Aniversário da Leiturinha, os melhores descontos pra incentivar a leitura infantil. Vem pro Clube! Assine agora

Como trabalhar a empatia com crianças?

por | fev 9, 2022 | 0 Comentários

A empatia é uma capacidade fundamental para a vida em sociedade. Por meio dela, as pessoas podem viver de maneira mais solidária, generosa e compreensiva, por exemplo. Pensando nisso, desenvolver a empatia desde a infância parece bastante importante, não é mesmo? E é justamente por esse motivo que preparamos este artigo! Aprenda agora mesmo como trabalhar a empatia com as crianças. ✨ Acompanhe!

Leia mais:
👉 Como ensinar seu filho a lidar com as emoções?
👉 A importância de ensinar gratidão às crianças
👉 5 dicas para desenvolver a inteligência emocional do seu pequeno

O que é empatia?

De forma geral, empatia é a habilidade de colocar-se no lugar do outro. Ou seja, é uma capacidade muito relacionada com a compreensão dos anseios e também dos receios de outras pessoas. E enquanto seres humanos, todos nós possuímos nossos próprios desejos e medos, certo?

Nesse sentido, a empatia é uma competência bastante necessária para a vida em grupo, já que precisamos nos relacionar com outras pessoas o tempo todo! Dessa maneira, uma postura voltada para o entendimento do outro e daquilo que o motiva, costuma ser um caminho saudável para a harmonia e também para evitar conflitos. 😌

Para além disso, a empatia é geralmente uma das características daquelas pessoas que fazem muitos amigos! Principalmente, das que conquistam o respeito e admiração de quem está ao seu redor.

Portanto, um primeiro passo na construção de uma sociedade melhor, é descobrir como trabalhar a empatia com crianças! Vamos lá?

Como trabalhar a empatia com crianças?

Por vezes, pode ser bastante desafiador trabalhar a empatia com as crianças. Isso porque determinadas competências, como as habilidades socioemocionais, não são desenvolvidas de uma hora para a outra. Isto é, precisam ser exercitadas: seja em casa, na escola, com os amigos(as) e em todo e qualquer lugar!

A escola, em especial, costuma ser um ótimo lugar para incentivar a empatia entre os pequenos e pequenas. Isso porque, no ambiente escolar, as crianças são estimuladas a interagir e conviver com pessoas de diferentes etnias, nacionalidades, grupos sociais, religiões e muito mais. 👩🏽‍🦱🧒👦🏿👩‍🦰👧🏼 E isso, com certeza, trará muitos aprendizados para todas elas!

No entanto, há algumas outras dicas para os pais, mães e pessoas responsáveis trabalharem a empatia com as crianças também em casa, para além do ambiente escolar. Confira:

1. Comece se lembrando da importância do exemplo

Não existe um momento certo para começar a ser mais empático(a). O importante é que este seja um hábito na rotina de qualquer pessoa. Até porque, a melhor maneira de ensinar a empatia para as crianças, é justamente por meio do exemplo dos adultos!

Crianças que convivem com adultos empáticos costumam ser aquelas que desenvolvem essa característica com maior facilidade. Por isso, um bom primeiro passo para trabalhar a empatia com as crianças é sendo você mesmo uma pessoa empática. E deixando que os pequenos e pequenas notem esse comportamento!

Para isso, seja empático(a) com os amigos e familiares, com vizinhos e outras pessoas que encontrar ao longo do seu dia. Para muito além da cordialidade, ouça com atenção o que as pessoas têm a dizer, demonstre interesse, se coloque a disposição para ajudar e não julgue os outros. Essas são algumas atitudes simples para praticar a empatia no dia a dia!

2. Ensine a criança a compreender suas próprias emoções

Antes de compreender os outros, é fundamental que, primeiro, as crianças entendam o que elas mesmas estão sentindo. No entanto, aprender a lidar com os próprios sentimentos e emoções costuma ser um grande desafio. Até mesmo para os adultos, não é mesmo?

Nesse sentido, desde a primeira infância, é importante ajudar os pequenos e pequenas a reconhecerem alguns dos seus sentimentos, tais como:

  • Felicidade;
  • Tristeza;
  • Frustração;
  • Ansiedade;
  • Medo;
  • Ciúmes;
  • Euforia;
  • Entusiasmo;
  • E muito mais!

Vale lembrar que, além dos pais, mães e pessoas responsáveis, os professores(as) e educadores(as) são também fundamentais nesse processo. Então, mantenha um relacionamento próximo com a escola e aposte nesta parceria durante todo o ano letivo! 🤝

3. Ouça sempre o que a criança tem a dizer

Uma dica importante para trabalhar a empatia com crianças é não deixar nunca de escutar os medos, angústias e anseios dos pequenos e pequenas. É fundamental que eles sintam que podem compartilhar com você todas as suas alegrias e também as suas tristezas. Por isso, ouça sempre com atenção, tudo bem?

Dessa forma, você acolhe os sentimentos das crianças, exercitando a empatia na prática. E além de criar um ambiente protegido e seguro em família, você ensina como ela deve fazer para escutar as aflições dos outros também!

4. Utilize filmes e desenhos animados

Alguns recursos como filmes infantis, desenhos animados e jogos educativos também podem ser muito úteis para abordar a empatia com as crianças. 🎬 Afinal, os pequenos e pequenas podem se identificar com os personagens e os desafios que eles vivem. Assim, as experiências que as crianças vivem por meio das telas, poderão servir de exemplo e reflexão para seus próprios conflitos!

5. Use e abuse dos livros infantis

Há também livros específicos, que podem ajudar nessa tarefa de trabalhar a empatia com as crianças. Uma sugestão muito interessante é ler diariamente com as crianças, antes do cochilo ou da hora de dormir, por exemplo. 📚🌛

Ler em família é muito importante: além de reforçar os vínculos entre adultos e crianças, a leitura compartilhada trabalha aprendizados, acalma os pequenos e pequenas e ajuda a embalar as crianças antes delas adormecerem. Portanto, é uma atividade que só traz benefícios para sua família! Que tal introduzir esse hábito em sua casa?

Dicas da Leiturinha para trabalhar a empatia

Agora que você já sabe como trabalhar a empatia com as crianças, é hora de apresentar uma série de sugestões da Loja Leiturinha para a sua família! São livros infantis bastante interessantes, que apoiam o trabalho com as emoções e os sentimentos dos pequenos e pequenas. Vamos lá?

Cara de Quê?

Cara de Quê?

Os sentimentos são muito abstratos! E para falar sobre eles, o primeiro passo é reconhecer como eles se manifestam no nosso corpo. É o caso das expressões faciais, ou melhor, as famosas caras e bocas. 😁☹️ Pensando nisso, o livro Cara de Quê? foi selecionado por falar sobre sentimentos de forma lúdica e adequada ao universo infantil.

Mas não apenas sobre isto: cada criança, a cada página, está inserida em um lugar diferente do mundo, mostrando também a rica diversidade cultural de toda a gente! Afinal, apesar das realidades vividas por cada um de nós serem muito diversas e diferentes, há sempre algo que nos une: nossa capacidade de sentir!

👉 Clique aqui para conferir o livro “Cara de Quê” na Loja Leiturinha!

Gentileza

Gentileza

“Imagine um mundo onde todos são gentis”. Assim começa o livro Gentileza. 🌻 Essa obra nos mostra que não existe gesto pequeno demais para fazer um mundo melhor! Além disso, a criança verá que existem muitas e muitas formas de sermos gentis.

Diante da difícil situação das famílias refugiadas espalhadas por diversas partes do mundo, existe o poder do “sejam bem-vindos(as)”. Frente às diferenças, há o poder da inclusão. Quando sobra tristeza, podemos recorrer ao alívio de um abraço. E quando nada bastar, podemos fazer a gentileza de simplesmente continuar ali. Um ao lado do outro, doando nossos ouvidos.

Um livro inspirador que fala a todos nós. Porque todos podemos ser gentis!

👉 Clique aqui para comprar o livro “Gentileza” na Loja Leiturinha!

Charlie e Lola: Levemente Invisível

Charlie e Lola - Levemente Invisível

Charlie e Lola: Levemente Invisível é um livro infantil com os personagens Charlie e Lola, que fala aos pequenos e pequenas sobre a relação entre irmãos. Além disso, é uma ferramenta para lidarem com os desafios da rotina, sobretudo quando se passa muito tempo juntos, em casa.

E para quem não tem irmãos, o livro também é ótimo para mostrar situações como esta: quando um precisa de um pouco de um  tempo sozinho, e que nem por isso o amor diminuiu! Afinal, saber respeitar os limites e o tempo do outro é fundamental na vida em família, seja ela como for! 😉

👉 Clique aqui para saber mais sobre o livro “Charlie e Lola: Levemente Invisível” na Loja Leiturinha!

Eu Sou Uma Ilha

Eu Sou Uma Ilha

Eu Sou Uma Ilha é a história de uma ilha, mas também pode ser a história de qualquer pessoa que passe um período difícil. 🏝️ A nossa equipe de Curadoria selecionou este livro Original Leiturinha para a sua criança porque:

  • Aborda um tema de extrema relevância para a infância: a autocompreensão emocional, envolvendo sentimentos de solidão, perda ou inadequação;
  • As ilustrações são cheias de emoção e convidam a criança a fazer uma leitura das imagens;
  • Este é um livro trilíngue, em português, inglês e espanhol, o que vai proporcionar à sua criança o contato com a riqueza da diversidade linguística ao longo da leitura.

👉 Clique aqui para descobrir o livro “Eu Sou Uma Ilha” na Loja Leiturinha!

Você gostou das nossas dicas sobre como trabalhar a empatia com as crianças? Quer continuar lendo e vivendo as melhores histórias com os pequenos e pequenas? Então, chegou a hora de conhecer o Clube Leiturinha: o maior clube de livros infantis do Brasil! Acesse o site, escolha o plano ideal para sua família e receba todo mês o livro ideal para sua criança, na sua casa! 📚❤️

Escrito por Blog Leiturinha
A equipe do Blog Leiturinha é formada por especialistas em educação, literatura infantil, parentalidade e desenvolvimento infantil.
Livros selecionados por faixa etária, todo mês na sua casa. Saiba Mais.
Relacionados
Vamos falar de filosofia para crianças?

Vamos falar de filosofia para crianças?

Você sabia que hoje é o Dia da Pessoa Filósofa? Pois é! O dia 16 de agosto é dedicado aos profissionais que refletem e questionam a sociedade, a política, a religião, os costumes e muito mais. Por isso, apresentar a filosofia para as crianças é possibilitar que elas...

Como funciona o cérebro das crianças?

Como funciona o cérebro das crianças?

O cérebro é uma das estruturas mais intrigantes e complexas do corpo humano. Ao longo de toda a vida, esse órgão passa por inúmeras transformações. Especialmente durante a primeira infância, o cérebro recebe uma série de estímulos, que podem ser fundamentais para o...

Cuidados com as crianças no inverno

Cuidados com as crianças no inverno

O inverno, a estação mais fria do ano em muitas partes do Brasil, vai de 21 de junho a 22 de setembro. Essa é a época preferida de algumas pessoas, que gostam das temperaturas mais baixas. Em contrapartida, o inverno também preocupa muitos pais, mães e pessoas...

Vamos falar de filosofia para crianças?

Vamos falar de filosofia para crianças?

Você sabia que hoje é o Dia da Pessoa Filósofa? Pois é! O dia 16 de agosto é dedicado aos profissionais que refletem e questionam a sociedade, a política, a religião, os costumes e muito mais. Por isso, apresentar a filosofia para as crianças é possibilitar que elas...

Como funciona o cérebro das crianças?

Como funciona o cérebro das crianças?

O cérebro é uma das estruturas mais intrigantes e complexas do corpo humano. Ao longo de toda a vida, esse órgão passa por inúmeras transformações. Especialmente durante a primeira infância, o cérebro recebe uma série de estímulos, que podem ser fundamentais para o...

Cuidados com as crianças no inverno

Cuidados com as crianças no inverno

O inverno, a estação mais fria do ano em muitas partes do Brasil, vai de 21 de junho a 22 de setembro. Essa é a época preferida de algumas pessoas, que gostam das temperaturas mais baixas. Em contrapartida, o inverno também preocupa muitos pais, mães e pessoas...

Qual é a importância da diversidade cultural?

Qual é a importância da diversidade cultural?

O que é ser criança morando na beira de um rio? Pertinho da praia? Ou, então, em um grande centro urbano? Em um sítio, um apartamento ou uma oca? A Leiturinha atua em prol da diversidade das infâncias! Todas elas, no plural. Nesse sentido, queremos ir além dos...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

E-book gratuito! Vamos falar de conscientização ambiental com as crianças?

Descubra a importância do tema e o papel da literatura nessa jornada!

Boa leitura!