Prêmio Reclame Aqui

Por que as crianças mentem? Confira 10 maneiras de lidar com isso

por | abr 5, 2021 | 16 Comentários

Quem nunca contou uma mentirinha que atire a primeira pedra! Seja para preservar sua intimidade, para evitar um constrangimento ou até para ser educado, todo mundo mente em algum momento da vida. E esse fenômeno começa a acontecer cedo! Afinal de contas, por que as crianças mentem?

Normalmente, as crianças começam a mentir por volta dos 2 anos de idade. Mesmo quando ainda não falam, é possível perceber que elas já mentem quando apontam para objetos ou para outras pessoas.

Para que serve uma mentira?

Assim como os adultos, as crianças mentem para não decepcionar alguém querido, para conquistar algo que desejam, para fugir de responsabilidades, chamar a atenção dos pais, impressionar alguém ou para evitar um castigo.

No caso de crianças muito pequenas, a mentira também pode representar certa confusão entre realidade e imaginação, aparecendo como resposta a algo que elas não entenderam ou interpretaram errado. Por isso, antes de qualquer coisa, é importante estar atento para ter certeza de que a mentira foi intencional, com o intuito de obter algum ganho pessoal.

Além disso, as mentiras podem ser formas de esconder angústias e frustrações. Ou podem ser até mesmo reproduções do comportamento dos adultos, uma vez que somos nós os modelos – enquanto crianças tendem a copiar aquilo que aprendem e observam.

Pais e mães, vocês são o exemplo!

Os pais e as mães têm um papel muito importante na hora de demonstrar honestidade. São eles que têm a maior influência quando se trata de instalar um compromisso com a verdade e devem ensinar às crianças desde cedo sobre a importância de ser honesto.

É importante deixar claro que mentiras não podem ser usadas como recurso para se livrar de alguma situação e que mentir não pode ser uma saída conveniente em certas ocasiões.

E como lidar com as mentiras?

1. Dê o exemplo

Pais e mães não devem esquecer que as crianças observam tudo aquilo que os adultos fazem e, normalmente, agem de forma semelhante. Então muito cuidado! Não vale dizer às crianças que é errado mentir e, ao mesmo tempo fingir que está ocupado para não ter que atender uma ligação indesejada ao telefone.

2. Mantenha a calma

A criança pode se sentir mais insegura e amedrontada se perceber que os adultos responsáveis estão nervosos. Com esse clima, ela certamente terá mais dificuldades para assumir o erro.

3. Não crie armadilhas para contradizer a criança

Se perceber que seu filho ou filha está mentindo, fale abertamente sobre o assunto. Por exemplo: se os pais sabem que a criança não fez a tarefa da escola, em vez de perguntar: “Você fez a lição de casa?”, podem dizer: “Vi que você não fez a lição de casa. O que aconteceu?”.

4. Explique as consequências de não falar a verdade

A criança precisa entender que ao contar uma mentira pode quebrar a confiança que os outros têm nela.

5. Esteja preparado para ouvir verdades nem sempre boas ou diferentes daquelas que você gostaria

Afinal, a criança precisa se sentir segura para falar a verdade.

6. Não dê punições

A criança pode chegar à conclusão de que uma mentira vale a pena, desde que ela suporte o castigo. Algumas podem inclusive começar a pensar em formas mais elaboradas de mentir, para evitar serem descobertas.

7. Dê à criança a oportunidade de corrigir o erro

A possibilidade de reparar um dano normalmente é muito mais eficiente do que um castigo e certamente vai contribuir de maneira positiva para o amadurecimento emocional da criança.

8. Ajude a criança a pensar em outras possibilidades em vez de mentir

Pais e mães podem auxiliar os pequenos e as pequenas a resolverem seus conflitos buscando sempre soluções verdadeiras juntos.

9. Não chame a criança de mentirosa e nem chame a atenção na frente dos colegas ou de outros adultos

Escrevemos outra matéria aqui no Blog Leiturinha sobre como chamar a atenção da criança em público 

Confira as dicas! 👆

10. Cuidado para não invadir a intimidade da criança

Algumas vezes, os pais acusam os filhos de mentirem porque eles não querem falar sobre determinado assunto. Ter segredos é permitido e a privacidade deve ser respeitada. O mais importante é que os adultos se mostrem disponíveis e acolhedores. Dessa forma, quando as crianças se sentirem prontas, poderão falar sobre esses assuntos se assim desejarem.

A literatura como forma de abordar o tema com as crianças

Como falamos anteriormente, conversar abertamente com os pequenos e as pequenas sobre as mentiras e suas consequências é fundamental. Portanto, que tal contar com o apoio dos livros infantis para abordar o tema de forma natural e iniciar uma troca saudável sobre o assunto? Confira as recomendações que selecionamos diretamente da Loja Leiturinha!

Pig, o travesso

Aproveite as desventuras de Pig, o travesso para abordar o assunto das mentiras em casa de forma leve e divertida! Pig é um cachorro da raça pug que sabe muito bem como escapar das broncas: mentindo… Até que uma bola de boliche põem um fim nessa história!

👉 Clique aqui e adquira este título na Loja Leiturinha!

Pinóquio: Diversão com Toque e Sinta

 

Clássicos serão sempre clássicos! Por isso, preparamos este livro especial com a história do boneco que sonha em ser um menino de verdade para nossos pequenos leitores e pequenas leitoras. Pinóquio: Diversão com Toque e Sinta é um livro que conta com elementos interativos, como texturas e recortes, que estimulam a imaginação e a imersão na história do boneco de madeira cujo nariz cresce toda vez que mente!

👉 Adquira este título aqui na Loja Leiturinha!

Leia mais sobre o assunto:

Escrito por Flávia Carnielli
Mãe da Maria Clara, mestre em psicologia clínica, especialista em psicologia perinatal e formada em psicoterapia infantil. * Flávia é nossa autora convidada e seus textos não refletem, necessariamente, a opinião do Blog Leiturinha.
Livros selecionados por faixa etária, todo mês na sua casa. Saiba Mais.
Relacionados
Maternidade Real: A visão de mulheres reais sobre ser mãe

Maternidade Real: A visão de mulheres reais sobre ser mãe

“Viver a maternidade real é me doar a todo momento. É pensar e estar com ele no meu pensamento 24 horas por dia. É me preocupar, é sentir esse medo, acho que até mesmo um medo de perder. É querer aproveitar cada momento como se fosse único e pedir que o tempo pare."...

Qual é a importância da leitura na educação infantil?

Qual é a importância da leitura na educação infantil?

De modo geral, os livros têm a capacidade de formar cidadãos ativos na organização de uma sociedade mais consciente e crítica. Mas qual é a importância da leitura na educação infantil, especificamente? Neste texto, você irá descobrir por que desenvolver o hábito da...

Meu filho dorme mal: 5 dicas para noites mais tranquilas

Meu filho dorme mal: 5 dicas para noites mais tranquilas

Meu filho dorme mal, o que fazer? 😴 Se essa pergunta não sai da sua cabeça, é bom prestar atenção nas informações que temos para você! O sono é importante para que o desenvolvimento mental e físico das crianças ocorra de forma saudável. Como essa fase de crescimento é...

Maternidade Real: A visão de mulheres reais sobre ser mãe

Maternidade Real: A visão de mulheres reais sobre ser mãe

“Viver a maternidade real é me doar a todo momento. É pensar e estar com ele no meu pensamento 24 horas por dia. É me preocupar, é sentir esse medo, acho que até mesmo um medo de perder. É querer aproveitar cada momento como se fosse único e pedir que o tempo pare."...

Qual é a importância da leitura na educação infantil?

Qual é a importância da leitura na educação infantil?

De modo geral, os livros têm a capacidade de formar cidadãos ativos na organização de uma sociedade mais consciente e crítica. Mas qual é a importância da leitura na educação infantil, especificamente? Neste texto, você irá descobrir por que desenvolver o hábito da...

Meu filho dorme mal: 5 dicas para noites mais tranquilas

Meu filho dorme mal: 5 dicas para noites mais tranquilas

Meu filho dorme mal, o que fazer? 😴 Se essa pergunta não sai da sua cabeça, é bom prestar atenção nas informações que temos para você! O sono é importante para que o desenvolvimento mental e físico das crianças ocorra de forma saudável. Como essa fase de crescimento é...

16 Comentários

  1. Angela Brigagao

    Adorei o blog leiturinha…
    Mais uma vez atenta às suas publicações Flávia!! 😍

    Responder
  2. hipolito de oliveira

    Excelente texto. Muito importante para todos os pais.

    Parabéns e muito obrigado Flávia!

    Hipólito, arquiteto e pai do Miguel.

    Responder
    • Eliane Parisi

      Gostei muito do texto e da orientação!

      Essa ajuda é muito importante para olhar a questão com olhos de amor e não de crítica.

      Aponta para ações que ajudam a compreensão dos adultos em relação aos momentos vivenciados pelas crianças.

      Eliane avó da Isis

      Muito obrigada Flávia!!

      Responder
  3. Anna Claudia Okano

    Parabéns pelo artigo Flávia, de excelente valia. Situações que pensamos ser simples e fáceis de lidar, acabam se tornando um problema quando não sabemos a maneira correta de agir.
    Obrigada por compartilhar sua sabedoria!

    Anna Claudia, médica, mãe do Leonardo.

    Responder
  4. Nayara

    Foi de grande valia esse texto, estou passando por esses probleminhas com minha filha de 4 anos. Parabéns pelo Texto

    Responder
  5. Cristiane

    Parabéns Flávia.. foi muito válido pra mim…meu FILHO de 9 anos está mentindo demais sobre a escola..e isso está nos preoculpando demais…já não sabemos pq fazer…😔

    Responder
  6. Cristiane

    Obrigada Flávia…foi muito válido pra mim..meu FILHO de 9 anos está mentindo demais sobre a escola estamos muito preocupados não sabemos mais pq fazer…😔

    Responder
  7. Myckaela

    Meu filho de 4 anos, 4 anos apenas, fala pro meu marido que eu estou abraçando e beijando outro homem na rua. Ja aconteceu 2 vezes que ele fala isso e meu marido acha q estou traindo ele. Nao sei mais oque faço. Me ajuda!

    Responder
  8. cecilia

    bom dia… Tenho passado por essas situações com muita amada filha, gostei muito de suas dicas, com certeza vão me ajudar.

    Responder
  9. jennifer montenegro

    ola minha filha tem 2 anos e meio , e deu pra mentir , nao sei oq fazer onde moro so tem crianças de 5 e 8 anos…nap quero minha filha assim … vou testar os metodos obrigada

    Responder
  10. Ricardo Antonio Elias

    Vc pode me ajudar? Quero entender. Moro com minha esposa, minha enteada de 34 anos , separada e a filha de 4 anos. Tenho 71 anos. Eu e minha enteada não conversamos. Tive um atrito há um ano e resolvi não conversar mais com ela. A netinha sempre diz q nao gosta de mim. Eu brinco com ela quando ela quer somente mas nao brinco muito. Nunca fala bom dia, nao olha p mim. Ontem ela veio no meu colo, q achei estranho, começou a cutucar o meu rosto como querendo machucar e me disse: vovô malvado, eu não gosto de vc. Eu sempre digo q gosto muito dela. Ela é uma graça, esperta e inteligente. Tem 4 anos. Minha mãe disse p eu não brincar com vc pq vc é malvado. Achei muita graça e ri muito, mas me pegou. Qual a tua opinião? Tem interferência da mãe? Criança mente? Inventa? Me ajude. Grato.

    Responder
  11. Gislaine Ferreira Dantas

    Meu filho tem 6 anos e a uma semana fala que um colega bate nele pega o lanche na escola e joga no lixo achei um absurdo fui a escola a diretora disse que não via isso chamou o menino que negou depois de alguns dias meu filho disse que outro menino estava fazendo o mesmo aí de tanto ligar na escola começam a observa lo escondido e tudo era mentira oque eu faço?

    Responder
  12. Lenir LIma da silva nobre

    Belissimo texto aprendizato e tantooo….

    Responder
  13. EDENICE DE JESUS DE SOUZA

    Gostei muito do texto acima, estou passando por momento com meu filho, descobri que está mentindo para mim.
    Triste mas foi de grande importância ler este texto.
    Vou saber conversa com ele.
    Muito, muito obrigada.

    Responder
  14. Cristiane

    Estou mt confusa. Minha filha de 11 anos raspou a Sombrancelha, não tem como não perceber e ela jurando pela própria vida q não havia feito nada! Estou assustada e mt chateada, pq em várias outras ocasiões em q ela falhou e eu a encorajo q falhar faz parte do progresso, os erros fazem parte da vida! Enfim…
    Normalmente faço o descrito, mas por que ela jurou pela vida e mentiu , estou em estado de choque…

    Responder
Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *