Circo para crianças: uma atividade artística apaixonante

por | mar 27, 2019 | 1 Comentário

Praticar atividades físicas é fundamental para um estilo de vida mais equilibrado e saudável, não só para os adultos. Aliás, desenvolver este hábito desde a infância, além de contribuir para a saúde dos pequenos, colabora também com o seu desenvolvimento. Natação, futebol, judô, yoga, balé… São muitas as opções! Mas você já pensou em colocar seu filho na Aula de Circo? Dinâmica e divertida, esta atividade vem conquistando cada vez mais adultos e pequenos! Nós conversamos com Cinzia Alvarez, educadora física, com especialização na arte circense, que atua há seis anos como professora de circo para crianças, em Poços de Caldas (MG). Cinzia, que esteve presente no espetáculo circense Alice no País do Sertão que a Leiturinha levou à Flip 2016 (Festa Literária Internacional de Paraty), nos contou um pouco sobre sua experiência, como funcionam as aulas e os benefícios dessa prática na vida de pequenos e pequenas.

O início de uma paixão

Cinzia Alvarez

Cinzia atua há 6 anos como professora de circo para crianças. Foto: Camila Forlin

Cinzia já atuava como professora de balé, dança e ginástica rítmica, mas foi em 2007, quando passou a treinar contorcionismo, que começou a se interessar pelas artes circenses. Nesse período, ela entrou para uma trupe, atuando como acrobata e contorcionista. Em 2012, Cinzia foi convidada para dar aulas de circo para crianças em uma escola da cidade, onde atua até hoje. No ano seguinte, ela abriu a própria academia de circo, a Circademia Vertical. No início, eram oferecidas aulas de tecido acrobático, mas logo a academia expandiu, incluindo outras modalidades e o Circakids, com aula de circo para crianças a partir de 7 anos de idade. Vendo o sucesso e a grande procura das aulas para os mais novinhos, em 2016, a academia passou a atender pequenos de 3 a 6 anos de idade também, no Circababy. Cinzia conta que a procura é muito grande e a demanda só não é maior por falta de horários, uma vez que as crianças fazem muitas atividades extras e as aulas acabam coincidindo com o horário de outras atividades.

Aula de circo para crianças!

Sobre os motivos que levam os pais a procurar as aulas de circo para os filhos, Cinzia afirma que “a maior parte da procura é por uma atividade física divertida e diferenciada. Outros levam por acharem que os filhos possuem habilidades para a modalidade, como facilidade em subir em lugares altos”. Ou seja, na maioria das vezes, a família tem uma visão certeira das aulas de circo para crianças: uma prática dinâmica e divertida que, apesar dos desafios, é apaixonante!

circo para crianças

Alunos na apresentação circense da escola. Foto: arquivo pessoal

Em relação à idade indicada para iniciar a prática, Cinzia conta que, embora na academia atenda pequenos a partir de 3 anos, na escola em que trabalha, ensina a arte circense para todas as turmas da Educação Infantil, inclusive os mais novinhos de 1 ano e meio. “Apesar de parecer uma missão impossível, é um trabalho que aos poucos você vai vendo o resultado e diferença entre uma criança de 2 anos que pratica circo e outra da mesma idade que não pratica. Claro que para essa idade, as aulas são bem curtas, com 20 minutos, meia hora no máximo, e com auxílio das professoras.”, relata Cinzia. Para ela, assim como em outras situações, a principal diferença entre ensinar adultos e pequenos, é saber lidar com as crianças, falar com elas e conhecer e entender as limitações de cada faixa-etária, sendo paciente e estimulando cada uma delas. “A princípio, senti muita dificuldade com os menorzinhos de 1 ano e meio e 2 anos. Mas, aos poucos, você vai percebendo o que funciona e acaba sendo um grande aprendizado. É possível ver a evolução ao longo dos anos e isso é  muito gratificante!”, afirma Cinzia.

Quais os benefícios da aula de circo para o desenvolvimento infantil?

A aula de circo para crianças contribui com o desenvolvimento motor e cognitivo dos pequenos, deixando-os mais preparados para o dia a dia. Além disso, a professora complementa: “no circo, as crianças se arriscam, superam seus medos de altura, aprendem a confiar uns nos outros, a trabalhar em equipe e descobrem que, muitas vezes, temos que nos concentrar e focar no que estamos fazendo para ter sucesso em um movimento.”.

