Aniversário da Leiturinha, os melhores descontos pra incentivar a leitura infantil. Vem pro Clube! Assine agora

Dança com bebê: fortalecendo o vínculo por meio da música

por | abr 29, 2022 | 1 Comentário

Interagir com os bebês desde a gestação é fundamental para um desenvolvimento saudável e também para o fortalecimento do vínculo entre adultos e crianças. E quando falamos em interação, vale ler, cantar, ouvir música, conversar e, sobretudo, dançar com os pequeninos e pequeninas! Afinal, por meio da dança, podemos expressar emoções e sentimentos, exercitar a criatividade e vivenciar diferentes ritmos. Quer saber mais sobre a importância da dança com bebê? Acompanhe o texto a seguir! 👶💕

👉 Marcos do desenvolvimento infantil de 0 a 3 anos
👉 Como o sono do bebê pode ajudar no desenvolvimento?
👉 Desenvolvimento da fala: descubra o que é esperado para cada idade

Como criar vínculos com o bebê?

Na gestação e também no puerpério, o contato entre pais, mães e pessoas responsáveis com o bebê acontece por meio da comunicação e dos muitos gestos. Essas falas intencionadas, as carícias, as conversas diárias e os momentos de leitura compartilhada geram bons sentimentos e transmitem uma sensação de tranquilidade e segurança para os pequenos e pequenas.

Aliás, pesquisas apontam que quanto maior a receptividade e ligação dos pais com essa experiência, melhor será o parto, a recuperação no pós-parto e, consequentemente, o vínculo com o recém-nascido. Incrível, não é mesmo?

De acordo com a doula, nutricionista e escritora Lívia Penna F. Rodrigues, estudos mostram como a boa relação dos adultos com o bebê ainda durante a vida intrauterina é importante para a saúde da criança. Segundo ela, as suas atitudes e também os sentimentos da mãe podem influenciar na saúde emocional do bebê, por exemplo.

Assim, o vínculo estabelecido entre os adultos e o bebê é um componente essencial e atua como fonte de afeto. Dentre as maneiras possíveis de vivenciar e atribuir significados afetivos às experiências maternas, bem como proporcionar o fortalecimento do vínculo com os pequenos e pequenas, está a dança com bebê!

Dança com bebê: fortalecendo o vínculo por meio da música e do corpo

Seja durante a gestação ou com seu bebê nos braços, dançar é uma atividade divertida e prazerosa, que traz inúmeros benefícios. Especialmente, quando se dança de maneira livre e liberta!

Dançar promove o movimento, estabelece a harmonia e traz leveza e balanço, sobretudo para os períodos de intensas adaptações. Além disso, na dança com bebê, adulto e criança vivenciam novas possibilidades, tão diferentes das posturas de acolhimento e recolhimento que costumam ser características do puerpério.

A dança com bebê também estimula o desenvolvimento das habilidades motoras das crianças e fortalece o corpo e a mente. Ainda, dançar traz ânimo e proporciona momentos de alegria e descontração.

Assim, a dança com bebê permite o vai e vem dos sentimentos e emoções. Leva as angústias e as mágoas e traz consigo a esperança, o prazer, a delicadeza. Dançar, colocando em suspensão os medos e receios, abre espaço para a contemplação. Bailando no ritmo próprio de cada dinâmica familiar! 🥰

Como dançar com o bebê?

Em um primeiro momento, especialmente durante a gestação, vale colocar uma música alegre ou cantar canções que promovam sensações positivas na mãe. 🎵 E, consequentemente, no bebê. Brinque, movimente-se, rode, sorria, abra o corpo. Depois, escolha uma harmonia mais calma e relaxante, para embalar e ninar o seu bebê. Sinta esse pulsar interno do maternar!

Outra sugestão é convidar também o pai da criança para este momento, bem como outros amigos, familiares e pessoas importantes para você. A concentração e a qualidade de presença estreitam os laços e proporcionam um momento único dentro da rotina de cuidados com o bebê, que é naturalmente cansativa.

Afinal, a dança possibilita fluidez na expressão das emoções através da inspiração das músicas, dos movimentos do corpo e dos sentimentos vivenciados. Sendo, portanto, um momento especial para toda família!

E você? Gosta de dançar com seu bebê, seja no ventre ou nos braços?

Músicas para momentos únicos em família

Que tal mais uma dica imperdível? Nas playlists da Leiturinha no Spotify, você encontra um pouco de tudo! São canções ideais para os momentos divertidos com seus pequenos e pequenas, de todas as idades. Entre elas, certamente você encontra a trilha sonora perfeita para sua dança com bebê!

Por meio das nossas playlists, você poderá apresentar para as crianças alguns dos grandes ícones da música brasileira e também da música mundial. São diversas canções para ouvir, aprender e se emocionar! 😍

Tem, inclusive, uma lista especial para animar as festas infantis, como o aniversário de um ano do bebê! Há, ainda, aquelas músicas de tom lúdico, que estimulam a imaginação, tal qual um bom livro infantil. Que tal embarcar nesta aventura gostosa entre uma entrega e outra do seu Kit Leiturinha?

A curadoria da Leiturinha caprichou nesta seleção, escolhendo melodias deliciosas, que incluem músicas populares brasileiras, passando pela música clássica até famosas canções infantis, que alegram ainda mais os dias dos pais, responsáveis, da criançada e dos bebês. Vale a pena conferir!

Livros para momentos únicos em família

Quer ainda mais sugestões para viver momentos inesquecíveis com os pequenos e pequenas? A Loja Leiturinha está recheada de livros para toda família, que irão inspirar brincadeiras, reflexões e muita dança com bebê! Confira:

Quem Vem Lá?

Quem Vem Lá

Para o olhar da gestante, a literatura pode ser um alívio, uma provocação ou um retrato. Além de ser uma delícia, ler para o bebê na gestação traz diversos benefícios. Pensando nisso, o livro Quem Vem Lá? traz músicas e brincadeiras para o bebê, além de contém orientações para os primeiros dias como mãe, abordando temas como rotina, brincadeira e alimentação.

Afinal, sobretudo no puerpério, é normal que nos sintamos perdidas em alguns momentos. Por isso, este livro maravilhoso trata de temas como rotina, brincadeiras e alimentação. Um alento!

👉 Clique aqui para comprar o livro “Quem Vem Lá?” na Loja Leiturinha!

Mundo Bita: Histórias Musicais – Volume 4

Mundo Bita: Histórias Musicais - Volume 4

Indicamos o livro Mundo Bita: Histórias Musicais – Volume 4 porque sabemos que este personagem já ganhou o coração dos pequenos e pequenas! Com músicas lúdicas e divertidas, os livros infantis desta coleção infantil são garantia de deliciosos momentos em família!

👉 Clique aqui para ver o livro “Mundo Bita: Histórias Musicais – Volume 4” na Loja Leiturinha!

Você gostou das dicas da Leiturinha para dança com bebê? Quer continuar lendo e vivendo as melhores histórias com as crianças? Então, não deixe de conhecer o Clube Leiturinha: o maior clube de livros infantis da América Latina! Acesse o site, escolha o plano ideal para sua família e receba todo mês o livro ideal para seu pequeno ou pequena, na sua casa! 📚❤️

Categorias:
0 - 3 anos | Bebê
Escrito por Juliana Di Lorenzo
Mãe da pequena Olívia e psicóloga. Após vivenciar as transformações e vicissitudes da maternidade, escolheu por dedicar seus estudos e práticas à psicologia perinatal e parental. Atua no atendimento clínico e grupos terapêuticos, pois acredita nas possibilidades da fala e escuta compartilhada. *Juliana é especialista em psicologia e foi convidada pelo Blog Leiturinha para compartilhar sua opinião com as nossas famílias leitoras.
E-book exclusivo Leiturinha
Relacionados
Desenvolvimento da fala: descubra o que é esperado para cada idade

Desenvolvimento da fala: descubra o que é esperado para cada idade

Você sabia que pode colaborar (e muito!) com o desenvolvimento da linguagem do seu filho ou filha? Pois é! A participação ativa da família nos primeiros anos de vida da criança é fundamental para ajudá-la a desenvolver suas habilidades, inclusive a fala. Por isso,...

Marcos do desenvolvimento infantil de 0 a 3 anos

Marcos do desenvolvimento infantil de 0 a 3 anos

Embora cada criança tenha seu próprio ritmo de aprendizado e de desenvolvimento, quando falamos em crescimento infantil também é importante levar em conta os chamados marcos do desenvolvimento infantil. Isto é, as mudanças físicas, psicológicas, sociais e emocionais...

Bilinguismo infantil: mitos e verdades

Bilinguismo infantil: mitos e verdades

Infelizmente, ainda circulam muitas informações falsas sobre o bilinguismo, sobretudo infantil. Afinal, será mesmo que falar uma segunda língua pode atrasar o desenvolvimento da fala? Ou, então, atrapalhar a alfabetização? Para ajudar a sua família, chegou a hora de...

Desenvolvimento da fala: descubra o que é esperado para cada idade

Desenvolvimento da fala: descubra o que é esperado para cada idade

Você sabia que pode colaborar (e muito!) com o desenvolvimento da linguagem do seu filho ou filha? Pois é! A participação ativa da família nos primeiros anos de vida da criança é fundamental para ajudá-la a desenvolver suas habilidades, inclusive a fala. Por isso,...

Marcos do desenvolvimento infantil de 0 a 3 anos

Marcos do desenvolvimento infantil de 0 a 3 anos

Embora cada criança tenha seu próprio ritmo de aprendizado e de desenvolvimento, quando falamos em crescimento infantil também é importante levar em conta os chamados marcos do desenvolvimento infantil. Isto é, as mudanças físicas, psicológicas, sociais e emocionais...

Bilinguismo infantil: mitos e verdades

Bilinguismo infantil: mitos e verdades

Infelizmente, ainda circulam muitas informações falsas sobre o bilinguismo, sobretudo infantil. Afinal, será mesmo que falar uma segunda língua pode atrasar o desenvolvimento da fala? Ou, então, atrapalhar a alfabetização? Para ajudar a sua família, chegou a hora de...

A adolescência dos bebês: descubra como lidar com os terrible twos

A adolescência dos bebês: descubra como lidar com os terrible twos

Você sabe o que são os terrible twos? De uma hora para a outra, aquele anjinho ou anjinha, que até outro dia era só amor e carinho, decide que a sua nova palavra favorita é "não". Além disso, desenvolve alguns hábitos um tanto quanto difíceis de lidar, como se jogar...

1 Comentário

  1. Andrea

    Sou vovo de um bebê lindo tem dois meses e vinte dias eu mantenho uma rotina de visitas desde o nascimento dele. A partir do início do segundo mês eu coloco musicas danço converso coloco ele no tapetinho vamos para o banho de sol depois o banho que é uma verdadeira natação ele mama e dorme. Coloco musicas sempre estímulo muito ele por que tenho muito amor então quero que ele se alegre mas tenho preocupação de estar estimulando muito pela idade. E se isso pode ser prejudicial?
    Ele já interaja com as canções e tenta até cantar com a vovo.

    Responder
Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Boa leitura!