Ansiedade de Separação: O que fazer quando a criança não quer ficar longe dos pais?

por | set 21, 2020 | 47 Comentários

Tenho certeza que você já viu essa cena: a mãe ou o pai coloca o bebê no colo de uma outra pessoa e pronto… ele começa a chorar. Ou então, os pais têm um compromisso e precisam deixar a criança com alguém… ela não quer ir e é aquele escândalo na porta da casa. É muito comum que os bebês e as crianças menores não lidem bem com pessoas diferentes e não queiram se afastar dos pais ou de outras figuras de referência. Frequentemente eles choram, demonstram insegurança, medo e preocupações, que podem estar relacionadas à fantasia de que os pais não retornem. Como resultado essa situação gera na criança a ansiedade de separação e, mesmo as situações cotidianas, como ir para a escola ou a hora de dormir, podem se tornar uma grande dificuldade para a família.

A ansiedade de separação é normal?

Com certeza! A ansiedade de separação faz parte do desenvolvimento infantil e é comum em crianças pequenas. Esse quadro pode aparecer mesmo nas famílias onde os vínculos afetivos são bem estruturados e os pais são participativos, presentes e amorosos, pois a criança sente-se insegura e desprotegida sem a presença deles.

Geralmente, por volta dos 2 anos de idade, os sintomas tendem a diminuir, até desaparecerem por completo. No entanto, é importante lembrar que cada criança é única e precisa ter seu tempo de adaptação respeitado.

Além disso, situações inesperadas e específicas podem desencadear a ansiedade de separação, como uma perda recente, a chegada de um novo bebê, mudanças de casa, de escola ou de cidade, e estas precisam ser observadas com atenção.

O que fazer diante da ansiedade de separação?

Algumas dicas podem ajudar nessa situação:

1. Com os bebês, brincadeiras de esconder podem ser interessantes. A mãe ou o pai sai do campo de visão do filho, e em seguida retorna, mostrando que existe a ausência, mas também o retorno.

2. Não saia escondido. Conte para a criança que precisa sair e, na medida do possível, explique o motivo e o horário volta, lembrando sempre que imprevistos acontecem.

3. Não tenha medo de sair. Os pais não devem reforçar o comportamento da criança evitando a separação ou recompensando e ausência de alguma forma (por exemplo: deixar que ela durma na cama dos pais, deixar que falte à escola, levá-la junto em todos os compromissos).

4. Seja natural nos momentos de despedida, com atitudes positivas. Quando os pais estão tranquilos, a criança tem mais facilidade de entender a separação. Se os pais demonstram culpa, tristeza ou dificuldades para se despedir, o filho normalmente encara a situação como algo ruim. Lembre-se que os pais são os modelos das crianças.

5. Ajude a criança a pensar em coisas legais que irá fazer durante esse tempo. Atividades na escola, brincadeiras com os amigos, passeio com os tios ou avós.

6. Não repreenda o choro. A criança normalmente não consegue entender seus sentimentos, e o choro é a forma que encontra para se expressar.

E se essa fase não passar?

É esperado que ao longo do tempo, com o crescimento e amadurecimento, a ansiedade de separação diminua, pois a criança já é capaz de entender o que ela significa.

No entanto, se o quadro não regredir, é importante procurar ajuda e buscar a ajuda de um psicólogo. A ansiedade de separação além de causar sofrimento, pode ser um fator de risco para o desenvolvimento de outros transtornos de ansiedade e para depressão (em casos mais severos) na vida adulta.

O tratamento adequado irá auxiliar a criança a lidar com as emoções e trará muitos benefícios para ela e toda a família.

Leia também:

Escrito por Flávia Carnielli
Mãe da Maria Clara, mestre em psicologia clínica, especialista em psicologia perinatal e formada em psicoterapia infantil. * Flávia é nossa autora convidada e seus textos não refletem, necessariamente, a opinião do Blog Leiturinha.
Relacionados
Como ensinar sobre eleições para crianças?

Como ensinar sobre eleições para crianças?

“Criança não tem que se meter em assunto de adulto.” Você já ouviu essa frase? Ou talvez já tenha falado ela? Meu pai sempre esteve no mundo da política. A casa costumava estar sempre cheia de adultos falando sobre política. E quando algum pequeno queria intervir no...

Você conhece a depressão pós-parto masculina?

Você conhece a depressão pós-parto masculina?

Quando falamos em depressão pós-parto, é natural associarmos a mulher que acabou de ter o bebê. No entanto, existem muitos casos de depressão pós-parto masculina, que é pouco falada, estudada, diagnosticada e tratada.  O que é a depressão pós-parto masculina? Essa...

5 receitas de tinta comestível para fazer em casa

5 receitas de tinta comestível para fazer em casa

Toda criança adora uma boa folia, seja brincando, cantando, dançando… E na cozinha então? A folia é mais gostosa ainda. Que tal unir a brincadeira com seu pequeno com a cozinha, ou seja, o útil e o agradável? As tintas comestíveis são extremamente populares entre as...

Como ensinar sobre eleições para crianças?

Como ensinar sobre eleições para crianças?

“Criança não tem que se meter em assunto de adulto.” Você já ouviu essa frase? Ou talvez já tenha falado ela? Meu pai sempre esteve no mundo da política. A casa costumava estar sempre cheia de adultos falando sobre política. E quando algum pequeno queria intervir no...

Você conhece a depressão pós-parto masculina?

Você conhece a depressão pós-parto masculina?

Quando falamos em depressão pós-parto, é natural associarmos a mulher que acabou de ter o bebê. No entanto, existem muitos casos de depressão pós-parto masculina, que é pouco falada, estudada, diagnosticada e tratada.  O que é a depressão pós-parto masculina? Essa...

5 receitas de tinta comestível para fazer em casa

5 receitas de tinta comestível para fazer em casa

Toda criança adora uma boa folia, seja brincando, cantando, dançando… E na cozinha então? A folia é mais gostosa ainda. Que tal unir a brincadeira com seu pequeno com a cozinha, ou seja, o útil e o agradável? As tintas comestíveis são extremamente populares entre as...

A importância de escutar as crianças

A importância de escutar as crianças

Que as crianças se manifestam o tempo todo, nós já sabemos. Porém, este tema se amplia e os olhares se voltam para a maneira e situações em que os adultos se dedicam a ouvir tais manifestações. E acredite, escutar as crianças vai muito além de emprestar os ouvidos....

47 Comentários

  1. Avatar

    Olá, meu filho tem 1a9me está no auge da ansiedade de separação. Me chama o dia todo e chora muito qdo não está comigo ( não consigo nem tomar banho). Seria já o momento de procurar ajuda profissional ?

    Responder
    • Flávia Carnielli

      Olá!!!! Essa fase é normal, difícil e causa muita ansiedade nos pais. É importante muito carinho e paciência.
      Seu filho é pequenininho para um processo de psicoterapia, ainda pode esperar um pouco mais. Agora, se você estiver se sentindo muito angustiada por conta dessa fase, pode ser legal procurar um acompanhamento para você. Muitas vezes ajudando os pais ajudamos também os pequenos.
      Beijo grande…
      Flávia Carnielli

      Responder
  2. Avatar

    Ola,minha filha esta com2 anos e 6 meses,esse ano coloquei na escolinha,mas esta sendo muito difícil adaptação, chora muito. O que devo fazer? Obrigada!

    Responder
    • Flávia Carnielli

      Olá… é importante dar um tempo para ela, para que a adaptação aconteça de forma gradual. Tente deixar na escola um período menor… se mesmo assim ela não conseguir se adaptar talvez signifique que ela não está madura o bastante para isso. Caso exista a possibilidade, talvez seja interessante esperar um pouco mais. Beijo grande.

      Responder
  3. Avatar

    Oie, meu filho fez 3 anos, porem a crise separação voltou, de manhã só que ficar mamando, tudo tem que ser eu, banho, banheiro, brincar. Existe algum outro pico crescimento ou salto desenvolvimento para ocorrer isso?

    Responder
    • Flávia Carnielli

      Oi, Michelle! Tudo bem? Cada criança é única e mesmo os saltos de desenvolvimento podem variar de uma para outra. Se isso acontece apenas pela manhã, tente mudar um pouco a rotina de vocês… isso pode ajudar. Beijos.

      Responder
  4. Avatar

    Oi minha filha tem 6 anos com a mudança de escola no primeiro dia de aula ela começou a passar mal durante a semana tudo acontecia pela manhã quando começava a rotina de se organizar para ir a escola ai começa sentir: dor de barriga, enjoo, vomito e até um pouco de diarreia. Queria saber se isso é tambem uma crise de anciedade.

    Responder
  5. Avatar

    Ola meu filho tem 6 e chora muito pra ir pra escola,não sei mais o que fazer,ele chora,faz um escândalo pra não ir e pra não entrar na escola,mais depois que ele entra ele fica, assim que eu saio ele para de chorar e faz tudo,a tarefas brinca com as outras crianças normal,mais pra ir todo dia é uma luta,eu já não sei o que fazer tem semana que ele vai bem tem semana que é uma luta eu já cheguei no meu limite 😥

    Responder
  6. Avatar

    Estou em processo de separação com ex esposa e fico com meu filho fins de semana alternados.
    Toda vez que chega hora de nos separar é muito choro, ele me agarra e abraça forte e não quer que eu vá.
    Confesso que seguro pra não chorar e gostaria de saber como agir pra tranquiliza-lo e atenuar sofrimento?
    Obrigado.
    Hércules Afonso.

    Responder
  7. Avatar

    ME AJUDE DR.

    JÁ FAZEM 3 SEMANAS QUE MINHA IRMÃ DE 5 ANOS N QUER IR PRA ESCOLA COM MEDO DE FICAR LONGE DA MINHA MÃE.

    NÃO SABEMOS MAIS OQ FAZER.
    ME ORIENTE POR FAVOR.

    PESQUISEI E VI QUE SE TRATA DE TRANSTORNO DE ANSIEDADE DE SEPARAÇÃO COMO VENCER ISSO?

    Responder
  8. Avatar

    Olá,
    Minha filha tem 3 anos e 7 meses, daqui um mes e meio preciso fazer uma viagem. Já percebo nela esse sofrimento na despedida seja pra eu ir na padaria. Tem alguma dica que posso usar além da paciência ?

    Obrigada!

    Responder
  9. Avatar

    Meu filho está com 2 anos e 6 meses segundo dia de aula ,já quero desisti estou cansada choro na sala dele todos choram isso irrita ele muito me dê dicas

    Responder
  10. Avatar

    Boa noite… O que fazer se a criança não fica a sos vom o psicólogo? A mãe tenta sair e ele se desespera… Tem que forçar? E ela sai naturalmente e volta?

    Responder
  11. Avatar

    Bom dia!

    Minha filha está com 3 anos e 3 meses, eu sempre trabalhei. Minha mãe levou ela a escola o ano passado inteiro, mesmo reclamando para ficar na escola no inicio no final do ano ela já estava tranquila e adorava a professora. Esse ano nos mudamos e colocamos em outra escola, minha mãe continua a levar, mas ela quer q a avó fique com ela lá e está muito agarrada em mim, quando chega a noite ela já começa a me agarrar e chorar dizendo que quer que eu fique com ela para sempre e que não quer que eu trabalhe, e é difícil acalmá-la quando começa com essa crise. Não sei o que fazer. Ela era muito tranquila com relação ao meu trabalho e já até dormiu na casa de outras pessoas sem problema (ela mesma que quis) e hoje parece que regrediu. O que pode ter ocasionado isso?

    Responder
  12. Avatar

    Olá, bom dia!
    Minha filha tem 3 anos e começou na creche aos 10 meses. Sempre chora muito na hora da separação, seja quando eu a levo ou o pai. Faz um escândalo.
    Conversei com a equipe escolar, professores e todos dizem que depois que a deixamos, ela se alcama e interage normalmente o dia todo com todos. Isso já dura 2 anos. Ela também teve acompanhamento com psicoterapeuta.
    Gostaria de dicas e atividades que poderia aplicar, além das acima descritas, pois as aplico e ainda sem resultado. Ás vezes tenho vontade de aplicar os velhos métodos da minha vó, mas respiro fundo.
    No aguardo dos seus comentários.
    Muito obrigada

    Responder
  13. Avatar

    Olá, tenho um filho de 9 anos e um de 4 anos com a chegada do menor meu filho mais velho mudou mto seu comportamento, achei que com o tempo fosse melhorar, mas cada dia esta pior, e agora ele começou a gritar e chorar por qualquer coisa, não faço mada pra um se não poder fazer igual para o outro e mesmo assim ele nos reprime dizendo que gostamos mais do irmao mais novo, nao sei o que fazer, preciso de ajuda.

    Responder
  14. Avatar

    Olá, meu filho tem 8 anos e a aproximadamente 1 ano, eu me separei da mãe dele. Porém tenho percebido que ele esta demonstrando um nível de ansiedade elevado. Sempre busco manter o contato e alternadamente a cada semana, ele passa os finais de semana ou feriado comigo. A mãe por não se conformar com a separação não sabe conduzir uma conversa com a criança. O que devo fazer?

    Responder
  15. Avatar

    Ola minha filha tem 4 anos e 8 meses.ja e o segundo ano que estuda e utimamente está com muito medo de ficar na escola.primeiro disse que foi um coleguinha que bateu nela e tem muito medo dele.ja falei com a mãe dele .ele já pedido desculpa,pegou na mãozinha dela.mis e um medo muito grande,não quer ir pra escola d jeito nehum.todo dia e um chororó.nao quer mais que eu vá trabalhar.ate hj ela dormi na cama comigo e o pai dela.morre d medo d dormi no quarto dela.ja está com uns 15 dias que ela fica a força na escola.saiu de lá com o coração partido. As professoras dizem que foi depois de uma gripe que ela pegou e que ficou afastada da escola por uns dias .e voltou asim,mais tá uma coisa orrivel,chora por tudo, grita d mais ,dis que quer mudar de escola.nao sei mais oq faço,oq devo fazer?

    Responder
  16. Avatar

    Minha filha de 10 meses e simplesmente não quer mais ninguém. Até o pai está com dificuldades para ficar com ela. Eu n posso nem ir escovar os dentes que o chororô começa. 😢😢

    Responder
  17. Avatar

    Olá
    Meu filho tem 3 anos e portando depois da separaçao ele ficava comigo e o pai , foi muito doloroso a separação pois tive que voltar a trabalhar e ele ficou com avó dele e o pai ,com esse tempo eu só pegava ele nos fins de semana , e eu me sentia muito mal por isso, contudo sai do emprego e peguei meu filho de volta para morar comigo , ele tá muito sentido quando tá comigo quer voltar pra casa do pai , quando tá lá quer voltar pra minha casa… E ele tem mudanças de humor , muito sentido , tem horas que ele é muito carinhoso e depois agressivo… o pai dele faz todos os querer dele, já sou um pouco mais segura não faço… E disse o pai dele que ia voltar a fazer meu papel de mãe pois sinto falta dele e ele de mim… sendo que até hoje ele não está na escola por conta do pai dele não aceitar por ele ser ainda bebê,eu já não acho legal, pois ele é muito inteligente entende tudo, fala tudo, fala muito bem… Não tem nenhum tipo de dislexia… disse o pai dele que ia procurar um colégio e ele não aceitou. Enfim como sou a mãe , quem sabe sou eu !!e ajude meu bebê está sofrendo muito, e me sinto culpada. Obrigada

    Responder
  18. Avatar

    Meu neto tem 5 anos e sempre que os avós, que não moram com ele, o visitam, mostra muita alegria, dá muitos abraços,mas wuando vamos embora fica a chorar copiosamente silêncio. O que fazer?

    Responder
  19. Avatar

    Meu filho tem um ano dormiu no seu próprio quarto desde os quatro meses,agora está com algumas dificuldades para um bom sono não sei o quê fazer ele faz birras chora grita e sacode o berço a noite toda. O quê eu faço

    Responder
  20. Avatar

    minha sobrinha de 7 anos faz um escândalo quando a mãe sai e não leva ela,aconteceu agora a pouco que a mãe dela teve q ir no hospital de urgência levar minha mãe e minha sobrinha ficou inconsolável em casa comigo e eu não sei o que fazer agora ela dormiu mas esta dormindo e soluçando por causa do choro, gostaria de uma dica para ajudar minha irmã e minha sobrinha
    desde já agradeço

    Responder
  21. Avatar

    Bom dia, meu filho frequenta a creche desde os 6 meses. Está com 1 ano. Depois, do retorno das férias deu pra chorar na entrada da escola. Não quer ir no colo dos familiares mais. Mudou completamente! Tá aquele neném manhoso…

    Responder
  22. Avatar

    Boa tarde. Sou pai solteiro, eu e minha ex mulher nos separamos em 2016, porém minha filha me viu poucas vezes por motivos que não citarei aqui. Minha filha completa 3 anos em dezembro e foi estipulado pela justiça que posso pegá-la aos domingos como período de adaptação, porém minha filha é super apegada a mãe e chora muito ao se afastar dela, as vezes em que me viu a mãe estava por perto então foi um pouco mais tranquilo mas agora a situação será diferente pois minha filha passará algumas horas comigo sem a presença da mãe. Como devo agir caso ela comece a chorar?

    Responder
  23. Avatar

    Olá, meu filho tem 1 ano e 7 meses, fica desesperado sem o pai, chora, ele não pode sair de um cômodo ao outro, mais estranho disso tudo, que eu fico com e dia todo e ele está assim com o pai, isso é normal?

    Responder
  24. Avatar

    Minha filha tem 8 anos de idade passou por algumas cirurgias e nesse período dormi com ela.
    Agora não quer mais dormir sem mim( apesar que antes ela já pedia para eu deitar com ela até dormir ,só que ela desde de bebê dorme só, isso veio acontecer dos 7 anos até o momento) quando sente minha falta na cama vem para meu quarto me chamar ,sofre que não quer ir na aula para não ficar longe de mim.

    Responder
  25. Avatar

    Olá! minha sobrinha chora todas as vezes que me ve eu acho que é porque todas as vezes que eu fico com ela a mãe dela precisa sair escondida acredito que ela associa minha imagem a falta da mãe mas todas as vezes que ela me ve mesmo a mãe estando presente e não tendo que sair ela chora e grita muito já estou me assustando com tal comportamento o que fazer?

    Responder
  26. Avatar

    Boa noite. Temos em casa uma princesa de 6 meses. É neta e desde que nasceu vive conosco, com os pais e tios. Mas ela estranha o avô e o tio. É uma criança que interage pouco. Ñ é risonha e quando o pai chega do serviço ela da muito trabalho para dormir. As vezes chega a ficar acordada durante metade da Madrugada. Devemos nos preocupar? Isso é normal? Essa rejeição pela parte masculina e so aceitação pelo pai?madrugada.

    Responder
  27. Avatar

    É uma criança que chora muito tambem e a impressão que dá e que sente muito a ausencia do pai. Ñ é muito brincalhona é bem fechada. Meu filho teve dislexia e disturbios de ansiedade quando criança, comprovados em exames pela APAE ,ele é o pai dela! Ele tambem foi uma criança muito fechada, ñ ria, chirava muito e estranhava tido mundo. Ela pode ter herdado essas características dele? Devemos nis preocupar quanto ao fato da genética, por cinta da dislexia e ansiedade mesmo ela tendo só 6 meses? E essa rejeição as pessoas de casa do sexo masculino? Tem algum fundamento?

    Responder
  28. Avatar

    Ola meu filho fez 6 anos nunca chorou ao ir a escola e de uns dias pra ca sempre chora não quer ir pq tem medo de me perder e que nao quer ficar lonje de mim oq Eu Fasso?

    Responder
  29. Avatar

    Olá, meu filho tem 6 anos e a uns 6 meses começou a chorar quando eu saio. Se vou na cozinha ele já vem atrás de mim( mesmo com o pai junto dele). Em festas ele mesmo brincando com os amigos fica de olho em mim se vou estar sentada da mesa ou não. Se desço do carro em algum lugar e ele fica com qualquer pessoa me esperando, quando volto ele já está em prantos, com o coração acelerado. Ele nunca teve isso! Estou muito preocupada, estou fazendo acompanhamento psicológico mas n estou vendo resultados!

    Responder
  30. Avatar

    Mas e quando a criança tem 5 anos de idade e não quer ir a escola? Em resumo minha sobrinha ia a esocla normal, nao deu enormes trabalhos antes, o normal que todas mamaes precisam lidar.
    Aí ela ia normal e agora começou a chorar por diversas vezes dizendo que não quer ir porque não quer ficar longe da mamae.
    Eu e minha irmã falamos muito sobre tudo e ela me contou que a pequena chora e que ela já investigou na escola e sobre coleguinhas em geral, para saber se algo pudesse estar ocrrendo. Não achamos nada. Ela gosta da escola e se sente bem recebida por lá.
    Mas continua a chorar e tem medo de perder a presença da mae. Ela é muito ansiosa , mas isso está nítido que vem a mae, minha irmã. Nossa familia é muito ansiosa.
    A ajuda que busco aqui é, devemos só trabalhar a ansiedade? ou tem alguma dica e ajuda sobre o porque ela não está querendo mais estar na escola e só quer ficar com a mãe e em casa?
    Haaa ela ganhou um irmão que agora está com 5 meses. Ela é carinhosa com o baby.
    Alguma ajuda profissional aqui para nos dar uma luz?
    Muito obrigada e muito amor a todas as famílias <3

    Responder
  31. Avatar

    Minha filha está com 6 anos ,e agora ela chora e fica muito nervosa e tem ânsia de vômito, quando eu tenho que sair de perto dela , isso começou a acontecer depois que a irmã dela foi embora estudar em outra cidade ,e ela também teve que ir pra outro colégio ,o que será ? Me ajude por favor ,o que posso fazer ?

    Responder
  32. Avatar

    Olá! minha filha tem 5 anos e 6 meses de uns dias pra ca sempre chora pq não quer ir ao Colégio, fala que sente saudade minha. Já investiguei para ver se tinha acontecido algo no Colégio mais não aconteceu, ela fala que gosta dos amiguinhos, das professoras do colégio que o único problema é que fica com saudade minha. Eu Fasso o que?

    Responder
  33. Avatar

    Ola meu filho tem 4 anos e 7 meses e chora muito pra ir pra escola,não sei mais o que fazer,ele chora,faz um escândalo pra não ir e pra não entrar na escola,mais depois que ele entra ele fica, assim que eu saio ele para de chorar e faz tudo,a tarefas brinca com as outras crianças normal,mais pra ir todo dia é uma luta. Detalhe q ele ia tranquilamente, mas aí teve 1 semana de férias em setembro e também ficou uma semana em casa pois estava doente, a partir daí começou o problema para ir a escola.

    Responder
  34. Avatar

    Boa tarde
    Meu nome e Lindaura sou mãe da Gabriela de 4 anos e hj dia 22/12/19 faz 4 dias que ela não para de reclamar e chorar , porque não quer crescer não quer ir a escola .. sente saudade dos pais e não quer se separar …já conversamos com ela sem castigo sem bater sem gritar como sempre fizemos mais ela tá constantimente na mesma situação ..já estamos preocupados não sei mais o que fazer .por favor como pode me ajudar ? Agradeço desde de já

    Responder
  35. Avatar

    Meu segundo filho tem 9 meses e ele simplismente não fica sem mim, nem mesmo dentro de casa quando quero fazer algo como: lavar louça, dobrar roupas e arrumar a casa. Se estou do lado dele ele até fica algum tempo brincando no chão mas, se eu viro as costas ele já começa o maior escandalo e já vem engatinhando e chorando atrás de mim. É um sufoco, já não sei o que fazer!

    Responder
  36. Avatar

    Oi
    O meu filho de 2anos tá numa fase q só quer a mãe ou o pai.
    Quando o pai vem almoçar, fica imenso tempo chorando o nome do pai. Fico até cansada. Comigo é ainda mais intenso. Não posso sair da divisão da casa onde nos encontramos, q logo chora e grita mãe até eu voltar. Eu não consigo fazer nada de nada em casa. Nem fora dela. Não fica c a avó,pois ao chorar perto de uma meia hora, quase q vomita de tanto arranhar a garganta e a avó n aguenta e me chama. Eu não tenho uma noite completa, nem uma hora pra mim. Sinto me tão esgotada e deprimida, q só penso em fumar fumar e dornir . não tenho apetite e o meu casamento tá no fim.
    O pai é egoísta e não me apoia nos meus pedidos de ajuda.
    O q devo fazer? Se eu for no banheiro ele chama chama ou vai lá e tenta me tirar de lá..

    Responder
  37. Avatar

    Olá…minha pequena tem 5 aninhos, e após ter acontecido um desencontro meu e do pai dela,e consequentemente nós chegamos bem atrasados pra busca-la na escola, ela todos os dias quando vê os amiguinhos indo embora ela chora e se desespera…eu já conversei, expliquei que mamãe sempre volta, que imprevistos existem mas ela continua do mesmo jeito…chora tanto que vomita… não sei mais o que fazer…

    Responder
  38. Avatar

    Fiquei com minha filha em tempo integral por 4 anos e 6 meses que é a idade atual dela, e logo agora precisei voltar a trabalhar para ajudar complementar a renda. Sendo que minha filha sempre foi muito bem na escola, sempre ficou com os avós, e agora está muito chorona, tudo irrita ela, não está se alimentando bem. Sendo que quando eu ficava com ela integralmente se alimentava bem, e não ficava chorando todo tempo. Como devo proceder, já estou entrando em desespero em ver lá assim. Me ajude por favor. Desde já agradeço.

    Responder
  39. Avatar

    Oi, meu primo tem 11 meses de idade e não fica com ninguém, nao dorme se a mãe não estiver por perto, e chora o tempo todo desesperadamente, as vezes até mesmo quando está com a mãe dele. Será que esse seria o caso dele também ??

    Responder
  40. Avatar

    Ola boa noite, a minha Bebe tem 20 meses, me separei, e minha mae me trouxe para morar na Holanda, Por motivos financeiros eu tive que deixar a minha Bebê ir morar com o Pai e Avó paterna, eu ssmpre faço vídeo chamada com ela, e ela fica toda feliz dirrepente se irrita e chora muito manae gritando, eu estou me sentindo muito triste e mal com essa cituacao, nao sei o que faço, estou com arrependimento da minha decisão 😭

    Responder
  41. Avatar

    Oi, eu tenho dois filhos e mais nova tem 3 anos e 3 meses coloquei ela no balé a 4 meses porem ela não fica se eu não ficar e ainda quer ficar no meu colo o tempo todo. tento sair mais ela chora porem quando saiu ela faz os exercícios mas chora. Ela adora dançar mas não fica sem eu. Gostaria de um conselho como devo agir , eu adoraria que ela ficasse no bale e fizesse as apresentações como as outras crianças.

    Responder
  42. Avatar

    Olá!! Meu filho tem um ano e nove meses e este ano começou a ir na creche e sempre que está chegando perto da creche ou até mesmo la dentro ele vomita.Mas depois entra na salinha e age normal durante o dia.O que fazer pra que esses vômitos aconteça,e pq isso acontece?

    Responder
  43. Avatar

    oi meu filho tem 12 anos não sei o que fazer ele não fica sem mim e sem o pai dele

    Responder
Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *