Seu pequeno tem uma fala limitada e pouco clara? Você sabia que isso pode ser apraxia da fala? Esse distúrbio pode ser notado a partir dos 2 anos de idade e é caracterizado pela incapacidade de planejar os movimentos motores necessários para produzir fonemas e palavras.

O que acontece é que, na apraxia da fala na infância, a criança consegue pensar no que quer dizer, mas não consegue converter o pensamento em palavras, ou seja, é um distúrbio motor, mas o raciocínio continua preservado. Falar é um ato que exige muita sofisticação e envolve músculos da boca, da face, língua, palato e faringe, e em caso de apraxia é como se tivesse uma falha na comunicação entre o cérebro e os músculos responsáveis pela fala.

Mas então como saber se o meu pequeno tem apraxia da fala?

Alguns dos sintomas mais comuns apresentados pelas crianças que possuem esse quadro são:

– Geralmente são bebês mais quietos e emitem poucos sons.

– Apresentam dificuldade em produzir sons de vogais e consoantes.

– Atraso na fala.

– Trocas na fala com muita frequência.

– É difícil compreender o que a criança está falando.

– Dificuldade em falar palavras mais extensas, quanto maior a palavra, maior a dificuldade.

– A melodia da fala é diferente, lenta ou estranha.

– Pode apresentar outras dificuldades motoras como para se alimentar ou mastigar.

Como é feito o tratamento?

A apraxia tem cura e o tratamento é feito com fonoaudiólogo. É importante estar sempre atento aos sinais que o bebê pode dar e a ajuda da família e envolvimento no tratamento é essencial para o resultado final. Uma boa conversa na escola, avisar a professora e pedir uma compreensão especial também ajuda bastante. O ideal é que todos participem para que haja uma melhora significativa e a criança não encontre maiores prejuízos a curto e longo prazo.   

Existem vários graus de apraxia, além disso existem outros distúrbios como atraso e trocas na fala, por isso, em caso de dúvida procure um profissional para avaliação, é simples e o diagnóstico pode ser percebido e corrigido logo cedo, em crianças de apenas 2 ou 3 anos.

Confira também:

Profile photo of Flávia Puccini

Fonoaudióloga, mestre em processos e distúrbios da comunicação e especialista em motricidade orofacial. É consultora de amamentação e laserterapeuta. Carinhosamente, contribui com seu conhecimento no Blog, à convite da Leiturinha.