WhatsApp Image 2017-10-25 at 13.58.08

A filha de Cinzia se divertindo com o tecido acrobático. Foto: arquivo pessoal

Mãe de um menino de 10 anos e de uma menina de 3, Cinzia conta sua experiência enquanto professora dos próprios filhos, uma vez que ambos praticam as aulas em suas respectivas turmas. O mais velho iniciou os treinos aos 4 anos e, desde então, já começou a se apresentar e participar dos espetáculos da trupe. A pequena iniciou a prática aos 2 anos, de maneira bem leve e tranquila, pois não era sempre que ela estava interessada nas aulas. Hoje, a mãe conta que a filha já é bem mais participativa e adora brincar no tecido.

“Embora dar aula para os próprios filhos não seja algo fácil, para mim é  um grande orgulho vê-los interessados pelo mundo do circo e ver seu desenvolvimento a cada dia. Ambos realmente têm muito talento para um dia seguirem a carreira como artistas circenses, se isso for da vontade deles, é claro. O melhor de tudo é que isso nos deixa muito mais unidos, pois eles vivem nesse ambiente comigo. Então se tenho cursos, apresentações ou até mesmo nas aulas, eles podem me acompanhar!”, conta Cinzia.  

Dica Leiturinha:

No clima do universo circense, a Equipe de Curadoria da Leiturinha indicou um livro infantil que aborda este tema de maneira leve e deliciosa!

La-vem-o-circo

Lá vem o circo

Texto: Nye Ribeiro
Ilustrações: Meri
Editora: Roda e Cia.

A espera na fila, o cheirinho de pipoca, o frio da barriga, as gargalhadas, as palmas e o gran finale… O circo é um universo misterioso e cheio de magia! Neste livro, com poesia e graça, Nye Ribeiro retrata esse universo que marcou a memória de gerações e até hoje encanta crianças de todas as idades!

Foto de capa: Camila Forlin

Leia também: 

Escrito por Ana Clara Oliveira
Jornalista e editora do Blog da Leiturinha, é fascinada por tudo que envolve o mundo da leitura, da educação e da infância. Acredita que as palavras aproximam pessoas, libertam a imaginação e modificam realidades. Gosta de escrever, viajar e aprender sempre.
Relacionados
Os melhores poemas de Cecília Meireles para crianças

Os melhores poemas de Cecília Meireles para crianças

Ah, as poesias! Leves, doces, simples e encantadoras... Não é à toa que os versos e rimas dos poemas cativam adultos e crianças. Cecília Meireles é uma dessas pessoas que sabem como ninguém dar vida e magia às palavras, em poemas sensíveis e suaves. Apaixonada por...

Alguém Viu Meu Chapéu? Um livro Original Leiturinha

Alguém Viu Meu Chapéu? Um livro Original Leiturinha

Extra, extra! Saiu do forno mais um livro Original Leiturinha para os leitores do clube! E este é um livro tão intrigante. Mas antes de falar sobre ele, espere um instante. Ops! Acho que perdi meu chapéu! Você o viu? Ele se parece com um barco e é feito de papel!  A...

Os melhores poemas de Cecília Meireles para crianças

Os melhores poemas de Cecília Meireles para crianças

Ah, as poesias! Leves, doces, simples e encantadoras... Não é à toa que os versos e rimas dos poemas cativam adultos e crianças. Cecília Meireles é uma dessas pessoas que sabem como ninguém dar vida e magia às palavras, em poemas sensíveis e suaves. Apaixonada por...

Alguém Viu Meu Chapéu? Um livro Original Leiturinha

Alguém Viu Meu Chapéu? Um livro Original Leiturinha

Extra, extra! Saiu do forno mais um livro Original Leiturinha para os leitores do clube! E este é um livro tão intrigante. Mas antes de falar sobre ele, espere um instante. Ops! Acho que perdi meu chapéu! Você o viu? Ele se parece com um barco e é feito de papel!  A...

1 Comentário

  1. Avatar

    Sou professora de circo mais este ano peguei crianças de 1 ano e estou um pouco perdida .O que posso trabalhar com eles ?

    Responder
Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *