocínio infantil, como também as emoções e as habilidades sociais das crianças. Mas será que existem livros que podem contribuir para que os pequenos e pequenas se adaptem à separação momentânea dos pais de modo mais saudável? Felizmente, a resposta é sim! 

Já sabemos que ler para bebês e crianças é importante por diversos motivos. No caso dos pequenos que demonstram ansiedade de separação, uma leitura adequada sobre o tema, feita junto aos pais ou cuidadores, tem o potencial de fazer grande diferença. Isso porque colabora para a compreensão dos sentimentos experimentados a partir de uma história infantil. Ou seja, com personagens e enredo que falam sua língua.

Bebês Corujas

Pensando nisso, um livro altamente recomendado para auxiliar famílias a lidarem com a ansiedade de separação, é a obra Bebês Corujas. Este é um livro Inédito Leiturinha, trazido pelo nosso Clube ao Brasil. Nele, conhecemos a história de três corujinhas que estão lidando justamente com a ausência da mamãe coruja. Veja o vídeo abaixo e conheça Sabina, Tito e Nino!

Esse livro se destaca no tema da ansiedade de separação porque enfatiza a situação a partir da ótica da criança. Assim, boa parte do enredo se concentra em demonstrar e ressaltar os sentimentos infantis (representados, então, pelos próprios bebês corujas). E isso favorece a identificação dos pequenos e pequenas com algumas das personagens.

Outro fato interessante é que, justamente por valorizar a ótica infantil, o livro mostra como as crianças podem reagir de modos diferentes ao mesmo medo ou estresse. Visivelmente, os três bebês se sentem estressados e anseiam pela volta da mãe. No entanto, as diferentes personalidades fazem com que cada um se comporte de uma forma, expressando-se conforme suas necessidades e características.

Como trabalhar a leitura com os pequenos e pequenas

A leitura do livro Bebês Corujas é ideal para trabalhar com os pequenos a percepção de retorno dos seus cuidadores. Afinal, por mais que sintam medo e não consigam entender exatamente o que irá acontecer (sentimento partilhado pelos bebês com ansiedade de separação), Sabina, Tito e Nino experimentam a alegria e o alívio de ver a mamãe coruja retornar.

Dessa forma, o foco do desfecho da narrativa não está nos motivos que levaram àquela situação, mas na certeza e segurança de que a mãe sempre voltará para seus filhos. Ler este livro com sua criança criará um momento afetivo para uma conversa que reafirme a segurança do seu pequeno.

Aproveite para expressar que, mesmo quando se separarem por um tempo, você voltará e vocês ficarão juntos novamente. Além disso, valorize os sentimentos da criança, ouça, dialogue e façam dessa leitura um momento de confiança e amor.

Uma dica final para as famílias

Uma última dica é permitir que o bebê ou a criança tenha um objeto de transição, que os acompanhe durante a ausência dos pais. Esse objeto deve ser algo permeado pela afetividade familiar, de modo a auxiliar na regulação do estresse do pequeno ou pequena. Isto é, transmitindo segurança e despertando memórias positivas. E deixe que ele escolha! Pode ser um bicho de pelúcia, um paninho ou, quem sabe, o livro Bebês Corujas!

Geralmente, por volta dos dois anos de idade, esses sentimentos tendem a diminuir. Enquanto isso, seja natural nos momentos de despedida e mantenha uma atitude positiva, por exemplo. No entanto, se o bebê continuar ansioso e estressado nessas situações de separação, procure a ajuda de um psicólogo. O profissional irá ajudar a família a lidar com essa situação!

Agora que você já sabe como a literatura pode ajudar com a ansiedade de separação, que tal fazer parte do maior clube de livros infantis e incentivar a leitura desde cedo na sua casa? Acesse o site do Clube Leiturinha e escolha o plano ideal para sua família!

Leia mais:

Categorias:
0 - 3 | 4 - 6 | Bebê
Escrito por Jéssica Oliveira
Linguista apaixonada pelo poder da palavra, pela educação em linguagens e pela excelência na produção de livros. É mestre em Estudos da Linguagem, pós-graduanda em Produção Editorial e formada em Letras – português e literaturas. Ama o universo da literatura infanto-juvenil e acredita que ele nos acompanha desde a barriga até nossos cabelos brancos. Atua como curadora na Leiturinha.
Relacionados
Como saber se seu filho tem medo além do normal?

Como saber se seu filho tem medo além do normal?

O medo faz parte da natureza humana e é importante para o desenvolvimento emocional, especialmente das crianças. Afinal, é o medo que nos ajuda a avaliar os perigos e possíveis ameaças a nossa saúde, por exemplo. No entanto, é preciso cuidado com o excesso de medo,...

Como saber se seu filho tem medo além do normal?

Como saber se seu filho tem medo além do normal?

O medo faz parte da natureza humana e é importante para o desenvolvimento emocional, especialmente das crianças. Afinal, é o medo que nos ajuda a avaliar os perigos e possíveis ameaças a nossa saúde, por exemplo. No entanto, é preciso cuidado com o excesso de medo,...

4 Comentários

  1. Avatar

    Olá Leiturinha, tentei achar o livro Bebês Corujas na loja da Leiturinha, mas não achei. Como posso adquirir o exemplar? Obrigada!

    Responder
    • Avatar

      Oi, Erika! Tudo bem? O livro Bebês Corujas é um lançamento exclusivo do Clube Leiturinha! Esse mês, ele foi enviado para os nossos pequenos leitores da categoria Pré-leitor. Se você também quer fazer parte do nosso clube do livro, é só acessar o site: https://leiturinha.com.br/ 🥰

      Responder
  2. Avatar

    Como adicionar o Bebê Corujinha à entrega mensal do meu plano?

    Responder
    • Avatar

      Oi, Bianca! Esse mês, o livro Bebês Corujas foi enviado para os pequenos e pequenas da categoria Pré-Leitor do nosso Clube Leiturinha 😁

      Responder
Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *