Respeito, uma via de mão dupla: Descubra como demonstrar respeito pelo seu filho

por | nov 16, 2017 | 2 Comentários

Respeito. Respeito ao próximo, respeito aos mais velhos, respeito às diferenças, respeito aos amigos e aos desconhecidos, respeito aos pais, à família e aos professores. Respeitar, mais do que um ato de consideração e deferência, é algo fundamental para uma convivência social saudável e pacífica. Saber ouvir, agradecer e até discordar, com respeito, é crucial para um mundo mais empático, solidário e cheio de amor! Nós, adultos, exigimos e ensinamos nossos pequenos a agir com respeito, mas será que, na prática, nós também os respeitamos? Afinal, a melhor forma de passar bons valores para nossas crianças, é pelo exemplo! Confira 4 atitudes simples que você pode fazer para demonstrar respeito pelo seu filho:

1. Ouça o que ele tem a dizer, mas respeite também seu silêncio

“Como foi o dia hoje?”, “O que você fez na escola?”, “O que a professora ensinou?”. A preocupação e a curiosidade, muitas vezes, faz com que os pais se atropelem, fazendo mil perguntas e recomendações aos filhos e, quando eles não respondem, insistem até ouvir, pelo menos, um: “Ah, foi legal.”. Claro que às vezes é difícil se conter, mas é preciso entender que nem sempre os pequenos estão afim de papo. Há momentos em que eles querem apenas ficar em silêncio e isso não é nenhum problema. É importante que os pais estejam abertos e se mostrem disponíveis para ouvir o que os filhos têm a dizer, mas também é fundamental respeitá-los quando eles preferirem ficar mais na deles, sem conversa. Quando tiver vontade, seu pequeno vai contar para você tudo o que fez durante seu dia, mas talvez agora ele esteja cansado demais para isso ou apenas queira curtir um momento de silêncio consigo mesmo.

2. Pergunte o que ele quer

Seja uma viagem, um passeio ou uma refeição, é comum que nós, adultos, façamos nossas escolhas e decisões, sem pensar em consultar as crianças. Claro que decisões importantes precisam ser feitas pelos adultos, mas no dia a dia é possível (e muito importante) permitir que os pequenos participem de algumas decisões e façam suas próprias escolhas. Isso, além de mostrar que você se importa e o respeita, fará com que ele desenvolva senso de autonomia, independência e responsabilidade.

3. Espere o seu tempo

Entender que nem sempre o tempo do pequeno é o seu tempo, é muito importante para que você o respeite. Seja para realizar uma atividade, tomar uma decisão ou se arrumar para a escola, saiba ter paciência e compreenda que cada um tem seu ritmo. Se, de fato, houver pressa para finalizar determinada atividade, converse com ele e explique os motivos para que ele entenda e sinta que está sendo respeitado.  

4. Aceite quem ele é

Não criar expectativas é algo praticamente impossível, no entanto, é fundamental que os pais entendam que o filho não irá corresponder a todas as suas idealizações. Por mais que sejam parecidos em vários aspectos, ele é uma pessoa independente e com personalidade própria. Compreender isso e respeitar seu filho com todas as suas qualidades e defeitos, além de colaborar para sua autoestima, estreita os laços de afeto entre vocês!  

Leia mais:

Categorias:
4 - 6 | 7 - 10 | Educação | Família | Idade
Escrito por Ana Clara Oliveira
Jornalista e editora do Blog da Leiturinha, é fascinada por tudo que envolve o mundo da leitura, da educação e da infância. Acredita que as palavras aproximam pessoas, libertam a imaginação e modificam realidades. Gosta de escrever, viajar e aprender sempre.
Relacionados
Os melhores poemas de Cecília Meireles para crianças

Os melhores poemas de Cecília Meireles para crianças

Ah, as poesias! Leves, doces, simples e encantadoras... Não é à toa que os versos e rimas dos poemas cativam adultos e crianças. Cecília Meireles é uma dessas pessoas que sabem como ninguém dar vida e magia às palavras, em poemas sensíveis e suaves. Apaixonada por...

Alguém Viu Meu Chapéu? Um livro Original Leiturinha

Alguém Viu Meu Chapéu? Um livro Original Leiturinha

Extra, extra! Saiu do forno mais um livro Original Leiturinha para os leitores do clube! E este é um livro tão intrigante. Mas antes de falar sobre ele, espere um instante. Ops! Acho que perdi meu chapéu! Você o viu? Ele se parece com um barco e é feito de papel!  A...

Os melhores poemas de Cecília Meireles para crianças

Os melhores poemas de Cecília Meireles para crianças

Ah, as poesias! Leves, doces, simples e encantadoras... Não é à toa que os versos e rimas dos poemas cativam adultos e crianças. Cecília Meireles é uma dessas pessoas que sabem como ninguém dar vida e magia às palavras, em poemas sensíveis e suaves. Apaixonada por...

Alguém Viu Meu Chapéu? Um livro Original Leiturinha

Alguém Viu Meu Chapéu? Um livro Original Leiturinha

Extra, extra! Saiu do forno mais um livro Original Leiturinha para os leitores do clube! E este é um livro tão intrigante. Mas antes de falar sobre ele, espere um instante. Ops! Acho que perdi meu chapéu! Você o viu? Ele se parece com um barco e é feito de papel!  A...

2 Comentários

  1. Avatar

    Muito obrigada pelas informações!
    Meu nome é Fabiana mãe da Júlia de 6 anos e é muito importante ouvir os nossos filhos ao invés de criticá los. Amo muito a minha pequena e ouvir: Mamãe você é minha ursinha que amo rsrs! … Não tem preço!!!!

    Responder
  2. Avatar

    Informações muito importantes. Tenho dois filhos, um de 18 e um de 2. Sempre respeitei o mais velho, apesar de sempre ouvir que criança não tem vontade. Mas da segunda gravidez, com mais tempo e mais maturidade, li muito, me informei mais e criei minhas próprias idéias sobre criar um filho. Então tive certeza sobre a importância de respeitar as crianças . Inclusive bebês, com relação ao sono, alimentação enfim … Sempre digo isso ao meu marido e aos amigos quando conversamos sobre crianças . Adorei o post . Grande abraço

    Responder
Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *