Prêmio Reclame Aqui

Como ter uma horta caseira pode ajudar no desenvolvimento do seu pequeno

por | jun 12, 2019 | 0 Comentários

Já pensou em poder colher alguns temperos e verduras no quintal da sua casa ou até em seu apartamento? Ter uma horta caseira pode soar como um desafio ou algo fora do real, especialmente em grandes cidades, mas isso tem se tornado cada vez mais comum.

Se você está em dúvida sobre fazer ou não uma hortinha, saiba que além de estimular um estilo de vida mais saudável, ter uma horta em casa colabora com o desenvolvimento infantil. Confira alguns dos benefícios das hortinhas caseiras para seu pequeno:

1. Estimula a educação alimentar

Será que picar os legumes ou escondê-los no meio do arroz ou do ensopado é a melhor forma de ajudar as crianças a terem uma alimentação mais saudável? Que tal vocês começarem a hortinha na sua casa com um passeio na feira ou sacolão? Lá, você pode apresentar os diferentes tipos de alimentos para as crianças e mostrar que a maioria das coisas ali veio de uma plantação e que pode ser reproduzida dentro de casa, em menor escala.

Essa apresentação dos alimentos é muito importante para a criança, que precisa ter consciência sobre o que está comendo e de onde vem aquilo. Depois, vocês podem escolher o que ali podem comprar para usar em casa e replantar. Em algumas feiras, você vai encontrar mudas de temperos como cebolinha, manjericão, orégano e tomilho que são fáceis de plantar e não precisam de muito espaço, nem de tanto sol.

Muitas raízes e tubérculos também podem ser replantados, como cenoura, batata, beterraba e cebola. Para plantar esses alimentos, você vai precisar de um vaso um pouco mais fundo e de um espaço que tenha mais sol.

2. Desenvolve o senso de responsabilidade

Ter uma horta em casa requer cuidados. Você pode deixar a responsabilidade de colocar água na horta com as crianças. Elas também podem ficar encarregadas de avaliar o desenvolvimento das plantinhas. Ensine primeiro, mostrando a diferença entre uma planta saudável e uma não-saudável. Depois, peça para ela ficar de olho e acompanhar.

3. Ensina que tudo tem sua hora

Esperar uma planta crescer, brotar e estar pronta para consumo é uma importante lição da natureza sobre paciência. Ao acompanhar o desenvolvimento de sua hortinha, a criança vai entender com mais facilidade que as coisas requerem um tempo.

4. Ensina a importância de poupar água

A maioria das plantas precisa de poucas coisas para ficar saudável e uma das mais importantes é, com certeza a água. Aos poucos a criança vai compreender que a água é vital não só para pessoas e animais, como também para o cultivo. Portanto, desperdiçar água não é um problema somente para nós, mas também para todas as plantações que precisam de irrigação.

5. Estimula o respeito ao planeta

Mesmo a menor das hortinhas é uma amostra do quão importante é termos respeito e cuidado com a natureza. Acompanhar o desenvolvimento das plantas, como elas são essenciais para nossa vida e como elas podem ser frágeis, é uma aprendizagem e tanto para os pequenos. Muitas vezes falamos sobre a natureza como se ela fosse algo que só existe fora de casa, em lugares distantes, traz isso para perto, mostrar que cada pedaço de terra merece cuidado e atenção, vai ajudar seu pequeno a compreender de forma mais fácil sobre a importância do respeito e cuidado com o planeta.

Baixe o eBook “Horta Caseira: Aprenda como cultivar alimentos com as crianças”

No clima do Pequeno Consciente, a Leiturinha preparou um eBook para ensinar as famílias a começar suas hortas caseiras! Preparar o lugar, escolher as sementinhas, pesquisar quais as melhores opções para cada época do ano, plantar, cuidar, ver brotar, colher e preparar uma deliciosa receita para comer em família. Tudo isso colabora com o fortalecimento do vínculo afetivo entre você e o seu pequeno e com o bem-estar de toda a família. Confira mais benefícios que listamos no eBook de se ter uma hortinha em casa.

Baixe agora o eBook Horta Caseira gratuitamente!

Leia também:

Escrito por oculto
Livros selecionados por faixa etária, todo mês na sua casa. Saiba Mais.
Relacionados
8 coisas que você precisa saber para lidar com as birras do seu filho

8 coisas que você precisa saber para lidar com as birras do seu filho

Lidar com as birras da sua criança: Um dos desafios mais marcantes da vida de qualquer tutor. Mesmo que você não seja mãe ou pai, certamente já deve ter presenciado um momento como esse: a criança começa a chorar e em poucos minutos já está gritando, esperneando e se...

Como lidar com meu filho pré-adolescente?

Como lidar com meu filho pré-adolescente?

Afinal, como lidar com meu filho pré-adolescente? Sabemos que quando você pisca, seu filho ou filha já está na pré-adolescência. Podem surgir, então, acordos não cumpridos. Eles parecem mais irritados e tendem a reclamar de tudo, não é mesmo? Pois tenha calma. É sim...

8 coisas que você precisa saber para lidar com as birras do seu filho

8 coisas que você precisa saber para lidar com as birras do seu filho

Lidar com as birras da sua criança: Um dos desafios mais marcantes da vida de qualquer tutor. Mesmo que você não seja mãe ou pai, certamente já deve ter presenciado um momento como esse: a criança começa a chorar e em poucos minutos já está gritando, esperneando e se...

Como lidar com meu filho pré-adolescente?

Como lidar com meu filho pré-adolescente?

Afinal, como lidar com meu filho pré-adolescente? Sabemos que quando você pisca, seu filho ou filha já está na pré-adolescência. Podem surgir, então, acordos não cumpridos. Eles parecem mais irritados e tendem a reclamar de tudo, não é mesmo? Pois tenha calma. É sim...

Bicho que Chama Bicho: um Original Leiturinha sobre defesa ambiental

Bicho que Chama Bicho: um Original Leiturinha sobre defesa ambiental

Bicho que Chama Bicho, o mais recente Original Leiturinha, é um livro que levanta um importante questionamento: Já parou para pensar no quanto temos em comum com os bichos do mundo todo? Somos todos bichos Mas então, o que temos em comum com todos os outros bichos da...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *