Esquenta Best Friday Leituria. Aproveite!

Como ajudar seu filho a lidar com as frustrações

por | dez 4, 2018 | 2 Comentários

Lidar com as frustrações não é fácil. A criança está passando por uma fase de birras? Esse comportamento pode, na verdade, estar refletindo as ansiedades e medos dela. Sem conseguir ou saber se comunicar, ela encontra nos ataques de “birra” uma forma de chamar atenção para algo.

As frustrações são necessárias para aprender a lidar com os diversos “nãos” que recebemos ao longo da vida. Mas não basta negar as coisas para a criança. Explique o porquê daquela resposta, assim fica mais fácil para ela ter consciência sobre o que está acontecendo, transformando a proibição em aprendizado.

O que é a frustração?

Frustração nada mais é do que uma emoção que aparece quando nosso caminho em direção a um desejo/objetivo é bloqueado. Em um primeiro momento, é a frustração que nos dá a motivação para remover esse obstáculo. Por isso, a frustração não pode ser considerada apenas como algo negativo. O problema surge quando, mesmo com essa “disposição extra” para se esforçar que a frustração gera, ainda não liberamos o caminho. Nessa situação, ela rapidamente se torna raiva, sentimento difícil de lidar.  Portanto, o foco para se aprender a lidar com a frustração é justamente aproveitar seu momento “produtivo”. Assim, ela serve de estímulo e evita-se que se transforme em raiva.

Causa e consequência

Seu filho pode insistir para comer só a sobremesa ou doces e biscoitos. Já você, por outro lado, insiste para que ele coma o que você colocou na mesa. A briga começa. Nesse momento tente evitar o “se você não comer, vai ficar de castigo”. Que tal tentar “você tem duas opções, pode comer o almoço e, depois, a sobremesa ou não comer o jantar e ficar também sem sobremesa”? Dando uma opção, mesmo que limitada, você está mostrando para a criança que ela tem sim duas opções e que ela será a responsável pelo que optar.

Isso torna o processo mais fácil? Nem sempre! Você pode dar a opção e ela ainda assim chorar e se irritar. No entanto, dessa vez seu argumento não será mais de que você, adulto, fez a escolha por ela e aplicou uma consequência. Mas sim que a criança fez sua escolha e, por isso, as consequências surgiram. Essa compreensão é um bom passo para se aprender a lidar com a frustração.

Leia também:

Escrito por oculto
Esquenta Best Friday Leituria. Garanta vantagens exclusivas! Cadastre-se agora!
Relacionados
Descubra os benefícios da leitura na infância

Descubra os benefícios da leitura na infância

São muitos os benefícios da leitura na infância. 📚 Afinal de contas, ela é fundamental para o desenvolvimento das habilidades cognitivas e de comunicação das crianças. Muito antes de aprender a ler, os pequenos e as pequenas já podem se familiarizar com o formato...

Livros de autores negros enviados pela Leiturinha

Livros de autores negros enviados pela Leiturinha

Aqui na Leiturinha, nós também acreditamos que os livros são um caminho para que nossas crianças sejam capazes de questionar o mundo e transformá-lo. Isso inclui ofertar, desde a infância, livros de autores negros, livros com personagens protagonistas negros e obras...

Descubra os benefícios da leitura na infância

Descubra os benefícios da leitura na infância

São muitos os benefícios da leitura na infância. 📚 Afinal de contas, ela é fundamental para o desenvolvimento das habilidades cognitivas e de comunicação das crianças. Muito antes de aprender a ler, os pequenos e as pequenas já podem se familiarizar com o formato...

Livros de autores negros enviados pela Leiturinha

Livros de autores negros enviados pela Leiturinha

Aqui na Leiturinha, nós também acreditamos que os livros são um caminho para que nossas crianças sejam capazes de questionar o mundo e transformá-lo. Isso inclui ofertar, desde a infância, livros de autores negros, livros com personagens protagonistas negros e obras...

8 grandes autores negros da literatura infantil

8 grandes autores negros da literatura infantil

Quem são e de onde vêm as vozes das histórias que ouvimos? "Ao ler um conto/história ou ver uma ilustração, dificilmente nos damos conta de quem as escreveu ou as criou. Quem são as vozes que entoam nossos contos preferidos? Quem são as pessoas por trás daquela obra...

2 Comentários

  1. Caterine

    Gostei das dicas

    Responder
  2. Tatiane

    Adorei a ideia das duas opções! Ajuda a criar responsabilidade pelos atos!

    Responder
Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *